Roberto Jr garante que agricultores de São Luís terão transporte de apoio

Vereador Roberto Jr

O vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) usou o pequeno expediente da sessão ordinária desta terça-feira (15), na Câmara Municipal, para anunciar que, a partir do próximo mês, os agricultores das zonas rural I e II terão um ônibus e um caminhão para que possam levar seus alimentos às feiras e mercados de São Luís. Os transportes serão disponibilizados pela Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).


Em seu pronunciamento, o parlamentar ressaltou a importância da agricultura familiar e disse que, apesar de ser considerada uma alternativa para vários problemas, hoje, os agricultores passam passa por muitas dificuldades para que possam produzir seus alimentos, como falta de água, de adubo, semente, estufa, entre outros.


“A capital maranhense é uma das poucas  que não obedece à determinação do Programa do Governo Federal PENAI, que diz que 30% dos alimentos consumidos na merenda escolar devem ser oriundos da agricultura familiar. Aqui em São Luís, isso acontece porque os produtores não têm incentivos para que possam aumentar sua produção e o transporte adequado para comercializá-la”, esclareceu.


Roberto Júnior disse ainda que, desde o início do seu mandato, tem conhecimento das dificuldades que os produtores da zona rural vêm enfrentando com a falta de veículos para transportar seus alimentos. Ressaltou que os transportes que serão disponibilizados aos agricultores já estavam, há muito tempo, parados no pátio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Após uma solicitação sua e do secretário Marcelo Coêlho, o secretário municipal de Educação, Allan Kardec, cedeu-os à Semapa, que irá reestruturá-los para, a partir do próximo mês, transportar os alimentos dos agricultores da zona rural I e II.


“Após uma reunião com o secretário de Educação, Alan Kardec, eu e o secretário de Agricultura, Marcelo Coêlho, conseguimos viabilizar um ônibus e um caminhão que estavam parados, sem nenhuma utilidade, no pátio da Semed. Eu acredito que essa é uma grande conquista para os produtores de agricultura familiar, pois irá facilitar muito a comercialização dos produtos e ainda os incentivará á produzir mais alimentos”, finalizou.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.