Os diversos cenários da disputa pelo Senado…

Roberto Rocha empatado, tecnicamente,
com Roseana

Apesar de velha conhecida do eleitorado,
Roseana se mantém na casa dos 29%










Num outro cenário, Gastão Vieira poderia substituir
Roseana, porém com desempenho fraco

Última pesquisa DataM revelou índice grande de eleitores que não votariam em nenhum dos candidatos sugeridos



Dutra ainda tenta se viabilizar, mas
 já aparece nas pesquisas

A discussão sobre a disputa pelo Senado no Maranhão ainda renderá muitos embates políticos por conta dos diversos cenários que surgem  e das possibilidades de candidaturas, coligações e alianças, visando às eleições do próximo ano. 


Avaliando os atuais cenários, a última pesquisa DataM (mês de setembro), divulgada recentemente, mostra um índice grande de eleitores que não estão interessados em votar em nenhum dos nomes sugeridos na amostragem, sejam eles a governadora Roseana Sarney, o ministro do Turismo e deputado Gastão Vieira, o vice-prefeito Roberto Rocha (PSB) ou o deputado Domingos Dutra.

Em uma simulação entre Domingos Dutra e Gastão Vieira (PMDB), 72,5% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum deles. Neste cenário, o fraco candidato governista (9,8%) perderia para Dutra (10,8%) e seria esmagado por Roberto Rocha pelo “placar” de 28,9% a 5,9% . 

O resultado da pesquisa surpreende também quando da simulação entre Roseana Sarney, que ficaria com 29,3%, e Roberto Rocha, que aparece com 26,4%. Nesse cenário, 36,2% não votariam em nenhum deles, apesar de ambos já serem velhos conhecidos do eleitorado.

Outro ponto a destacar no embate entre Roseana e Roberto Rocha é que há, neste cenário, na realidade, um empate técnico (menos de três pontos) entre os os dois e não “uma larga vantagem” como alardeada por emissários do grupo Sarney. 

Os minguados 29, 3% de Roseana revelam uma situação desconfortável para quem quer se manter com folga na disputa pelo Senado, ao considerar que a governadora mantém a máquina do governo nas mãos, está na vitrine todos os dias e é conhecida por todos os maranhenses.





Castelo e Zé Reinaldo não foram avaliados pelo DataM

Ex-governador tem dito que ainda não desistiu da disputa
Castelo: “Em política, eu ainda não vi foi boi voar”
É importante também salientar que a DataM não colocou, na simulação, outros nomes que se apresentam como pretendentes à única vaga de senador para o Maranhão, como o do ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) e o do ex-prefeito João Castelo (PSDB).

Apesar dos números, é necessário considerar ainda que os cenários apresentados ainda dependem de muitas negociações políticas, por exemplo, ainda não se sabe se Roseana entrará mesmo na disputa pelo Senado por conta do risco de deixar o governo em outras mãos durante o processo eleitoral, já que o candidato “escolhido” ao governo, o secretário Luís Fernando, não decola se a máquina não estiver, devidamente, controlada.

Outra indefinição é quanto a candidatura ou não da deputada Eliziane Gama (PPS) que, se garantir aliança com o PSDB, pode fazer surgir como candidato ao Senado  o tucano João Castelo, que também pode ir para uma eventual aliança com o pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino, ou até mesmo com Luís Fernando, já que o PSDB se tornou a “noiva mais cobiçada” da eleição do ano que vem. E é por isso que o ex-prefeito costuma dizer que, “em política, ele ainda não viu foi boi voar”, mas o resto…tudo é possível.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.