Prazo para governo do Maranhão explicar caos no Sistema Penitenciário chega ao fim

Gobo.com

pedrinhas_10
Caos no Sistema Penitenciário do Maranhão tem repercussão nacional e internacional

Termina nesta quinta-feira (26) o prazo dado pela a Procuradoria Geral da República para o governo do Maranhão dar explicações sobre a violência no sistema penitenciário. Para o Conselho Nacional de Justiça, a situação dos presídios está fora de controle.

O juiz do Conselho Nacional de Justiça, Luiz Douglas Martins, que fez o relatório a pedido do Supremo Tribunal Federal ficou impressionado com o número de mortes e com a violência na Penitenciária de Pedrinhas.

“O número de mortes no Maranhão destoa do restante do país. É o complexo com o maior número de mortes no Brasil, e esse fato chama a atenção dos organismos internacionais. Além de que essas mortes acontecem com extrema violência, inclusive com pessoas decapitadas. A situação ainda permanece em completo descontrole”, afirma Luiz Douglas Martins.

Ao todo, 59 presos foram mortos em 2013 na Penitenciária de Pedrinhas – sete em menos de uma semana. Cerca de cem presos conseguiram fugir do presídio, muitos pela porta da frente.

A violência em Pedrinhas despertou a reação da Organização dos Estados Americanos, que exigiu providencias do governo brasileiro. Na semana passada a Procuradoria Geral da República cobrou explicações do governo do Maranhão e o prazo termina nesta quinta-feira (26). O governo estadual pediu 15 dias para dar uma resposta.

Postagens relacionadas

5 thoughts on “Prazo para governo do Maranhão explicar caos no Sistema Penitenciário chega ao fim

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.