PSB acena para Camarão e acende alerta na base dinista

O deputado federal e presidente estadual do PSB-MA, Bira do Pindaré, partido do governador Flávio Dino, andou reunindo-se com o secretário e pré-candidato ao governo, Felipe Camarão (PT), para tratar de sucessão estadual.
A movimentação revela uma preocupação a mais para o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), que, até o momento, era o principal pré-candidato dinista.

Participaram do encontro com Bira o deputado Zé Inácio, líder do PT na Assembleia Legislativa, e Luiz Henrique Lula da Silva, atual secretário Estadual de Agricultura e integrante da direção nacional do PT, que lançou a pré-candidatura de Camarão.

Ao se aproximar de Camarão, o PSB, partido do governador, descarta a unanimidade pela escolha de Brandão e abre espaço para um diálogo mais amplo sobre o atual cenário político.

É evidente que Camarão é uma estratégia do próprio Flavio Dino, ainda não se sabe com qual propósito. Se a intenção é desviar as atenções, o grupo não pode correr o risco de cometer o mesmo erro da última eleição para prefeito de São Luís, quando disputou com um consórcio de candidatos e terminou perdendo a eleição para o atual prefeito, Eduardo Braide.

Por outro lado, os petistas querem que Camarão inicie, em novembro, uma série de visitas pelo interior do Estado para levar a mensagem de sua pré-candidatura.

A expectativa dos petistas é de que seja adiado o anúncio do nome do candidato dinista ao Palácio dos Leões, para que o secretário possa ter mais tempo de exposição. Outro termômetro aguardado são as pesquisas que vão surgir, para avaliar o potencial e a real viabilidade do petista na disputa.

Há quem diga que a estratégia de Flávio Dino mesmo seria cravar uma chapa com Brandão, candidato a governador, e Camarão como vice-governador. Pode fazer sentido!

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *