Revista Veja divulga pesquisa para disputa presidencial de 2022

A pesquisa foi feita por telefone com 2.000 eleitores de 11 a 14 de outubro de 2019 em todos os Estados. A margem de erro é de 2 pontos percentuais

Segundo pesquisa divulgada pela Veja, em parceria com a FSB, Jair Bolsonaro lidera a disputa para as eleições presidenciais de 2022 apesar de passar por 1 momento de turbulência em seu partido, o PSL. O atual presidente da República conta com 34% das intenções de voto. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) tem 17%. Em seguida aparecem o apresentador de TV Luciano Huck (sem partido), com 11%, e o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), com 9%.

João Amoêdo (Novo) fica em 5º lugar com 5% das intenções. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), aparece logo em seguida com 3%. Há ainda 10% dos eleitores que não escolheram nenhum candidato. Outros 7% não iriam votar ou dizem não saber responder. Nulos e brancos somam 5%. A pesquisa foi feita por telefone com 2.000 eleitores de 11 a 14 de outubro de 2019 em todos os Estados. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Sobre o segundo turno, o levantamento da FSB, Bolsonaro empata na margem de erro com Huck (38% a 34%) e seu ministro da Justiça, Sergio Moro (38% para o ex-juiz da Lava Jato contra 34% para o militar). Luciano Huck venceria Fernando Haddad e empataria com Bolsonaro (39% a 43%) no segundo turno das eleições de 2022, considerando a margem de erro.

Outras simulações da pesquisa apontam que, em uma nova disputa entre Fernando Haddad e Bolsonaro, o atual presidente venceria com 47%, contra 34% de Haddad. Tendo Lula como adversário, Bolsonaro também levaria a melhor com 46%, contra 38% de Lula. O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, não passaria da primeira fase das eleições.

Entre os cenários relatados pela pesquisa, Bolsonaro perde apenas em disputa contra Sérgio Moro. No segundo turno, o ministro ganharia com 39% a 34% dos votos, dentro da margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *