Oposição pede presença da Força Nacional no Maranhão para conter clima de violência

Oposição reagiu ao clima de insegurança que se instalou em São Luís

A Bancada da Oposição, formada pelos deputados Bira do Pindaré (PSB), Cleide Coutinho (PSB), Marcelo Tavares (PSB), Othelino Neto (PCdoB), Raimundo Cutrim (PCdoB) e Rubens Pereira Júnior (PCdoB), encaminhou, nesta quinta-feira (10), expediente ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, solicitando imediato envio da Força de Segurança Nacional ao Maranhão para ajudar a controlar o clima de terror e de insegurança que se instalou em São Luís. 

A comunicação ao plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão foi feita pelo líder da Oposição, Rubens Pereira Jr. O deputado disse que a oposição está solicitando ajuda do Ministério da Justiça para tentar encontrar um encaminhamento para o grave problema da segurança. 

A rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas resultou em um saldo de nove mortos e dezenas de feridos, além de  ter provocado uma onda de violência na cidade com ônibus incendiados e um clima de pânico em toda a capital maranhense.
Motins já vêm acontecendo há muito tempo em Pedrinhas, dando sinais do estopim de uma grande crise no Sistema de Segurança Na semana passada, três detentos foram mortos. Em 2010, no terceiro mandato de Roseana Sarney, uma rebelião em Pedrinhas deixou o saldo trágico de 19 mortos, alguns deles também decapitados.
Na ocasião, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados veio ao Maranhão e realizou estudo sobre os problemas do sistema penitenciário do Estado; apontou, entre outras situações, a superlotação que reúne, em um mesmo espaço, presos de façções rivais. Mas, até hoje, nada foi resolvido e o problema só fez aumentar.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.