SERÁ QUE AGORA VAI? – Deputados adiam recesso para votar orçamento na antevéspera do Natal

Assembleia tentará aprovar orçamento em sessão extraordinária. Vários deputados já haviam agendado outros compromissos
Assembleia tentará aprovar orçamento em sessão extraordinária. Vários deputados já haviam agendado outros compromissos

Com o impasse e crise provocados por conta das emendas parlamentares que os governistas querem aumentar para, pelo menos, R$ 4 milhões, a Assembleia Legislativa deixou de votar o orçamento de 2014 na última quinta-feira (19), mas tentará realizar uma sessão extraordinária nesta segunda-feira (23), às 17h, para aprovar a matéria.

Interlocutores do governo Roseana Sarney tentam, a todo custo, acalmar os ânimos dos governistas insatisfeitos ou “rebeldes”, neste final de semana, para reunir pelo menos 22 parlamentares, quorum necessário para a votação, nesta segunda-feira. A sessão extraordinária, obviamente, será remunerada.

Desgaste e falta de liderança

Se não conseguir entrar em acordo com os deputados e não aprovar a peça orçamentária até o dia 30 de dezembro, o governo tem a prerrogativa de usar 1/12 avos do orçamento de 2013 para as despesas do início do ano. No entanto, evidencia desgaste e falta de liderança na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Em clima de recesso, vários deputados já estavam com viagens marcadas desde a última sexta-feira (20) já que o último dia para sessão seria no dia 19, pois 22, o prazo regimental, caiu neste domingo (22). Da oposição, pelo menos os deputados Raimundo Cutrim (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB), Cleide Coutinho (PSB) e Eliziane Gama (PPS) já haviam acertado agenda com seus familiares fora de São Luís.

Entenda o impasse

Em resumo, os deputados governistas estão sendo chamados para votar o orçamento de 2014, cuja a previsão global é de R$ 14,1 bilhões, em sessão extraordinária, mas pressionam o Executivo a aumentar o valor das emendas e liberar as que estão pendentes ainda do orçamento de 2013.

O governo do Estado teria oferecido aos parlamentares a garantia do pagamento de R$ 3 milhões em emendas no próximo ano. Os deputados reivindicam pelo menos R$ 4 milhões.

De acordo com o presidente da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa do Maranhão, Alexandre Almeida, um entendimento com o governo já foi sinalizado. “O governo se comprometeu em empenhar o restante dos valores correspondentes a emendas referentes ao orçamento de 2013. Acreditamos que para as emendas de 2014 tudo será contemplado“, disse o deputado.

Postagens relacionadas

2 thoughts on “SERÁ QUE AGORA VAI? – Deputados adiam recesso para votar orçamento na antevéspera do Natal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.