Partido de Carlos Brandão e Cléber Verde diz que vai convidar Bolsonaro para ingressar na legenda

No Maranhão, o Republicanos é presidido pelo deputado federal Cléber Verde e tem entre seus filiados, o vice-governador Carlos Brandão

Depois dos atritos das últimas semanas com o PSL e com o presidente nacional da sigla, o presidente Jair Bolsonaro agora busca um novo porto seguro para si e seus aliados. O Republicanos (ex-PRB), partido ligado à Igreja Universal, pode ser uma das opções e já afirmou que deve convidar o presidente para migrar para a legenda.

Questionado pela coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o deputado Marcos Pereira, presidente do partido, diz: “Estão recomendando isso, que a gente traga ele”.

No entanto, para que os deputados do PSL aliados a Bolsonaro migrassem também para a sigla, seria necessário que o Republicanos se fundisse a outro partido. A outra hipótese é os parlamentares do PSL conseguirem autorização da Justiça Eleitoral para deixar o partido sem perder o mandato. Eles podem alegar, entre outras coisas, perseguição da legenda.

No Maranhão, o Republicanos é presidido pelo deputado federal Cléber Verde e tem entre seus filiados, o vice-governador Carlos Brandão.

TSE decide que candidaturas laranjas levam à cassação de toda a chapa

O entendimento do tribunal foi feito no julgamento do caso de cinco candidatas à Câmara de Vereadores de Valença do Piauí e pode refletir em decisões sobre políticos maranhenses

Em um julgamento de placar apertado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de terça-feira (17), que a presença de candidatas laranjas devem levar à cassação de toda a chapa. O entendimento do tribunal foi feito no julgamento do caso de cinco candidatas à Câmara de Vereadores de Valença do Piauí, que tiveram votação inexpressiva, não praticaram atos de campanha nem tiveram gastos declarados em suas prestações de contas.

A Lei das Eleições obriga a presença de ao menos 30% candidaturas de mulheres, mas partidos tentam burlar as obrigações com “candidatas laranjas”, ou seja, fictícias, apenas para alegar oficialmente que cumpriram a cota.

O entendimento firmado pelo TSE na noite desta terça deve seguir de referência para a análise de casos semelhantes, como a investigação sobre candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais e em Pernambuco. A decisão do TSE cassou o mandato de seis dos 11 vereadores da Câmara de Valença do Piauí.

Para o Ministério Público Eleitoral, as “candidaturas fictícias” relegam às mulheres “papel figurativo na disputa político-eleitoral” e refletem a “estrutura patriarcal que ainda rege as relações de gênero na sociedade brasileira”. Uma das candidatas de Valença não obteve nenhum voto, outra obteve um e uma terceira sequer compareceu às urnas para votar.

Em seu voto, o vice-presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou que a cota feminina não produziu, até hoje, verdadeiro impacto na representação feminina no Congresso Nacional – atualmente, apenas 15% dos parlamentares são mulheres índice abaixo tanto da média das Américas (de 30,6%) quanto da média mundial (de 24,3%).

“Como se sabe, nenhum candidato pode pretender concorrer às eleições e ter seu Requerimento de Registro de Candidatura (RRC) deferido sem que o partido ou coligação pelo qual concorre preencha determinados requisitos, a exemplo da constituição de órgão partidário válido, da realização de convenções e do atendimento ao percentual mínimo de 30% de candidaturas por gênero. Portanto, a consequência da fraude à cota de gênero deve ser a cassação de todos os candidatos vinculados ao DRAP, independentemente de prova da sua participação, ciência ou anuência. Isso porque a sanção de cassação do diploma ou do registro prevista no art. 22, XIV, da LC 64/1990 aplica-se independentemente de participação ou anuência do candidato”, concluiu Barroso.

Grupo Gonçalo com o pé no Republicanos

Após anunciar a saída do Avante, o grupo Gonçalo foi convidado para se filiar ao Republicanos.

O grupo Gonçalo, liderado pelo prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, esteve reunido com o vice-governador, Carlos Brandão, e o deputado federal, Cleber Verde, ambos do Republicanos, ex-PRB.

Estiveram presentes a prefeita de Bacabeira, Fernanda Gonçalo; o deputado estadual Ariston e o suplente de deputado federal, Dr Elizabeth Gonçalo. Ocasião que também representaram a prefeita de Pastos Bons, Iriane Gonçalo.

Eles discutiram o cenário político maranhense e, na oportunidade, também foi anunciado que o suplente de deputado federal, Dr. Elizabeth Gonçalo, vai assumir o mandato nos próximos meses, com a saída de Cleber Verde.

Após anunciar a saída do Avante, o grupo foi convidado para se filiar ao Republicanos.

Deputados maranhenses vão compor comissão especial da reforma da Previdência

A comissão especial analisará o mérito da proposta, podendo modificar a proposta do Executivo

Foi instalada nesta quinta-feira (25) a comissão especial que analisará a reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro (PEC 6/19). Em reunião na residência oficial do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, líderes partidários indicaram como presidente do colegiado o deputado Marcelo Ramos (PR-AM). Eleito por 40 votos, ele designou como relator o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

A comissão especial analisará o mérito da proposta, podendo modificar a proposta do Executivo, e terá 49 titulares, dos quais já foram indicados 46, e igual número de suplentes – 43 nomeados até agora. A aprovação da reforma exigirá pelo menos 25 votos favoráveis. Dos indicados até o momento para a comissão especial, pelo menos dois são maranhenses. O deputado federal Cléber Verde foi indicado pelo PRB e o deputado federal João Marcelo pelo MDB.

Veja quem são os deputados maranhenses mais influentes nas redes sociais

A pesquisa monitorou todos os parlamentares brasileiros entre fevereiro e março

A nova edição do FSBinfluênciaCongresso, divulgado pelo Instituto FSB Pesquisa, mostrou quem são os parlamentares maranhenses mais influentes nas redes sociais. A pesquisa monitorou todos os parlamentares brasileiros entre fevereiro e março.

O deputado federal Bira do Pindaré (PSB) é o melhor colocado entre os maranhenses e aparece na 83º colocação. Em seguida, aparece Juscelino Filho (DEM), no 122º lugar, e Márcio Jerry (PCdoB), na 131ª colocação.

Os menos influentes nas redes sociais são: Pedro Lucas Fernandes, no 473º lugar; Marreca Filho (Patri), na 502ª colocação; Cléber Verde (PRB), no 503º lugar, e o menos influente é Júnior Lourenço (PR), na 509º colocação.

Veja o ranking completo: Bira do Pindaré – 83°; Juscelino Filho – 122°; Márcio Jerry – 131°; Zé Carlos – 189°; Gil Cutrim – 215°; Josimar Maranhãozinho – 216°; Hildo Rocha – 294°; Eduardo Braide – 333°; Aluísio Mendes – 338°; Pastor Gildenemyr – 357°; Gastão Vieira – 456°; André Fufuca – 412°; João Marcelo – 446°; Edilázio – 453°; Pedro Lucas – 473°; Marreca Filho – 502°; Cléber Verde – 503° e Junior Lourenço – 509°.

PRB de Cléber Verde e Marisa Rosas entra na mira do Ministério Público Eleitoral

Estadão

O Ministério Público Eleitoral do Maranhão, por meio do procurador regional Eleitoral substituto, Juraci Guimarães Júnior, determinou a instauração de procedimento extrajudicial e inquérito policial para apurar eventuais irregularidades na prestação de contas da candidata a deputada estadual Marina Regina Duarte Teixeira, a Marisa Rosas, do PRB.

A candidata, sua contadora e representantes de empresas contratadas com a verba de campanha, doada pelo Partido Republicano Brasileiro, serão ouvidos.

Por meio de dados do Sistema de Divulgação de Candidaturas (DivulgaCand), da Justiça Eleitoral, a Procuradoria já verificou que, dos onze candidatos a deputado estadual e dois candidatos a deputado federal pelo PRB no Maranhão, Marisa Rosas foi a segunda maior beneficiária de doações da Direção Nacional do partido, apesar de nunca ter sido candidata e, desde setembro de 2016, receber auxílio financeiro do Programa Bolsa Família.

De acordo com o DivulgaCand, Marisa Rosas recebeu doação no montante de R$ 585 mil da Direção Nacional do partido, dos quais 39,31% do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) e 60,68% do Fundo Partidário (FC).

Rosas teve apenas 161 votos nas eleições de 2018.

No sistema da Justiça Eleitoral consta que os recursos teriam sido utilizados para pagamentos de publicidade por materiais impressos, combustíveis e locação de veículos.

Para Juraci Guimarães Jr., ’a condição econômica da candidata, aliada à sua inexperiência política, não torna crível que ela tenha sido agraciada pelo partido como a segunda maior beneficiária e tenha tido tão inexpressiva votação’.

A instauração de procedimento pelo Ministério Público e a determinação de abertura de inquérito policial têm objetivo de ‘apurar eventual prática de desvio de dinheiro público das eleições’, informou a Assessoria de Comunicação da Procuradoria.

A Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão determinou a instauração de notícia de fato eleitoral e inquérito policial ‘a fim de apurar eventual prática de crimes e irregularidades na prestação de contas da candidata a deputada estadual Marisa Rosas’.

Além da candidata, a Procuradoria vai ouvir a contadora Tatiana Gomes Melo, e os representantes legais das empresas L Ferreira Paz de Sousa, K de Sousa Pinto, HSC Pereira, Gráfica Santa Clara e LAS de Lemos.

A reportagem entrou em contato com Marisa Rosas, com o PRB e com as empresas L Ferreira Paz de Sousa, K de Sousa Pinto, HSC Pereira, Gráfica Santa Clara e LAS de Lemos, mas não obteve retorno. O espaço está aberto para manifestação.

Após suspeitas de candidatura “laranja”, Cléber Verde e Marisa Rosas silenciam

Após a matéria veiculada no Jornal Nacional e todas a repercussão, tanto Cléber Verde, quanto Marisa Rosas sumiram das redes sociais

O Jornal Nacional mostrou que no Maranhão uma possível candidatura “laranja” ainda pode render mais debates sobre o tema em nível nacional. Após notícias envolvendo o ministro Gustavo Bebianno e o PSL, o programa mostrou que a candidata maranhense Marisa Rosas (PRB) pode também ter servido como laranja para o partido. No Maranhão, o PRB é presidido pelo deputado federal Cléber Verde.

Com apenas 162 votos computados nas urnas, a candidata a deputada estadual gastou na sua campanha R$ 584.899,80. Segundo informações da Justiça Eleitoral, o presidente do partido, Cléber Verde gastou R$ 10,34 por cada voto e teve 101.806 votos com um gasto de R$ 1.053.500. A gráfica contratada por Marisa é de um filiado do PRB.

O deputado federal diz que não houve irregularidade e que o fato faz parte da imprevisibilidade de uma campanha ser ou não vitoriosa. Na próxima eleição, na condição de presidente partidário, pode ensinar como gastar menos e se eleger, a exemplo de sua campanha.

Após a matéria veiculada no Jornal Nacional e todas a repercussão, tanto Cléber Verde, quanto Marisa Rosas sumiram das redes sociais. Ela é uma figura conhecida das festas da região metropolitana, vende bombons e rosas, mas após as notícias envolvendo seu nome, a vendedora não foi vista mais trabalhando.

Em campanha, Rodrigo Maia almoça com deputados maranhenses em São Luís

Rodrigo Maia já conta com o apoio do PSL, PRB, PSD, PPS, além do próprio DEM, o que garantiria o apoio de 153 dos 513 deputados

O deputado federal e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), está em campanha pelos estados nesta semana para angariar mais apoio à sua recondução. Nesta segunda-feira (07), Maia se reuniu com os deputados maranhenses em um restaurante da Avenida Litorânea, em São Luís.

O deputado já conta com o apoio do PSL, PRB, PSD, PPS, além do próprio DEM, o que garantiria o apoio de 153 dos 513 deputados.

Em São Luís, o almoço de Rodrigo Maia contou com a presença dos deputados federais Rubens Pereira Júnior (PCdoB); Juscelino Filho (DEM); Cléber Verde (PRB), e do senador eleito, Weverton Rocha (PDT). Também participaram os deputados federais eleitos Márcio Jerry (PCdoB); Bira do Pindaré (PSB); Eduardo Braide (PMN); Júnior Marreca Filho (Patriota); Edilázio Júnior (PSD) e Pedro Lucas Fernandes (PTB).

No sábado, Rodrigo Maia esteve em Goiânia, com o governador do Estado, Ronaldo Caiado (DEM-GO) e fará nos próximos dias, mais viagens para outros estados.

Othelino reúne-se com lideranças políticas e destaca ação parlamentar em Paulino Neves

O parlamentar enfatizou as ações expressivas que tem levado a Paulino Neves, as quais têm contribuído para o desenvolvimento da cidade

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou, no domingo (30), de uma reunião em Paulino Neves, oportunidade em que destacou benefícios que levou para o município, por meio de emendas parlamentares. Os recursos foram utilizados, por exemplo, na construção de estradas vicinais e para a pavimentação de ruas.

Othelino Neto também tem dado apoio a obras de infraestrutura realizadas pelo Governo do Estado, como a Ponte do Rio Novo, que liga os dois lados do município. O investimento é importante para Paulino Neves, para a região dos Lençóis Maranhenses, Delta do Parnaíba e para a Rota das Emoções.

A reunião, realizada no bairro Mangueirão, contou com a presença dos deputados federais Cléber Verde, Weverton Rocha e Eliziane Gama; do ex-prefeito Raimundo Lídio, atual presidente do Iterma (Instituto de Colonização e Terras do Maranhão), de vereadores e de lideranças políticas.

Othelino Neto também tem dado apoio a obras de infraestrutura realizadas pelo Governo do Estado, como a Ponte do Rio Novo, que liga os dois lados do município

O ex-prefeito Raimundo Lídio enfatizou que o deputado sempre teve o apreço dos moradores de Paulino Neves. “Hoje é um reencontro com a população, com os nossos representantes. Othelino Neto é uma pessoa muito familiar na nossa cidade. Essa é a quarta eleição que estamos trabalhando juntos. Ele sempre liderou os resultados eleitorais aqui, sendo sempre o mais votado”.

Além de destacar as emendas do deputado Othelino Neto destinadas às estradas vicinais e pavimentação de vias urbanas, Raimundo Lídio lembrou do apoio a inúmeras obras de infraestrutura realizadas pelo governador Flávio Dino, como a ponte que hoje liga os dois lados da cidade. “Essa ponte era um grande desafio e nós conseguimos, com a decisão do governador em fazer, mas com o apoio inquestionável do deputado durante todo esse período de luta”, disse.

Apoio importante

O parlamentar enfatizou as ações expressivas que tem levado a Paulino Neves, as quais têm contribuído para o desenvolvimento da cidade. “Paulino Neves tem uma história de muitos anos de parceria comigo. Eu sempre ajudo o município com ações parlamentares expressivas e tenho o carinho da população que, graças a Deus, acredita no meu trabalho. Para cá, destinei emendas a obras importantes”, frisou o deputado.

A reunião, realizada no bairro Mangueirão, contou com a presença dos deputados federais Cléber Verde, Weverton Rocha e Eliziane Gama

Othelino Neto ressaltou a relação permanente com a cidade que se reforça cada vez mais. “Aqui, já temos uma relação permanente que está sempre se reforçando. É um prazer estar aqui, acompanhando o deputado federal Cléber Verde, que é pré-candidato à reeleição, assim como os pré-candidatos ao Senado, deputados Weverton Rocha e Eliziane Gama. Sob a liderança de Raimundo Lídio, continuaremos trabalhando pela cidade, reforçando esse trabalho e os laços de amizade com o povo”.