Eleição para prefeitura de Imperatriz promete ser acirrada

Pelo menos sete pré-candidatos já despontam no gosto do eleitorado

Segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, a cidade de Imperatriz promete ter sua eleição para prefeito bem acirrada. Pelo menos sete pré-candidatos já despontam no gosto do eleitorado.

Em baixa popularidade e enfrentando problemas em sua administração, o prefeito Assis Ramos (DEM), deve concorrer à reeleição e enfrentar uma campanha difícil contra bons concorrentes.

Pelo grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), poderão concorrer o deputado estadual, Professor Marco Aurélio, ou o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto. Outros dois candidatos da base aliada são o ex-prefeito Ildon Marques e o deputado estadual, Rildo Amaral.

Por fora, disputam o ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB), mas que, por seu alto índice de rejeição, pode apoiar novamente o nome do empresário Ribinha Cunha.

Convenção do DEM no Maranhão terá participação de ACM Neto

O evento será realizado no Auditório Terezinha Jansen, no Multicenter Sebrae

O presidente estadual do Democratas no Maranhão, deputado federal Juscelino Filho, confirmou a data da Convenção Estadual 2019 do partido para esta sexta-feira (26). O evento será realizado no Auditório Terezinha Jansen, no Multicenter Sebrae, e contará com a presença do presidente nacional do DEM, ACM Neto.

O DEM vive um momento de grande expectativa sobre as possíveis candidaturas de Neto Evangelista em São Luís e de Assis Ramos em Imperatriz. O partido também busca lançar candidaturas a prefeitos e vereadores em quase todos os municípios.

Flávio Dino responde Assis Ramos

Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, Assis Ramos busca culpar alguém pelos problemas municipais

O governador Flávio Dino (PCdoB) respondeu o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), após vídeo em que o administrador municipal cobra, de forma truculenta, que governo estadual conserte as vias urbanas da cidade. Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, ele busca culpar alguém pelos problemas municipais, mesmo não sendo do governo a obrigação da solução dos mesmos.

“Não respondo a agressões pessoais de baixo nível. Sempre estou lutando para resolver os problemas. Alguém já me viu “exigindo” que o governo federal tape buraco de estrada MA, de competência estadual? Esse tipo de grosseria e disparate não condiz com a minha formação”, escreveu Flávio Dino.

Assis Ramos desperta a ira do grupo Sarney após sua saída do MDB

O prefeito Assis Ramos, de Imperatriz, anunciou sua filiação ao DEM e despertou a ira do MDB

A jornalista Denise Rothenburg afirmou, em sua coluna no Jornal Correio Brasiliense, que o grupo Sarney está irritado com o prefeito de Imperatriz, Assim Ramos. De acordo com a reportagem, “enquanto o presidente Jair Bolsonaro conversa com os partidos em busca de apoio, o DEM aproveita a estrutura que já tem montada no Executivo para conquistar postos estratégicos em troca de recursos federais. Esta semana, o partido integrou aos seus quadros os prefeitos de Curitiba, Rafael Grecca; de Chapecó, Luciano Buligon, e o de Imperatriz, Assis Ramos, que vem do MDB. Aí, o “bicho pegou”. O comando do MDB, leia-se o grupo do ex-presidente José Sarney, está uma fera. E essa briga é apenas o começo”.

De acordo com a matéria, “Assis não esconde o que o levou a trocar de partido. Nas redes sociais de emedebistas maranhenses, avisou que estava saindo da legenda e do grupo de WhastApp, com a seguinte mensagem: “Como governar Imperatriz sem a ajuda do governo federal? Antes, eu tinha dois senadores que me ajudavam muito, Edison Lobão e João Alberto, com isso a cidade não sentia tanto a falta de apoio do governo estadual. O DEM é um partido forte e independente, possui vários ministros, inclusive o da Saúde, nosso principal gargalo. Vocês acham que consegui os recursos para reformar o socorrinho de forma tão rápida como? Claro, através do ministro da Saúde, que é do DEM. Enfim, penso mesmo é na cidade”, republicou a jornalista parte da nota do prefeito Assis.

Prefeito de Imperatriz anuncia filiação ao DEM


MDB perde o prefeito da segunda maior cidade do Maranhão

Assis Ramos, prefeito de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, anunciou, por meio das redes sociais, sua filiação ao Democratas. O anúncio aconteceu na presença do deputado federal e presidente do DEM no Maranhão, Juscelino Filho; da ministra da Agricultura, Tereza Cristina; do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente nacional da legenda.

“O DEM busca fortalecer-se nacionalmente, reposicionando-se estrategicamente em todas as grandes cidades brasileiras. Ontem foi a vez da filiação do prefeito de Curitiba, em Brasília. Na segunda semana do mês de maio deverá ser o ingresso oficial de Assis Ramos, em Imperatriz, em acontecimento que poderá contar com as presenças de ACM Neto, prefeito de Salvador, além das lideranças estaduais, capitaneadas pelo deputado federal Juscelino Filho, presidente estadual da sigla”, escreveu Assis.

Com a saída de Assis Ramos, o MDB perde seu prefeito com maior papel de destaque no estado.

Grupo Sarney e prefeito de Imperatriz saem derrotados no segundo maior colégio eleitoral do Estado

A excelente votação de Flávio Dino em Imperatriz, que obteve 87.517 mil votos, 69,65% da votação, evidencia a força do grupo comunista no município. E as articulações para 2020 já começaram

Mesmo administrando a prefeitura de Imperatriz, o MDB, juntamente com o prefeito Assis Ramos, foram os maiores derrotados destas eleições no segundo maior colégio eleitoral do Estado.

Assis Ramos viu todos seus candidatos sendo derrotados na cidade em que administra e passa a olhar seu projeto a reeleição em 2020, prejudicado pelos números de 2018.

A candidata Roseana Sarney (MDB), correligionária de Assis obteve apenas 14 mil votos em Imperatriz, ficando atrás de Maura Jorge (PSL), que obteve 20.017 mil votos.

O prefeito de Imperatriz também viu seus dois candidatos a deputados saírem derrotas das urnas. Fátima Avelino (MDB), candidata a deputada estadual obteve apenas 7.784 mil votos na cidade, ficando em terceiro lugar, atrás de Marco Aurélio (PCdoB) e Rildo Amaral (SD). O candidato a deputado federal do prefeito, o médico Daniel Fiim teve apenas 12.923, ficando em quarto lugar.

Para o Senado, Edison Lobão (MDB) ficou em quinto lugar em Imperatriz e Sarney Filho (PV), em sexto lugar.

A excelente votação de Flávio Dino em Imperatriz, que obteve 87.517 mil votos, 69,65% da votação, evidencia a força do grupo comunista no município. E as articulações para 2020 já começaram.

Nas eleições, prefeito de Imperatriz apoia Roseana, mas em vídeo aparece elogiando Dino

Parece que o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, muda de opinião como quem troca de roupa. No segundo programa de TV de Roseana Sarney, candidata ao governo pelo seu partido, o PMDB, Assis declara total apoio à eleição da ex-governadora.

No entanto, em vídeo que circula nas redes sociais antes mesmo do período eleitoral, Assis aparece rasgando elogios à gestão Flávio Dino, principal adversário da filha do oligarca José Sarney.

Desde 2016, quando assumiu a Prefeitura da maior cidade da região sul do Maranhão, o delegado-prefeito sempre procurou o governador em busca de parcerias para Imperatriz, assim foi no caso da UemaSul e da Beira-Rio, obras inauguradas na gestão Dino e que contaram com a participação de Assis Ramos nas inaugurações.

Ao contrário do que diz no programa de Roseana, no vídeo da entrega da Beira-Rio, o prefeito de Imperatriz admite que “o governador Flávio Dino tem trabalhado por Imperatriz” e tem certeza que “o povo reconhece” as ações do comunista na cidade.

Clayton Noleto desmente Roseana Sarney

Prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, em visita ao governador Flávio Dino

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, manifestou-se sobre as acusações da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), de que o atual governo perseguiria o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (MDB). Clayton citou as diversas obras na cidade de Imperatriz e em toda a região Tocantina, além das ações do programa Mais Asfalto que foi executado em parceria com a prefeitura municipal. Veja a nota:

A candidata ao governo do Maranhão, proprietária de uma rede de comunicação afiliada à Globo, empresa que propaga aos quatro ventos o combate ao Fake News, se especializou mesmo em fabricá-los, não importa o tamanhão e a dimensão da “enganação”.

Uma das inverdades que recebe o carimbo Fake News, entre as muitas ditas na sabatina de O Estado, foi a suposta perseguição ao prefeito de Imperatriz, que antes da campanha dava entrevistas emocionado sobre a importância de ter um governo estadual atuante na melhoria das condições de vida da população. Pois bem, vamos agora rememorá-los e carimbar a fábrica de mentiras da candidata empresária do Fake News.

Em Infraestrutura o governo Flávio Dino entregou a lendária Estrada do Arroz que liga Imperatriz à Cidelândia, um sonho da Região Tocantina, foram mais de 80 km pavimentados com o Programa Mais Asfalto garantindo o direito de ir e vir das pessoas com comodidade e segurança e a Avenida Pedro Neiva de Santana totalmente iluminada com led, sinalizada e com a instalação dos pardais que ajudaram a reduzir os acidentes. As rodovias que interligam a região recebem o programa contínuo de conservação e manutenção promovendo o desenvolvimento regional.

Na Saúde o Hospital Macrorregional de Imperatriz ajuda a desafogar o atendimento na rede municipal com serviços de referência, exames, consultas e cirurgias. Temos a entrega de mais uma etapa da reforma do Hospital Materno Infantil, a instalação do serviço de radioterapia e a unidade oncológica pediátrica.

No Esporte e Lazer temos a entrega da Avenida Beira Rio, o maior espaço público de lazer do Maranhão, a revitalização da Praça da Bíblia, a construção dos ginásios das escolas Governador Archer e Nascimento de Moraes, a reforma do Estádio Frei Epifânio e da Praça Mané Garrincha, a requalificação do Centro de Artesanato e a Feirinha da Beira Rio, mais uma opção de lazer e cultura aos imperatrizenses e a requalificação de mais três praças.

O governo perseguiu, perseguiu e conseguiu executar o maior pacote de obras com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população. E não parou por aí, tem mais carimbo para os fake News da fábrica de mentiras.

Na segurança temos a reforma e modernização do 3º e 14º Batalhões de Polícia Militar, a entrega do Comando de Policiamento da Área do Interior 5 e 6 e as Unidades de Segurança Comunitária no Sanharol e Lagoa Verde.

Na educação reformamos os Centros de Ensino União, Vespasiano Ramos, Newton Barjonas Lobão, Tancredo Neves, criamos a UEMASUL, reformamos o campus do centro e estamos construindo o novo campus da instituição.

O governo do Maranhão também investiu na ampliação da rede de distribuição de água e coleta de esgotos, no incentivo e apoio aos eventos esportivos, culturais, do comércio e do campo, nos no Viva, no Restaurante Universitário e Cidadão. O governo do Maranhão, assim, continua combatendo os Fake News com a verdade.

Clayton Noleto

Imperatriz: Gerente regional da Caema contesta Assis Ramos e diz que “não se faz política com saneamento básico”

Rafael destacou, na entrevista, que, por várias vezes, tentou entrar em contato com o prefeito para falar sobre trâmites burocráticos, mas não obteve êxito.

Em entrevista à rádio Nativa FM, de Imperatriz, o gerente regional da Caema, Rafael Heringer, enquadrou o prefeito da cidade, Assis Ramos (PMDB), que, em entrevista anterior à mesma emissora, teceu várias críticas injustiçadas à companhia e à Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra).

Ao final da entrevista, Rafael Heringer elencou os investimentos feitos pelo governo do Estado que, segundo ele, muito tem feito pelo desenvolvimento de Imperatriz. Na ocasião, o gerente regional da Caema conclamou ao prefeito que não politize as questões entre o órgão e a prefeitura municipal, além de ressaltar que não se faz política com saneamento básico.

Na entrevista, o prefeito alegava que a Caema não estaria liberando um projeto para saneamento do bairro Vila Nova. Rafael Heringer, durante a entrevista, esclareceu que foi a companhia que pleiteou, junto ao Ministério das Cidades, o projeto de esgotamento sanitário de toda a cidade de Imperatriz, não somente para a Bacia da Grande Vila Nova. Segundo ele, a prefeitura, por sua vez, deseja realizar a obra apenas no bairro em questão, mas, como todo o projeto foi construído para toda a grande Imperatriz, precisaria passar por uma revisão.

O gerente regional da Caema também contestou Assis Ramos, que afirmou ter dado entrada no pedido da documentação há quatro meses e não o fez. Rafael destacou ainda que, por várias vezes, tentou entrar em contato com o prefeito para falar sobre todos os trâmites burocráticos e melhor explicar o projeto, mas não obteve êxito.

Rafael esclareceu também que do orçamento de R$ 54 milhões do projeto inicial, R$ 8 milhões já foram aplicados pelo ex-prefeito Sebastião Madeira e que não será por culpa da Caema que a cidade de Imperatriz irá perder esse dinheiro.

“Espero que nós possamos melhorar o diálogo entre a Caema e prefeitura, porque nós sempre estivemos à disposição do prefeito”, disparou Rafael.