Prefeitura de São Luís segue com cronograma diário de serviços de infraestrutura e manutenção no período chuvoso

Os serviços de limpeza e desobstrução de galerias, bueiros e canais são realizados de forma contínua

Diariamente as equipes da Prefeitura de São Luís estão nas ruas executando serviços de manutenção asfáltica, desobstrução dos dispositivos de drenagem, além de melhoria e expansão  da iluminação pública em diversos locais da cidade. As ações, coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), integram o programa de infraestrutura da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior que tem intensificado os serviços durante o período de chuvas. O cronograma de manutenção asfáltica contemplou vários pontos da capital como as avenidas Getúlio Vargas e Guajajaras, no São Cristóvão; Alto do Calhau; Vila Luizão; Estrada do Rio Pimenta; Estrada Velha do Calhau; Avenida Brasil, na Chácara Brasil; Avenida Ivar Saldanha; São Luís Rei de França, no Turu, entre outras localidades.

As ações de recuperação asfáltica estão dando prioridade a ruas e avenidas de grande tráfego de veículos e transporte público. O trabalho visa minimizar os impactos das chuvas e garantir maior mobilidade para toda a população.

Os serviços de limpeza e desobstrução de galerias, bueiros e canais são realizados de forma contínua e regular para garantir vazão da água das chuvas e garantir o bom funcionamento do sistema de drenagem das águas pluviais em diversos pontos da capital. As equipes se concentraram na Coreia de Baixo, Vala da Macaúba; Rua Gregório de Matos, na Liberdade; e realizaram também limpeza de canal na Rua da Matança, no Anil.

Flávio Dino mostra ações emergenciais para recuperar vias no Maranhão


O governador afirmou que mantém diariamente 40 equipes fazendo recuperação emergencial em rodovias estaduais e comentou esse momento de crise

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou suas redes sociais para comentar as ações emergenciais que o governo vem executando para superar os transtornos causados pelas fortes chuvas.

“Desde 2015 já executamos 3.000 quilômetros de asfalto. Contudo, herdamos uma malha viária antiga, sem manutenção adequada e sem drenagem. Não se corrige tudo isso de uma vez só. Fazemos ações emergenciais permanentemente e seguimos com as ações estruturantes. Lembramos que ajudamos também os municípios com as suas vias urbanas, pois as pessoas moram nas cidades. Não obstante, nosso foco principal neste ano serão as estradas estaduais – as MAs”, escreveu Flávio Dino.

O governador afirmou que mantém diariamente 40 equipes fazendo recuperação emergencial em rodovias estaduais e comentou esse momento de crise. “Se eu tivesse medo de coisa difícil, não teria me apresentado para governar o Maranhão após décadas de devastação e em meio à maior crise do século. Agora estamos enfrentando consequências com muita luta e coragem. Todos os dias nossas equipes estão nas ruas. Hoje também”, concluiu.

Governo amplia equipes de manutenção de tráfego nas rodovias maranhenses


Na Região Sul do Maranhão, a MA-386, conhecida como Estrada do Arroz, recebeu reparos imediatos em um dos trechos afetados pela correnteza de um dos riachos, tendo o tráfego restabelecido em menos de vinte e quatro horas

O Maranhão está recebendo um grande volume de chuvas e algumas regiões do estado estão sendo afetadas com o transbordamento de rios, riachos e açudes nas proximidades de algumas rodovias estaduais. O Governo do Maranhão, sensível a essa situação, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), reforçou o número de equipes para atuarem, de forma permanente, em todas as regiões do estado, com monitoramento e intervenções para garantir a trafegabilidade nas rodovias.

Em São Luís, trechos como o da Av. Nossa Senhora da Vitória, que dá acesso para MA 202, já receberam recuperação completa da via para garantir a trafegabilidade no local. Na MA-201, os pontos de erosão também já foram solucionados. As equipes, também, atuam em outros pontos, como por exemplo, a Estrada da Mata (Maiobinha), a Estrada da Vitória, nas proximidades da UPA e no Parque Jair. A Ponte Pai Inácio, que interliga a Rua General Arthur Carvalho no Turu à Travessa da Vitória também estão recebendo serviços de manutenção.

Na Região Sul do Maranhão, a MA-386, conhecida como Estrada do Arroz, recebeu reparos imediatos em um dos trechos afetados pela correnteza de um dos riachos, tendo o tráfego restabelecido em menos de vinte e quatro horas. A MA-122, que faz conexão entre Imperatriz e Amarante, com passagem por Buritirana e Senador La Roque, está com equipes mobilizadas no local para tomar todas as medidas necessárias nos pontos críticos da via. A previsão é que o tráfego seja normalizado nesta sexta-feira (05).

Equipes fazem ações emergenciais em áreas atingidas pela chuva na capital


Na MA-201, os pontos de erosão apresentados após a chuva também já estão sendo solucionados pelas equipes

Monitoramento e atenção permanente. Esse tem sido o procedimento para a realização das ações emergenciais e as intervenções feitas pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), durante o período chuvoso que atinge todo o Maranhão. Em São Luís, o último final de semana foi marcado por intensas chuvas, atingindo vários pontos da cidade.

O secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, acompanhado de equipe técnica de engenharia da Sinfra, vistoriou e acompanhou, na manhã desta segunda-feira (25), os trabalhos das frentes de serviços nos pontos que foram afetados pelas chuvas. Rodovias que cortam a Grande Ilha como a MA-201, sentido Maiobão, MA-202 e MA-204 no Parque Vitória e Jardim Turu foram alguns dos pontos percorridos pela equipe.

Clayton Noleto informou que as equipes de manutenção da secretaria estão prontas para atuar nas áreas emergenciais, minimizando os transtornos que atingiram a população. “Nós sabemos que o trasbordamento de vários riachos deixou pontos em situação crítica na capital. Participei de reuniões com o governador Flávio Dino e vários outros órgãos, além disso já fizemos contato com a empresa responsável pela manutenção, além de percorrer os locais afetados, avaliando os riscos e acompanhando o que já está sendo feito pelas equipes”, reforçou o secretário.

Mesmo com tempo chuvoso, o planejamento do Governo Estado inclui manter mobilizada as equipes nos pontos estratégicos para garantir a mobilidade da comunidade. Na Avenida Nossa Senhora da Vitória, acesso para MA 202, máquinas estão no local com todo o corpo técnico necessário para realizar os trabalhos de recuperação e para garantir a trafegabilidade na via o mais rápido possível.

Na MA-201, os pontos de erosão apresentados após a chuva também já estão sendo solucionados pelas equipes. A Sinfra reforça que a população obedeça a sinalização e mantenha distância das áreas de risco. Alguns trechos estão isolados para manter a segurança no local.

Flávio Dino define ações emergenciais para amenizar impactos da chuva na Grande São Luís


Foram definidas ações em 13 pontos emergenciais, que incluem apoio social às famílias, recuperação de infraestrutura, garantia de mobilidade urbana e isolamento de áreas perigosas.

O governador Flávio Dino reuniu, na tarde deste domingo (24), secretários de Estado, presidentes de órgãos e o Corpo de Bombeiros para discutir mais ações que minimizem danos derivados das fortes chuvas nos quatro municípios da Grande Ilha. Foram definidas ações em 13 pontos emergenciais, que incluem apoio social às famílias, recuperação de infraestrutura, garantia de mobilidade urbana e isolamento de áreas perigosas.

De acordo com o secretário Rodrigo Lago, da pasta de Comunicação Social e Articulação Política (Secap), as ações emergenciais envolvem vários órgãos. “O governador reuniu com vários órgãos do Estado para definir ações imediatas e emergenciais para resolver problemas que foram causados pelas fortes chuvas, como retirar pessoas em área vulneráveis a acidentes, para que a população sofra o menor impacto possível por esse excesso de chuva”, explica.

Entre sábado (22) e domingo, choveu metade do que estava previsto para todo o mês de março na ilha de São Luís. Somente na última madrugada foram 150 milímetros de chuva.

Segundo Rubens Pereira Júnior, secretário de Cidades, as famílias atingidas receberão todo o suporte assistencial. Ele informou que será dado apoio a remoção de famílias em área vulneráveis com a concessão do aluguel social para garantir habitação adequada para cada uma delas e, em caráter emergencial e indenizatório para pessoas que tiveram a casa avariada, será concedido o benefício do Cheque Minha Casa. O programa Cheque Minha Casa oferece R$ 5 mil para que famílias de baixa renda adquiram materiais de construção, para reforma ou ampliação de suas casas.

O Governo do Estado alerta que, em caso de emergência, a população deve entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

No domingo (24), um casarão desabou e outro teve deslocamento de parte da estrutura no Centro Histórico da capital após as fortes chuvas. Os imóveis atingidos estão localizados na Rua Jacinto Maia, próximo ao Convento das Mercês, e outro na Praça Pedro II, próximo à sede do poder municipal. As chuvas têm sido intensas, demoradas e o volume de águas ficou acima da média climatológica prevista pelo Núcleo Geoambiental da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Nos locais dos desabamentos, equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) realizaram o isolamento, remoção de entulhos e levantamento técnico sobre as condições dos imóveis. Nesta segunda-feira (24), serão iniciados os trabalhos para escoramento e reforço da estrutura, a fim de evitar incidentes com as chuvas que virão. Em outra frente de trabalho, um novo reboco será construído para restaurar as condições originais dos prédios.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior pontuou que o município está trabalhando conjuntamente com o Estado. “Estamos acompanhando as vistorias e os trabalhos que devem ser realizados para evitar incidentes e contamos com apoio e os esforços dos demais órgãos envolvidos para conter a situação”, informou.