Oposição obstrui votação de projetos de Roseana considerados inadequados ao próximo governo

Com obstrução de pautas, votação do orçamento de 2015 pode ficar para o próximo ano

Oposição quer evitar projetos embaraçosos ou "cascas de banana" encaminhados por Roseana Sarney

Oposição quer evitar projetos embaraçosos ou “cascas de banana” encaminhados por Roseana Sarney

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa está concentrada em obstruir a votação de projetos,  encaminhados pela governadora Roseana Sarney (PMDB), e que podem trazer embaraços ao governo Flávio Dino, logo no início da próxima gestão. Os deputados querem evitar a aprovação de matérias de ordem fiscal, outras que modificam a estrutura da futura administração e que mexem em cargos comissionados. Para isso, os oposicionistas estão se retirando de plenário durante a ordem do dia.

Segundo os parlamentares da atual Oposição que, a partir de  janeiro, tornam-se governistas, a intenção de Roseana Sarney com os recentes projetos encaminhados é atrapalhar o governo Flávio Dino com verdadeiras “cascas de banana”, visando causar embaraços à próxima gestão.

“Obstruímos e vamos continuar obstruindo, enquanto o governo Roseana insistir em mandar projetos inadequados com ações de impacto na próxima gestão  como isenção fiscal, incentivo fiscal, mudança na estrutura administrativa, etc. Se a governadora entendesse a mensagem do povo, não encaminharia esses projetos à Assembleia. Agora também, se o Executivo quiser  aprová-los é só colocar o número suficiente de governistas  para a votação. Nós nos recusamos a votar projetos que vão atrapalhar o futuro governo”, disse Othelino Neto (PCdoB).

Votação de orçamento pode ficar para 2015

Com a obstrução da pauta, o orçamento de 2015 corre o risco de não ser aprovado este ano. A Casa entra de recesso no dia 22 de dezembro. Mas isso não representa nenhum problema para o futuro governo, já que, por lei, ele pode fazer uso de um doze avos do orçamento passado, enquanto a Assembleia não vota a peça orçamentária.

No caso da peça orçamentária ser votada no próximo ano, os deputados podem ser convocados, extraordinariamente, em janeiro ou aprovar a peça orçamentária nas primeiras semanas de fevereiro, quando a Casa inicia uma nova legislatura, já que, no mês de janeiro, o orçamento fica mesmo fechado.

Segundo o líder da Oposição, deputado Rubens Pereira Jr (PCdoB), e Othelino Neto, a bancada deseja a aprovação do orçamento logo neste ano. Mas, se para evitar esses embaraços previstos nos projetos de Roseana for necessário deixar a votação  para o próximo ano, os deputados já avisam que assim o farão.

25 pensou em “Oposição obstrui votação de projetos de Roseana considerados inadequados ao próximo governo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *