Bolsonaro sanciona Orçamento com fundo eleitoral de R$ 2 bilhões

Jair Bolsonaro sancionou fundo de R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais.

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020. O anúncio foi feito ontem (17), pouco antes das 23h, pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral de Governo, Jorge Oliveira, num post na rede social Twitter.

A expectativa é que a publicação saia no Diário Oficial da União de segunda-feira (20). O Orçamento, o primeiro elaborado durante a gestão de Bolsonaro, foi sancionado com o fundo de R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais.

Com previsão de receitas e despesas totais de R$ 3,687 trilhões para 2020, a LOA foi aprovada em 19 de dezembro pelo Congresso Nacional. O texto tinha até 30 dias para ser sancionado.

O Orçamento deste ano destina R$ 2.375,8 trilhões para o Orçamento Fiscal, R$ 1.189,7 trilhão para a Seguridade Social, e R$ 121,4 bilhões para os investimentos das estatais. Para a rolagem (renovação) da dívida pública, estão reservados R$ 917,1 bilhões.

A LOA projeta cotação média do dólar a R$ 4 e crescimento de 2,32% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país). A inflação oficial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), está prevista em 3,53% neste ano. A meta da taxa de juros básica, a Selic, é de 4,40%. A meta fiscal para o déficit primário do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) ficou em R$ 124,1 bilhões, ante R$ 139 bilhões em 2019.

Este será o quarto exercício financeiro consecutivo de cumprimento da emenda constitucional do teto dos gastos, que limita o crescimento das despesas públicas pelos próximos 20 anos. Em 2020, as despesas primárias não poderão ultrapassar R$ 1.454.470,30.

Para este ano, o Orçamento estima déficit da Previdência em R$ 326,1 bilhões, o equivalente a 4,3% do PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas no país). Desse total, R$ 241,2 bilhões correspondem ao déficit da Previdência Social, que engloba os trabalhadores da iniciativa privada e das estatais; R$ 43 bilhões do regime dos militares e R$ 41,8 bilhões do regime próprio dos servidores públicos federais civis.

Governo alerta população para combate ao mosquito Aedes no período chuvoso

Em 2020, já foram notificados 18 casos suspeitos de dengue, dois de Chikungunya e nenhum caso de zika

O período chuvoso chegou e a população precisa estar atenta para combater a proliferação do Aedes aegypti. Com o volume das chuvas e calor do verão, o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika encontra um ambiente promissor para depositar seus ovos, alerta a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Em 2020, já foram notificados 18 casos suspeitos de dengue, dois de Chikungunya e nenhum caso de zika.

Segundo o último Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) e Levantamento de índice Amostral (LIA) realizado no último trimestre de 2019, as maiores infestações estão em depósitos ao nível do solo para armazenamento doméstico: tonel, tambor, barril, tina, depósitos de barros (filtros, moringas, potes); depósitos em obras e horticultura. A porcentagem de infestação nesses recipientes no estado é de 42,4%.

O Governo Federal destina recursos, lança as campanhas e analisa o cenário como todo. Ao Estado cabe realizar o acompanhamento do controle vetorial, dispensação de insumos para o enfrentamento das arboviroses e nebulização espacial, além de capacitações periódicas das equipes municipais. Já é quem executa a ação, indo de casa em casa com os agentes de endemias. À população cabe evitar que surjam ambientes favoráveis para que o mosquito deposite os ovos.

A SES iniciou a mobilização dos 217 municípios maranhenses para a realização do primeiro Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) e Levantamento de índice Amostral (LIA) do ano, as informações vão subsidiar as ações de prevenção e combate ao inseto.

SAIBA COMO COMBATER O MOSQUITO AEDES 

-Evite o acúmulo de água – O mosquito coloca seus ovos em água limpa, mas não necessariamente potável. Por isso, é importante jogar fora pneus velhos, virar garrafas com a boca para baixo;

-Coloque areia nos vasos de plantas – O uso de pratos nos vasos de plantas pode gerar acúmulo de água. Há três alternativas: eliminar o prato, lavá-lo regularmente ou colocar areia. A areia conserva a umidade;

-Coloque desinfetante nos ralos- Ralos pequenos de cozinhas e banheiros raramente tornam-se foco de dengue devido ao constante uso de produtos químicos, como xampu, sabão e água sanitária;

-Limpe as calhas – Desobstrua calhas e cubra a caixa d´água. Tais medidas não exigem uma reforma na sua casa.

-Seja consciente com o lixo – Não despeje lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos. Em casa, deixe as latas de lixo sempre bem tampadas.

Campanha estimula sociedade a combater o abuso sexual contra crianças

A campanha que é desenvolvida em 8 países da América do Sul, no Maranhão já iniciou suas ações na comunidade do Coqueiro, na Estiva

Cerca de 300 milhões de crianças em todo o mundo vivem em constante situação de violência, seja física, sexual ou moral, segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em 2017.

Em busca de acender um amplo debate e propor métodos para evitar o crescimento da violência sexual infantil, neste ano a campanha Quebrando o Silêncio direciona sua atenção para o tema em busca de evitar que mais crianças e adolescentes integrem estatísticas mundiais.

A campanha que é desenvolvida em 8 países da América do Sul, no Maranhão já iniciou suas ações na comunidade do Coqueiro, na Estiva.

Em campanha, Rodrigo Maia almoça com deputados maranhenses em São Luís

Rodrigo Maia já conta com o apoio do PSL, PRB, PSD, PPS, além do próprio DEM, o que garantiria o apoio de 153 dos 513 deputados

O deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), está em campanha pelos estados nesta semana para angariar mais apoio à sua recondução. Nesta segunda-feira (07), Maia se reuniu com os deputados maranhenses em um restaurante da Avenida Litorânea, em São Luís.

O deputado já conta com o apoio do PSL, PRB, PSD, PPS, além do próprio DEM, o que garantiria o apoio de 153 dos 513 deputados.

Em São Luís, o almoço de Rodrigo Maia contou com a presença dos deputados federais Rubens Pereira Júnior (PCdoB); Juscelino Filho (DEM); Cléber Verde (PRB), e do senador eleito, Weverton Rocha (PDT). Também participaram os deputados federais eleitos Márcio Jerry (PCdoB); Bira do Pindaré (PSB); Eduardo Braide (PMN); Júnior Marreca Filho (Patriota); Edilázio Júnior (PSD) e Pedro Lucas Fernandes (PTB).

No sábado, Rodrigo Maia esteve em Goiânia, com o governador do Estado, Ronaldo Caiado (DEM-GO) e fará nos próximos dias, mais viagens para outros estados.

Campanha mostra Roseana Sarney áspera

Muitos consideraram que Roseana tem mostrado um pouco de “desespero” com a iminente derrota

Tem chamado muita atenção a campanha televisiva da candidata ao governo, Roseana Sarney (MDB). A ex-governadora tem aparecido gesticulando e falando de uma forma excessiva, falando sem compasso e de uma forma eufórica, muito diferente da política de outros tempos para fazer a linha Oposição.

Muitos consideraram que Roseana tem mostrado um pouco de “desespero” com a iminente derrota.

As tentativas desesperadas de buscar diminuir a diferença do líder das pesquisas, o governador Flávio Dino (PCdoB), pode também ser notado com a tentativa de Roseana de usar a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mesmo Lula tendo declarado oficialmente seu apoio ao governador Flávio Dino.

Outro detalhe observado, mostra que o sobrenome de Roseana trás tanta rejeição, que a candidata também preferiu esconder seu pai da propaganda, o ex-presidente José Sarney.

As várias tentativas desperadas de voltar ao domínio do Governo do Maranhão, podem ser reflexos no tom da campanha.

Juiz eleitoral pede imagens de doadores de Luciano Leitoa…

 

As suspeitas em relação à campanha de Leitoa surgiram a partir de dados da prestação de contas de campanha apresentados

O juiz eleitoral de Timon, Rogério Monteles da Costa, requereu,  em despacho publicado nesta quinta-feira (2),  todas as imagens dos sistemas de câmeras das agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal de Timon, geradas no período de 19 de agosto e 02 de setembro de 2016. A solicitação visa apurar denúncias de doações irregulares feitas durante a campanha eleitoral de 2016, em benefício do atual prefeito do município, Luciano Leitoa (PSB).

As suspeitas em relação à campanha de Leitoa surgiram a partir de dados da prestação de contas de campanha apresentados. No item Receitas da Representação, o documento informa que as doações foram feitas em apenas quatro datas, durante o período de greve dos bancos. Mesmo com as agências fechadas, 58 pessoas conseguiram ter acesso para fazer a doação em espécie.

Além disso, haveriam quatro doações de beneficiários do Programa Bolsa Família; doadores sem CPF; doações de pessoas sem capacidade financeira; presença de cheques sem fundos; gastos eleitorais antes da abertura da conta de campanha; quase 1.000 omissões eleitorais, entre outras irregularidades.

A decisão do juiz eleitoral atendeu à representação feita pelos advogados do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), que requerem a condenação dos representados por captação e utilização ilícita de recursos (artigo 30-A da Lei das Eleições), com a consequente cassação dos diplomas e demais efeitos legais.

Cabo Campos declara apoio a Edivaldo no segundo turno

 

Cabo Campos declarou apoio a Edivaldo

Cabo Campos declarou apoio a Edivaldo

O deputado estadual Cabo Campos (DEM) declarou, na manhã desta quarta-feira (12), apoio à reeleição do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL). De acordo com o parlamentar, neste segundo turno, o pedetista é o melhor candidato para governar a capital do Maranhão.

Segundo Campos, durante os quase quatro anos que esteve à frente da administração municipal, Edivaldo soube superar as dificuldades dos dois primeiros anos e depois a crise econômica que se abateu em todo o país, que afetou principalmente as finanças municipais.

“Caminharei com Edivaldo neste segundo turno, porque temos que continuar com que está dando certo. Ele tem feito uma boa administração e agora está preparado, mais experiente, para o segundo mandato”, destacou o deputado estadual Cabo Campos.

O deputado Cabo Campos foi candidato a vice prefeito na chapa Eliziane Gama nas eleições de 2012 e um dos principais articuladores da campanha da deputada no primeiro turno, em 2016.

Biné Figueiredo mostra força política em Codó

bine-figueiredo

O candidato a prefeito de Codó pelo PSDB, Biné Figueiredo, vem intensificando a campanha  do corpo a corpo com o eleitor nos bairros do município e atraindo muita gente para as mobilizações. O crescimento da candidatura tucana diante dos adversários é incontestável. A prova disso pôde ser vista  durante a 5ª Grande Caminhada 45 no bairro Santo Antônio.

Biné Figueiredo, que já foi prefeito de Codó, está cotadíssimo para vencer as eleições com o notório crescimento de sua candidatura e do volume de campanha. As próximas pesquisas, que estão sendo registradas, devem confirmar a boa fase política do ex-prefeito.

O tucano tem como principais adversários Francisco Nagib (PDT), apoiado pelo atual prefeito  Zito Rolim e, portanto, herdeiro político de sua rejeição; e Pedro Belo (PCdoB). Os demais candidatos Chiquinho Saae e Professor Rafael são os lanterninhas da disputa.

Com experiência política e administrativa, Biné Figueiredo vem mostrando muita força política em Codó. Há poucos dias das eleições, ele confirma o favoritismo.

Leonardo Sá mostra força na maior manifestação de toda a campanha em Pinheiro

Leonardo Sá e Ana Paula intensificam campanha em Pinheiro

Leonardo Sá e Ana Paula intensificam campanha em Pinheiro

leonardo2009

Um verdadeiro mar vermelho tomou conta das ruas de Pinheiro, no final da tarde da última sexta-feira (17). O candidato a prefeito Dr. Leonardo (PCdoB) e sua vice Ana Paula Lobato (PT) protagonizaram cenas de uma grande festa cívica jamais vista na cidade. Os deputados estaduais Othelino Neto (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB) marcaram presença e levaram mensagem do governador Flávio Dino (PCdoB) aos pinheirenses.

A comitiva formada por mais de 10 mil pessoas saiu da Praça São José em direção ao monumento Obelisco, em uma extensão de quase 8 km da principal via da cidade, a Rua Grande. Os entusiastas da candidatura de Sá se manifestaram de todas as formas: de carro, em motos, a pé e nas calçadas. Quem também fez questão de acompanhar a comitiva foi o ex-prefeito Zé Arlindo que já tinha manifestado seu apoio incondicional à candidatura do 65, juntamente com o ex-prefeito Dr. Pedro Lobato.

Durante o seu discurso, o Dr Leonardo avaliou a atual situação de Pinheiro e levou uma mensagem de esperança aos moradores. “Hoje sabemos das condições precárias em que se encontra o município de Pinheiro. Não podemos mais aceitar isso. Me coloco à disposição dos pinheirenses para reconstruir a cidade. Vamos fazer uma cidade melhor, uma cidade de todos, uma terra de oportunidades”, destacou.

O deputado Othelino Neto lembrou que o município pertence a todos os pinheirenses. “O município de Pinheiro não pertence a uma ou outra família. O município de Pinheiro pertence aos mais de 80 mil pinheirenses”, declarou o parlamentar.

O deputado Bira do Pindaré lembrou que o governador Flávio Dino enfrentou situação parecida na campanha para o governo do estado. “Quando o governador começou a  fazer campanha ele teve que derrotar uma oligarquia que tava no poder há 50 anos. Aqui em Pinheiro Leonardo Sá é o único que tem condições de libertar Pinheiro dessa continuação da oligarquia também”, enfatizou.