MDB libera apoio a Lula no Nordeste e aceita deixar Simone Tebet sem palanques na região

Pré-candidatos a governos no Nordeste e líderes históricos do MDB abandonaram a senadora Simone Tebet (MDB-MS) à própria sorte e fazem campanha aberta para outro presidenciável: o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os emedebistas candidatos ao governo Paulo Dantas, em Alagoas; e Veneziano, na Paraíba; são alguns dos nomes que largaram a terceira via e declaram que vão dar palanque para o ex-presidente. O ex-governador Renan Filho, que será candidato ao Senado por Alagoas, também foi outro a declarar voto abertamente.

No Maranhão, por exemplo, conversou com antigos caciques, José Sarney e Edison Lobão. No Rio Grande do Norte,  reuniu-se com Garibaldi Alves. No Ceará, teve um papo e posou para fotos com Eunício Oliveira. O apoio —e a busca pela recíproca de Lula— na região parece ter um motivo simples: o ex-presidente tem o maior percentual de intenções de voto no Nordeste em todos os  os levantamentos divulgados até aqui, como o último Datafolha.

Parte desses apoios e a revelia a Tebet vêm da costura que o próprio Lula fez, especialmente, durante suas viagens ao Nordeste, onde sempre se encontrou com líderes emedebistas.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.