“Professores e funcionários da Multicooper receberão seus pagamentos”, garante Rose Sales

Vereadora Rose Sales
A vereadora Rose Sales (PCdoB) esteve reunida com cerca de 300 funcionários da empresa Multicooper, que mantinha contrato com o município de São Luís, na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), que ficaram sem receber seus salários por um período que sete meses. O encontro aconteceu no Teatro Municipal da Cidade, que fica na Rua do Egito, Centro.
Na reunião foram ouvidos os funcionários e feita uma mediação entre a representante da Secretaria de Educação Municipal (Semed), Régina Galeno, que ouviu cada caso e se prontificou a solucionar o imbróglio entre a antiga cooperativa Multicooper e Prefeitura de São Luís, afirmando que os trabalhadores receberão seus pagamentos.
“A minha luta sempre foi pelos trabalhadores de São Luís, acompanhei todo o processo durante a gestão passada, e hoje, posso garantir que no governo de nossa cidade tem gente séria e compromissada, que não deixa de pagar o trabalhador, todos que prestaram serviços, receberão seus salários”, garantiu Rose Sales.
A representante da Semed, secretária adjunta Regina Galeno, informou que os funcionários deverão procurar o setor jurídico da Semed munidos de seus documentos comprovando que prestaram serviço ao município, para que possam, enfim, receber o devido pagamento que lhes foi negado por um período de quase um ano, na gestão passada.
Sobre a questão do remanejamento dos funcionários, Regina Galeno informou que a Semed não pode interferir na contratação dos professores, pois faz a contratação da empresa através de licitação, ficando assim, a responsabilidade da contratação de professores e agentes de portarias por conta da contratada.
Além do problema da falta de pagamento dos professores, muitos anexos, que são prédios onde funcionam as escolas, sofreram depredações por vândalos, que entraram nas escolas e danificaram os prédios para impedir o calendário escolar do ano letivo de 2013 em alguns anexos da Zona Rural de São Luís,
“O nosso comprometimento é colocar ordem no caos que foi deixado a Educação pela ultima gestão, estaremos realizando através de processos administrativos, como determina a lei o pagamento de todos os funcionários”, disse Régina Galeno. 

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.