Para convencer indecisos e mostrar empenho, candidatos a prefeito movimentam as ruas de São Luís

Faltando pouco menos de 1 mês para as eleições deste ano, os candidatos a prefeito Duarte Júnior (Republicanos), Neto Evangelista (DEM), Bira do Pindaré (PSB), Jeisael Marx (Rede), Eduardo Braide (Podemos) e Yglésio (PROS) têm optado por “botar o bloco na rua” em São Luís.

A fim de convencer indecisos e melhorar empenho nas pesquisas, os candidatos apostam na velha escola da política: o contato direto com o eleitor.

No último domingo (18), as ruas de São Luís foram palco de movimentações políticas. Em carreata, o candidato Neto Evangelista percorreu as ruas do Itaqui-Bacanga acompanhado da sua esposa, do deputado Wellington do Curso, do vereador Osmar Filho e outras lideranças políticas.

Já o deputado Duarte Júnior realizou carreata do Calhau a Alemanha acompanhado da esposa, da candidata a vice Fabiana Vilar, do vice-governador Carlos Brandão, da deputada Detinha entre outras lideranças. Enquanto o candidato Yglésio participou, juntamente com seu vice, dr. Mauro, de uma festa para crianças no bairro Recanto do Vinhais, promovida pela comunidade.

O candidato Bira do Pindaré optou por realizar uma caminhada nos bairros Santo Antônio e Ilhinha; já Eduardo Braide participou de mais um Círio de Nazaré, no bairro do Cohatrac.

Sem direito a tempo de TV, o candidato Jeisael Marx e sua companheira de chapa, Janicelma Fernandes, tem visitado bairros e acompanhado de perto a realidade das pessoas. Por onde passa, Jeisael reforça que em seu governo o cidadão terá participação ativa.

PSB oficializa pré-candidatura de Bira a prefeito e define data para convenção em São Luís

Durante o evento, também foi definida a data da convenção partidária para 12 de setembro.

Em reunião com correligionários, membros do PSB confirmaram a pré-candidatura do deputado Bira do Pindaré a prefeito de São Luís. Na ocasião, também foi definida a data da convenção partidária para 12 de setembro.

Durante o encontro, os socialistas reafirmaram ainda o compromisso em continuar com uma  pré-campanha de base, conversando com as pessoas, com as comunidades e respeitando todos os protocolos sanitários por uma questão de responsabilidade com todos.

“A nossa reunião foi marcada pelo compromisso e a vontade de construir uma São Luís mais Humana, Bela e Justa. E definimos ainda a data da nossa convenção para o dia 12 de setembro, onde vamos confirmar nossas candidaturas e, marcamos para o dia 31 de agosto a divulgação do nosso plano de governo, que está sendo desenhado por muitas mãos através dos debates do Pense São Luís”, ressaltou Bira.

Pense São Luís
O Movimento ‘Pense São Luís’ foi criado para dialogar com a população ludovicense e especialistas sobre os desafios e soluções para a capital. O movimento tem realizado debates virtuais e presenciais, respeitando todos os protocolos, para discutir ideias e ações para possibilitar uma São Luís mais bela, mais humana, mais justa e com direitos garantidos a todos e todas.

Rubens, Bira ou próprio? PT começa a definir destino nas eleições de São Luís

Faltando apenas três meses para as eleições deste ano, o Partido dos Trabalhadores (PT) deve decidir seu destino, em relação às eleições majoritárias em São Luís, nas próximas horas ou daqui há poucos dias.

Em conversa com a titular do Blog, o deputado estadual Zé Inácio informou que haverá uma reunião com membros do Diretório Nacional para decidirem o futuro da sigla na capital maranhense.

Questionado sobre qual candidato apoiar, o parlamentar não descartou a possibilidade de o partido lançar uma candidatura própria, mas também acrescentou que está na mesa de negociação do Diretório a escolha entre as pré-candidaturas de Rubens Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB).

O certo é que a definição passará por um acordo nacional, envolvendo as legendas. Isso quer dizer que, conjunturalmente, está descartada a possibilidade de vir a se juntar com partidos como o DEM e o Republicanos, de Centro/Direita, que têm como pré-candidatos Neto Evangelista e Duarte Júnior.

É aguardar para ver.

Com 14 pré-candidatos, disputa em São Luís pode ter definido situação de 25 partidos

Se tudo permanecer como está, 25 partidos já teriam seus projetos definidos.

Mesmo com uma quantidade expressiva de pré-candidatos ao cargo de prefeito em São Luís, o cenário pode ter poucas mudanças ou nenhuma até o final do prazo para as convenções. Se tudo permanecer como está, 25 partidos já teriam seus projetos definidos.

Das 33 legendas existentes no país, cinco ainda não definiram qual o caminho trilhar na capital (MDB, PTB, PT, PCB, PSL) e três legendas não participarão do pleito para a majoritária (PCO, Novo e Unidade Popular). Dos 25 partidos que já caminham para a definição estão:

PCdoB, Cidadania, Progressistas, Democracia Cristã e PMB com o pré-candidato e deputado federal Rubens Júnior; Podemos, PSC, PMN e PSD com o pré-candidato e deputado federal Eduardo Braide; PL, Avante e Patriota com a pré-candidatura da deputada estadual Detinha; Republicanos e PTC com o pré-candidato e deputado estadual Duarte Júnior; DEM e PDT com a pré-candidatura do deputado estadual Neto Evangelista.

Com uma legenda cada estão as pré-candidaturas de Bira do Pindaré (PSB); Adriano Sarney (PV); Carlos Madeira (Solidariedade); Jeisael Marx (Rede Sustentabilidade); Wellington do Curso (PSDB); Dr. Yglésio (PROS); Sílvio Antônio (PRTB; Francklin Douglas (PSOL) e Saulo Arcangeli (PSTU).

As legendas seguem agora para definirem suas posições nas convenções. O prazo será aberto dia 31 de agosto e vai até dia 16 de setembro.

JPesquisa: Eduardo Braide segue liderando; Duarte Júnior diminui diferença entre Braide; Neto aparece em terceiro

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa ouviu 1 mil

A pesquisa realizada pelo instituto JPesquisa e publicada pelo Jornal Pequeno, neste domingo (26), mostra que o deputado federal Eduardo Braide (Podemos) segue liderando a corrida pela Prefeitura de São Luís com 40% das intenções de voto. Depois vem o deputado estadual Duarte Jr (Republicanos), com 15%, que cresceu de forma considerável em relação a outras pesquisas já publicadas. O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) aparece na terceira colocação, com 9%, seguido de Wellington do Curso (PSDB) com 7%.

Estão empatados com 4% o líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Adriano Sarney (PV) e os deputados Bira do Pindaré (PSB) e Rubens Júnior (PCdoB).

Empatados com 3% estão o juiz federal aposentado Carlos Madeira (Solidariedade) e o deputado estadual Yglésio Moises (PROS). O radialista Jeisael Marx (Rede Sustentabilidade) tem 2%.

Não pontuaram na pesquisa estimulada a deputada estadual Detinha (PL), o jornalista Franklin Douglas (PSOL) e o sindicalista Saulo Arcangeli (PSTU). Nenhum deles, 6% e não sabe/não respondeu, 3%.

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa ouviu 1 mil, foi realizada no período de 21 a 24 de julho e registrada no dia 19 de julho de 2020, pelo Sistema Pesqele, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo n° MA-02519/2020.

Sem PSOL, Bira do Pindaré segue apenas com PSB na disputa

Ao que tudo indica, Bira do Pindaré deve entrar na corrida pelo Palácio La Ravardiere apenas com o apoio do PSB

O deputado federal e pré-candidato a prefeito em São Luís, Bira do Pindaré (PSB), viu, nos últimos dias, o PSOL confirmar o nome do jornalista Franklin Douglas na disputa pela prefeitura da capital e pode entrar na corrida apenas com o PSB.

Bira vinha tentando nos últimos meses uma composição com o PSOL, mesmo com as várias conversas, a parceria entre as duas legendas não foi concretizada.

O socialista também articulou uma composição com o PT, mas vê a legenda inclinada a declarar apoio ao pré-candidato comunista, Rubens Júnior.

Ao que tudo indica, Bira do Pindaré deve entrar na corrida pelo Palácio La Ravardiere apenas com o apoio do PSB e sem contar com uma chapa competitiva de pré-candidatos a vereador, o que dificulta ainda mais um crescimento nas pesquisas de intenções de voto.

Indígenas pedem investimentos em segurança durante diligência realizada por Eliziane e parlamentares

Entre os encaminhamentos da audiência está a solicitação da cópia do inquérito sobre a morte do Guardião da Floresta, Paulo Paulino Guajajara

As lideranças indígenas presentes na audiência realizada sexta-feira (10), por comitiva de parlamentares em território Arariboia, pediram mais investimentos em equipamentos de segurança para ajudar na proteção das reservas. O pedido dos indígenas é decorrente a situação de conflito na região e aos recentes assassinatos de índios ocorridos na localidade.

O objetivo da diligência da comitiva de parlamentares foi verificar in loco a situação de conflitos na região, principalmente após os recentes assassinatos de índios. Entre as autoridades que integraram a comitiva está a senadora Eliziane Gama(Cidadania) e os deputados federais Bira do Pindaré (PSB), Jôenia Wapichana (REDE) e Nilto Tatto (PT).

Os parlamentares foram acompanhados pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA, o advogado Rafael Silva; presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Mari Silva Maia; comandante 34º BPM de Amarante (MA), Tenente Coronel Araújo e também pela representante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Andréa Barbosa.

Entre as lideranças indígenas presentes na audiência está o Cacique Zezé da Aldeia Juçaral, o atual coordenador Geral da Comissão dos Caciques e Lideranças da Terra Indígena Araribóia (CCOCALITIA-MA), Elias Sousa Guajajara, o representante dos Guardiões da Florestas, Silvio Guajajara que é da Coordenação das Organizações e Articulações dos Povos Indígenas do Maranhão (COAPIMA).

Entre os encaminhamentos da audiência está a solicitação da cópia do inquérito sobre a morte do Guardião da Floresta, Paulo Paulino Guajajara, também será feito um relatório sobre a diligência para subsidiar as ações na Câmara dos Deputados e Senado Federal.

Bira do Pindaré promove encontro entre PSB e PSOL

Outros partidos como o PCB e PSTU também serão chamados para dialogar.

O deputado federal e pré-candidato a prefeito em São Luís, Bira do Pindaré, promoveu um diálogo entre o PSB e PSOL, que visa uma aliança para as eleições na capital.

As duas legendas da esquerda conversaram sobre o cenário político e sobre a possibilidade de uma composição na chapa do socialista.

Vale lembrar que o PSOL já tem a tradição de lançar nomes para a disputa pela prefeitura. A possiblidade da composição na chapa de Bira será levada para a militância.

Uma declaração de apoio do PSOL para Bira fortacele o pré-candidato no campo mais a esquerda.

Outros partidos como o PCB e PSTU também serão chamados para dialogar.

Bira do Pindaré avança com projeto do PSB

O PSB inaugurou a nova sede e lançou o movimento ‘Pense São Luís’

O Partido Socialista Brasileiro inaugurou, na noite de sexta-feira (13), a sede estadual e municipal em São Luís. O evento foi marcado pelo lançamento do movimento ‘Pense São Luís’ e pela declaração do presidente da legenda, Carlos Siqueira, de que a pré-candidatura de Bira a prefeito da capital é prioridade para os socialistas. O evento contou com a presença de lideranças nacionais, estaduais e de todas as regiões da capital maranhense.

Com mais esses passos, Bira avança com o projeto do PSB na capital e pode ser um dos nomes na sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em 2020, se o seu nome passar pela convenção.

A sigla lançou o movimento o ‘Pense São Luís’, inspirado no movimento nacional do Partido Pense Brasil. Na capital, o movimento vem com o objetivo de dialogar com a população desafios e soluções para a capital maranhense.

Segundo Bira do Pindaré, é por meio desse movimento, que o PSB vai percorrer as comunidades da cidade, escutando as pessoas e organizações. Lideranças, movimentos, entidades, sindicatos, igrejas, organizações não governamentais e especialistas da cidade.