Pé na Estrada ou Diálogos? Eliziane Gama diz que Flávio Dino foi quem a imitou

Eliziane disse que começou sua itinerância por Barra do Corda, em janeiro deste ano
Eliziane disse que começou sua itinerância por Barra do Corda, em janeiro deste ano

A pré-candidata ao governo do Maranhão pelo PPS e deputada estadual Eliziane Gama rebateu, nesta quarta-feira (13), post deste blog dando conta que a itinerância do PPS, batizada de “Pé na Estrada”, estaria imitando o “Diálogos pelo Maranhão”, que tem à frente o pré-candidato do PCdoB à sucessão estadual, Flávio Dino (relembre aqui). Ela disse que quem copia é quem faz depois, garantindo que iniciou o seu movimento em janeiro, antes do comunista que começou suas andanças em março.

“Quem me imitou foi Flávio Dino. E no Pé na Estrada, pelo menos, tem diálogo mesmo. Não é só discurso, não é monólogo”, disse Eliziane em conversa com a titular deste blog em uma clara “alfinetada” ao pré-candidato comunista.

Quando foi à tribuna falar da itinerância, Eliziane deu a entender que seria a primeira edição de um movimento que visa percorrer as cidades do Estado para obter informações sobre as necessidades e os anseios da população e materializá-las em um plano de governo para as eleições de 2014, justamente o mesmo objetivo do “Diálogos” de Flávio Dino. Mas, segundo a deputada, ela quis passar, na realidade, a ideia de que estava reiniciando, dando continuidade e não começando.

Eliziane disse que iniciou sua itinerância em janeiro deste ano pelo município de Barra do Corda (foto), mas que, por volta do mês de março,  teve que parar porque o PPS estava em processo de fusão com o PMN para a edição de um novo partido, o natimorto MD, que ainda iria discutir um direcionamento sobre a disputa eleitoral.

Itinerância de Eliziane Gama

O blog foi buscar no google os registros da itinerância de Eliziane, visando à disputa eleitoral de 2014, e apurou que, após as eleições municipais passadas (2012), ela começou a discutir um projeto de terceira via para o governo do Estado, apoiada na boa votação que teve como candidata a prefeita de São Luís, ocasião em que ficou em terceiro lugar na disputa. No início de 2013, participou de encontros regionais do PPS em municípios do Maranhão, mas que, na época, não foram massificados como “Pé na Estrada”.

Depois de uma pausa, no mês de junho deste ano, ela tentou engrenar, com o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, o movimento “Pacto pela Vida”, que também tinha o propósito de partir para o interior do Estado e levantar discussões também na capital, mas que não logrou êxito.

E por último, agora em novembro, batizou a nova itinerância de “Pé na Estrada”, nome já usado pela direção nacional do PPS em movimento pelo Brasil,  que, no Maranhão, teve Araguanã como “o primeiro município visitado para o projeto de construção de um plano de governo, visando às eleições de 2014” como bem definiu a própria assessoria de Comunicação da deputada em release distribuído à Imprensa na última segunda-feira (11).

Deputada tenta se viabilizar

Trocando tudo em miúdos, Eliziane  vem botando o “pé na estrada”, com o intuito de se viabilizar como candidata ao governo do Maranhão, desde o início do ano, apesar de não ter lançado mão de um movimento bem formatado e articulado como é o “Diálogos pelo Maranhão”.

Com o “Pé na Estrada”, agora articulado, focado e formatado, Eliziane, que adquiriu importante potencial político, intensifica a jornada para tentar se credenciar como candidata competível ao Palácio dos Leões.

Enfim, se nasceu primeiro o “Pé na Estrada” ou o “Diálogos pelo Maranhão” (o “ovo ou a galinha”), é importante dizer que imitar as coisas boas não é pecado.

O blog deseja sucesso à deputada nessa difícil, mas não impossível empreitada de tentar chegar à cadeira número um do Palácio dos Leões.

Postagens relacionadas

6 thoughts on “Pé na Estrada ou Diálogos? Eliziane Gama diz que Flávio Dino foi quem a imitou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.