Partidos do grupo Sarney seguem cada vez mais separados

Partidos do grupo Sarney como MDB, PV, PSD e PSC poderão seguir palanques opostos

Antes tido como um grande grupo político, tanto no volume de vitórias, votos e cargos, quanto no número de partidos políticos, o grupo Sarney passou por todo um processo de desidratação e a cada dia fica ainda mais separado.

Para as eleições de 2020 em São Luís, o grupo, possivelmente, não estará no mesmo palanque.

Pelo menos dois integrantes do grupo Sarney já são colocados como pré-candidatos, que são o deputado estadual Adriano Sarney (PV) e a ex-governadora Roseana Sarney (MDB). No caso de confirmação da candidatura de Roseana após a convenção, PV e MDB seguirão em lados opostos, já que o deputado Adriano afirma não desistir da pré-candidatura em nenhuma hipótese.

Na outra ponta, o PSD do deputado federal Edilázio Júnior e o PSC do também deputado federal Aluísio Mendes podem seguir palanques opostos. O PSD e o PSC já têm conversas avançadas com o pré-candidato Eduardo Braide (Podemos). O que mostra que em 2020 o grupo Sarney caminha para perder ainda mais o status de grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *