PEDIDO DE CASSAÇÃO – “Roseana está provando do próprio veneno”, diz deputado

Othelino: “Quem com ferro fere com ferro será ferido”
O deputado estadual Othelino Neto (PPS) repercutiu, na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (08), o parecer do procurador geral da República, Roberto Gurgel, pela cassação do mandato da governadora do Maranhão, Roseana Sarney, por abuso de poder nas eleições de 2010, e disse que a chefe do Executivo “está provando do próprio veneno”, em uma referência ao engajamento do grupo Sarney pela cassação do ex-governador Jackson Lago em 2009. “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”, frisou.


“A governadora está provando do veneno que ela aplicou no doutor Jackson e nos seus adversários. Com uma diferença: o doutor Jackson de fato foi injustiçado. E nesse caso, começa-se a fazer justiça, porque ninguém há de ter dúvida de que, na eleição de Roseana Sarney, houve abuso de poder político e econômico”, apontou Othelino Neto.


Durante o pronunciamento, Othelino disse que o próprio parecer do procurador geral ressalta que convênios foram utilizados para cooptação de aliados, de prefeitos, inclusive de partidos de oposição, para que apoiassem a candidatura da governadora Roseana Sarney. Segundo o parlamentar, pelo longo tempo que ficou sendo escrito e estudado, o parecer realmente teria que ser consistente, sugerindo a cassação do mandato de Roseana.
“Eu ficava envergonhado como maranhense e brasileiro quando via um processo como esse ficar meses na gaveta do procurador geral. Hoje, fico renovado quando vejo a República brasileira evoluir com um parecer como esse para mostrar que, mesmo para aqueles mais poderosos que há anos mandam nesta República e há muitos mais anos comandam o Maranhão, a lei pode ser aplicada e a punição pelos abusos cometidos, numa eleição, pode custar o mandato da governadora e do vice-governador”, comentou o deputado. 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.