São Luís vive dias de "filme de terror"…

Em represália às mortes em Pedrinhas, “Bonde dos 40”
 incendiou oito ônibus na capital maranhense

Rebelião acabou em mortes
O clima em São Luís é de medo e insegurança, depois da babárie da última quarta-feira (09) à noite. A toda hora, recebo mensagens de leitores e amigos, indicando uma desordem lá e acolá. A mais recente é de um tiroteio na porta do Ceuma, faculdade particular da capital maranhense.

Recebi outras mensagens de arrastões em vários pontos da cidade, mas que não foram confirmadas pela Polícia. Muitos estão sendo vítimas de trote de pessoas que aproveitam para aumentar o clima de terror que se instalou na capital maranhense, após rebelião na Penitenciária de Pedrinhas com saldo de 10 mortos, 30 feridos e oito ônibus incendiados na cidade. Mas grande parte é verdade. 

São Luís parece viver cenas de “filme de terror” diante de um sistema de segurança cheio de falhas que, como uma bomba, está explodindo agora. Tudo isso é muito lamentável e a população não admite mais que as autoridades cruzem os braços diante desse grande problema. É preciso gestão, é necessário ter iniciativa para conter esse levante da criminalidade no Maranhão.

Cenas de vandalismo
Em resposta às mortes na Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, o “Bonde dos 40”,  uma facção criminosa do tráfico de drogas em São Luís, incendiou oito ônibus na noite de quarta-feira. Foram cenas lamentáveis e inusitadas para quem vive na capital maranhense.

Feridos foram levados para hospitais
A ação que incendiou os ônibus foi motivada pela briga entre facções criminosas que deixou 10 mortos e 30 feridos em Pedrinhas. A confusão na penitenciária teria começado por causa da suspeita de um túnel no Bloco F, Pavilhão 2, por onde cerca de 60 presos pretendiam fugir da penitenciária.

Os corpos dos mortos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) e os feridos permaneceram bastante tempo, na porta da penitenciária, aguardando por socorro. Os primeiros foram lavados para o Socorrão II.

Postagens relacionadas

2 thoughts on “São Luís vive dias de "filme de terror"…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.