Projeto retira direitos garantidos de professores de Pinheiro

O deputado estadual Othelino Neto (PPS) foi procurado por um grupo de professores municipais de Pinheiro e por representantes do sindicato da categoria que relataram a preocupação com um projeto de lei do Executivo que autoriza a retirada de diversas vantagens obtidas pela categoria dos educadores. O caso foi levado ao conhecimento da Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações de Trabalho, presidida pelo parlamentar.
Segundo o relato dos professores, a relação entre o prefeito Filuca Mendes e os servidores municipais, em geral, é muito difícil e o projeto de lei faz diversas modificações no que diz respeito às vantagens e assusta, em especial, os educadores. Esta semana, cerca de mil professores foram às ruas protestar e enviaram um ofício à Comissão de Administração, pedindo para serem recebidos por um grupo de deputados para denunciar o que classificam de perseguição.
Entre várias modificações, o projeto, se aprovado, irá permitir que o Poder Executivo reveja direitos já adquiridos pelos professores como vantagens, funções e gratificações. 
Segundo Othelino, por conta dessa demanda judicial dos professores contra o atual prefeito, existe uma animosidade entre as partes e a categoria está realmente apavorada com a possibilidade de ter vantagens retiradas. O deputado informou, ainda, que os educadores de Pinheiro virão a São Luís e convidou todos os deputados para recebê-los e dar a atenção devida ao assunto, visando resolver esse impasse e proteger os trabalhadores da educação do município de Pinheiro.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.