Sem candidato a governador, União Brasil ficará neutro no Maranhão

O União Brasil não lançou, nem declarou apoio a candidato ao governo do Maranhão. A decisão foi tomada durante a convenção nacional da legenda, realizada nesta sexta-feira (5). O partido decidiu pela neutralidade.

A decisão irá garantir mais tempo em televisão e rádio ao PSB, durante a propaganda eleitoral.

A decisão pôs fim a um impasse entre os deputados federais Juscelino Filho, que é primeiro vice-presidente do partido, e Pedro Lucas Fernandes, que é secretário-geral da sigla. Eles divergiam sobre apoiar ou não um candidato ao governo nas eleições de outubro.

Com isso, os quase dois minutos de propaganda eleitoral do União Brasil serão divididos entre os demais partidos. Com o acréscimo, o PSB deve ficar com mais de cinco minutos de propaganda partidária, ou seja, mais da metade do programa eleitoral que terá duração de 10 minutos.

O PDT terá pouco mais de três minutos; o PSD, um minuto; e os demais partidos vão ter alguns segundos somente. O PSTU e o PSB terão os menores tempos, entre três e cinco minutos.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.