Mudança em liderança do PSDB e PTB sinaliza possível troca partidária no Maranhão

A mudança nas lideranças dos partidos PSB e PTB no Senado Federal e Câmara Federal sinaliza para uma possível troca partidária no Maranhão. O PTB definiu, na semana passada, que Nivaldo Albuquerque (AL) será o líder do partido em 2021 na Câmara, que tinha como presidente o deputado maranhense Pedro Lucas Fernandes. Já o PSDB terá Tasso Jereissati (CE) no Senado, em substituição de Roberto Rocha.

Na reunião que anunciou o novo líder do PTB, o partido definiu que em 2021 serão tomadas ações estratégicas que visam fortalecer a defesa das pautas cristãs e conservadoras. O partido tem feito vários acenos a Jair Bolsonaro, inclusive já fez convite de filiação ao presidente.

Devido à sua aproximação com Bolsonaro, Roberto Rocha tem encontrado dificuldades para continuar no ninho tucano, mas ao ser questionado sobre a possível saída, o senador nega qualquer tratativa para trocar de partido e explicou que deixou a função apenas por não desejar mais ser líder do PSDB no Senado.

Já o deputado Pedro Lucas Fernandes, ao ser questionado sobre a sua situação no PTB, informou que a mudança da liderança é natural e que ele já conversou com Roberto Jefferson, presidente Nacional da sigla, na qual continuará filiado por enquanto.

Sobre a possibilidade de o senador Roberto Rocha assumir o diretório estadual do PTB no Maranhão, Pedro Lucas destacou que naturalmente procuraria outro partido para se filiar. Além do PTB, outro partido foi apontado como possível destino de Roberto Rocha: o PROS, hoje comandado por Gastão Vieira.

É aguardar para conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *