PTC não participará de chapão na proporcional e defende vice de Flávio Dino para o PDT

Encontro do PTC definiu a questão da disputa majoritária
Encontro do PTC definiu a questão da disputa proporcional

Representantes do Partido Trabalhista Cristão (PTC) de mais de 100 municípios, reunidos neste final de semana no Rio Poty Hotel, decidiram e lavraram em ata que a sigla não participará de chapão na corrida proporcional das eleições de 2014. Sairá na disputa apenas com partidos proporcionais ao seu tamanho, de forma igualitária.

O martelo foi batido durante o Seminário “Eleições 2014: Novos desafios” com a presença do presidente estadual do partido, ex-deputado Edivaldo Holanda, e do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. “O PTC só coligará com partido do seu tamanho e todo mundo terá chance de vitória. Não participaremos de chapão e isso já está lavrado em ata”, garantiu Edivaldo (pai).

Apesar de não terem discutido ainda a questão da disputa majoritária para as eleições de 2014, em entrevista à Imprensa, tanto Edivaldo Holanda (pai) quanto o prefeito de São Luís defenderam a manutenção de um compromisso firmado nas eleições de 2012 de que a vaga de vice-governador, na chapa do pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino, seria do PDT, partido da base de sustentação do governo municipal.

“O PTC não abrirá mão. Estamos fechados com o compromisso de 2012. Não vamos arredar com todo respeito que temos ao PSDB. Mas o compromisso foi firmado, antecipadamente, com o PDT e  o prefeito de São Luís respeita isso. Temos certeza que o Flávio Dino vai manter esse compromisso”, disse o presidente estadual do PTC.

Edivaldo Jr reiterou também apoio ao vice-governador Roberto Rocha na disputa pelo Senado Federal. Fez questão de lembrar do compromisso firmado ainda na eleição de 2012.

Sobre Flávio Dino

Sobre o apoio a Flávio Dino, Edivaldo Holanda Jr reiterou o compromisso durante o encontro. O assunto específico da majoritária ainda será debatido em um outro evento para formalizar o posicionamento e a aliança que será feita na esfera majoritária.

“O PTC é soberano, é democrático, é livre, não está atrelado a ninguém e está na base irmã. Mas ainda vamos discutir a majoritária. O Flávio Dino é um nome forte, um grande companheiro, pré-candidato de expressão e tem competência para governar o Estado. É o grande nome das oposições no momento”, avaliou o ex-deputado Edivaldo Holanda (pai).

Sobre  o PSDB e João Castelo

Edivaldo Holanda (pai) defendeu a manutenção da vaga de vice, na chapa de Flávio Dino, para o PDT
Edivaldo Holanda (pai) defendeu a manutenção da vaga de vice, na chapa de Flávio Dino, para o PDT

Sobre uma aproximação entre o PSDB do ex-prefeito de São Luís, João Castelo, e o grupo do pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino, o prefeito de São Luís, Edivaldo Jr, disse que ainda não recebeu nenhum comunicado oficial. Então preferiu não comentar o assunto com a Imprensa.

Já o ex-deputado Edivaldo Holanda (pai) disse que vê com naturalidade essa aproximação, mas desde que a vaga de vice na chapa do Flávio Dino continue com o PDT pelo compromisso firmado em 2012. “Em uma disputa majoritária, você não pode descartar nenhuma liderança política. Castelo é um líder político e isso mostra a visão aberta do Flávio na questão do leque de alianças, mas o compromisso com o PDT deve ser mantido”, frisou o presidente estadual do PTC.

Relação do prefeito com o PTC

Prefeito Edivaldo mostrou perfeito entrosamento com o PTC
Prefeito Edivaldo mostrou perfeito entrosamento com o PTC

O prefeito Edivaldo Holanda Jr demonstrou um perfeito entrosamento com o PTC, durante o encontro realizado no Rio Poty, desfazendo qualquer insinuação de setores da Imprensa de que não estaria tendo uma boa relação com a sigla. Defendeu posição que foi unânime no partido sobre a disputa na proporcional e  estendeu a discussão para a questão majoritária, reiterando o propósito de apoiar Flávio Dino para o governo e a manutenção do vaga de vice para o PDT.

Questionado acerca de boatos lançados pela mídia sarneysista de que o prefeito estaria de “malas prontas” para deixar o PTC, o presidente estadual do partido, Edivaldo (pai), sorriu, lamentou a boataria e disse que isso é “fruto de uma imprensa desinformada” que vive de especulações. “Nada é feito no partido sem ouvirmos o prefeito”, garantiu.

O encontro do PTC

Encontro discutiu novas regras para as eleições e coligação proporcional
Encontro discutiu novas regras para as eleições e coligação proporcional

No encontro do PTC, vários líderes marcaram presença, entre eles o presidente municipal do PTC, Luís Pavão, o Pavãozinho; o ex-deputado Nonato Aragão; o suplente de vereador Carioca, que lançará sua esposa Priscila à Câmara Federal; Alana Alves (filha do ex-deputado Pedro Alves); o ex-prefeito de Icatu, Juarez Lima; o advogado Augusto Caldas; os delegados Aldir Teixeira e Almir Macedo; o ex-candidato a prefeito de Imperatriz e radialista Justino Filho e o ex-deputado Vagner Pessoa, que apresentou seu filho como pré-candidato a deputado federal.

O encontro discutiu estratégias para a atuação do partido nas eleições do ano que vem. Na programação do seminário, foi realizada uma palestra com o advogado e membro do partido, Edson Vidigal Filho (“Vidigalzinho”), com o tema “O novo momento político do Brasil e do Maranhão”.

Edivaldo Holanda com a neta Talita, filha do prefeito, durante o encontro
Edivaldo Holanda com a neta Talita, filha do prefeito Edvaldo Jr, durante o encontro

Postagens relacionadas

8 thoughts on “PTC não participará de chapão na proporcional e defende vice de Flávio Dino para o PDT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.