Municípios do Maranhão passam a receber royalties da mineração

Os percentuais de recolhimento consideram uma série de variáveis que inclui percurso, tonelagem e outros fatores referentes à atividade mineradora

Cerca de 31 municípios do Maranhão afetados pelas atividades de mineração receberão o primeiro pagamento da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais, CFEM, uma conquista do Consórcio Intermunicipal Multimodal (CIM). O Consórcio Intermunicipal Multimodal é formado por 26 municípios, sendo 25 do Maranhão e o município de Bom Jesus do Tocantins, do estado do Pará. Os recursos dos royalties da mineração acumulado somam R$ 102.830.075,54.

Os percentuais de recolhimento consideram uma série de variáveis que inclui percurso, tonelagem e outros fatores referentes à atividade mineradora. Por contar com a maior extensão de ferrovia em seu território, o município de Açailândia obteve maior fatia depois de São Luís, onde além da afetação das atividades mineradoras conta com porto. Os recursos transferidos pela compensação serão utilizados pelos gestores municipais em infraestrutura, reforma e construção de escolas e unidades básicas de saúde. A partir desta primeira parcela, as transferências vão ocorrem mensalmente.

Serão beneficiados no Maranhão pela CFEM os municípios de Açailândia, Alto Alegre do Pindaré, Anajatuba, Arari, Bacabeira, Bom Jardim, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Cantanhede, Caxias, Cidelândia, Codó, Coroatá, Igarapé do Meio, Itapecuru Mirim, Itinga, Miranda do Norte, Monção, Pindaré Mirim, Pirapemas, Rosário, Santa Inês, Santa Rita, São Francisco do Brejão, São Luís, São Pedro da Água Branca, Timbiras, Timon,  Tufilândia, Vila Nova dos Martírios, Vitória do Mearim.

Acidente entre carro de passeio e ônibus deixa cinco morto no Campos de Perizes

O acidente deixou um saldo de cinco mortos, no quilômetro 46 da BR-135, município de Bacabeira

Foi registrado, na madrugada desta quinta-feira (24), um grave acidente, envolvendo um ônibus da empresa Guanabara e um carro de passeio. O acidente deixou um saldo de cinco mortos, no quilômetro 46 da BR-135, município de Bacabeira.

No veículo de passeio, que foi atingido pelo ônibus da empresa Guanabara, estavam quatro homens e uma mulher, incluindo o motorista do veículo, que também não resistiu e morreu.

De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal no Maranhão (PRF-MA), o acidente aconteceu já no trecho duplicado da BR-135, quando o carro de passeio, modelo Gol, vindo da cidade de Arari (MA), reduziu a velocidade para passar em um quebra-mola.

O ônibus da Guanabara, que vinha de Fortaleza (CE), não conseguiu frear e bateu violentamente na traseira do carro. O Gol foi jogado para o canteiro central, completamente destruído.

Ainda de acordo com a PRF, os cinco ocupantes do veículo de passeio morreram na hora.

Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Instituto Médico Legal (IML), da PRF, Corpo de Bombeiros, Perícia Criminal e da empresa Guanabara deslocaram-se para o local do acidente logo em seguida.

As vítimas eram pacientes do Hospital Universitário de Presidente Dutra, que faziam tratamento de hemodiálise. Além do motorista do carro, que pertencia à prefeitura de Arari.