Marcio Jerry defende reforma tributária

A Câmara dos Deputados começou a discutir em plenário, nesta quarta-feira (10), a proposta principal de regulamentação da reforma tributária. O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), do Maranhão, defendeu a aprovação da matéria e descartou qualquer possibilidade de prejuízo à população .

O texto estabelece regras e guias para as cobranças dos três impostos sobre o consumo (IBS, CBS e Imposto Seletivo) criados pela reformulação do sistema tributário, aprovada e promulgada pelo Congresso em 2023.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), anunciou a abertura do debate às 11h46. Há expectativa de que a análise seja concluída ainda esta semana.

Com foco total na proposta, Lira conduziu negociações e se manteve como principal fiador do texto.

Lira, inclusive, suspendeu a atividade das comissões da Câmara para garantir a atenção dos deputados ao tema. Nesta quarta, anunciou em plenário que quem faltar e não justificar terá o salário descontado.

A regulamentação ainda precisará ser votada pelo Senado e, depois, sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Até lá, pode sofrer novas mudanças.

O projeto é essencial para dar início à transição e à implementação dos novos tributos, que vão substituir cinco impostos que são pagos hoje:

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *