Ex-presidente da Assembleia Legislativa Celso Coutinho é homenageado e condecorado

A honraria foi proposta pelo chefe do Legislativo maranhense, deputado Othelino Neto (PCdoB), e pelo deputado Edivaldo Holanda (PTC)

O ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), Celso Coutinho, foi homenageado, nesta segunda-feira (2), pelo Parlamento Estadual com a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman. A honraria foi proposta pelo chefe do Legislativo maranhense, deputado Othelino Neto (PCdoB), e pelo deputado Edivaldo Holanda (PTC). A sessão solene, que marcou a entrega da condecoração, foi prestigiada por familiares, amigos, parlamentares e autoridades.

A solenidade foi presidida por Othelino, que, na ocasião, destacou que Celso Coutinho, além de ter sido deputado e ex-presidente do Parlamento Estadual, foi também prefeito do município de Guimarães e tem uma longa trajetória de serviços prestados ao estado. O presidente da Alema afirmou ainda que a entrega da Medalha Manuel Beckman ao ex-parlamentar é uma referência a sua história de dedicação ao Maranhão.

“Essa é, certamente, uma das homenagens mais merecidas entre as já propostas por esta Casa, não só pelo fato de Celso Coutinho ter sido deputado estadual e presidido, com muita competência, o Poder Legislativo, mas pela sua trajetória de dedicação a este estado. É um maranhense que nos enche de orgulho, porque sempre por onde passou deixou uma bela marca de trabalho, seriedade e dedicação”, ressaltou.

Celso Coutinho agradeceu a homenagem do Assembleia Legislativa e pontuou que a política deve ser divulgada, por ser uma instituição que cria o bem-estar social. “Fui militante estudantil, presidente da União Maranhense de Estudantes, a UME; e presidente de diretório acadêmico, então, aprendi muito por onde passei e cheguei até aqui. Essa honraria que recebo é muito significativa para mim. Estou profundamente feliz, alegre e honrado com essa homenagem”, declarou.

Os deputados Wellington do Curso (PSDB), Mical Damasceno (PTB), Felipe dos Pneus (PRTB), Zito Rolim (PDT) e Helena Duailibe (Solidariedade) também prestigiaram a solenidade. Eles destacaram a trajetória política de Celso Coutinho e a sua contribuição para o Maranhão. “A Assembleia faz uma justa homenagem a esse grande parlamentar, que honrou esta Casa. É um homem a quem tenho apreço, carinho e admiração”, afirmou o deputado Wellington.

Júnior Verde assume PTC no Maranhão

Júnior Verde assumiu o comando do PTC, após passar vários anos na militância do Partido Republicano Brasileiro (PRB), hoje Republicanos.

O ex-deputado estadual Júnior Verde é o novo presidente do Partido Trabalhista Cristão (PTC), no Maranhão.

Júnior Verde assumiu o comando do PTC, após passar vários anos na militância do Partido Republicano Brasileiro (PRB), hoje Republicanos.

O PTC passou anos sob o comando do deputado estadual Edivaldo Holanda, pai do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. Após o partido não passar pela Cláusula de Barreira, Edivaldo pai anunciou sua saída da legenda.

Mesmo sem receber recursos do Fundo Partidário e sem tempo na TV e Rádio, Júnior Verde vai preparar a legenda para lançar o máximo possível de candidatos a vereadores e prefeitos.

Lei de Edivaldo Holanda que combate o desperdício de alimentos é sancionada

O parlamentar destacou a divulgação de políticas públicas e medidas que orientem o povo sobre o desperdício de alimentos

O governador Flávio Dino (PCdoB) sancionou a Lei 11.048, de 1º de julho de 2019, que institui, no âmbito do Estado, a Semana Estadual de Conscientização sobre o Desperdício de Alimentos, a ser realizada, anualmente, na segunda semana do mês de outubro. A lei é derivada de um projeto de autoria do deputado Edivaldo Holanda (PTC) e busca promover a conscientização da população a respeito do desperdício, aproveitamento integral dos alimentos e nutrição, dentre outros temas relacionados.

Na elaboração da lei, o parlamentar destacou a divulgação de políticas públicas e medidas que orientem o povo sobre o desperdício de alimentos, além da promoção de debates, palestras e outros eventos que venham a esclarecer os maranhenses sobre a temática.

Em seu artigo 2º, a Lei destaca que o Poder Executivo poderá firmar convênios e parcerias com entidades e instituições, sem fins lucrativos, sempre com o objetivo de debater o desperdício e aproveitamento integral de alimentos e nutrição. Sob a ótica do deputado, a Lei tem elevado alcance social e destaca sua importância em função de se buscar alternativas com vistas a evitar o grande desperdício de comida.

Afirma o parlamentar que há uma crise social e econômica gigantesca no Brasil, onde são grandes os focos do desemprego, o que leva à fome, enquanto em outras áreas, incluindo o Maranhão, verifica-se um grande descarte de alimentos, exatamente pela falta de esclarecimentos. Para ele, a execução da referida lei vai ajudar muito na manutenção de um equilíbrio que evite o desperdício ao qual a lei se refere.

Edivaldo Holanda de volta ao legislativo estadual

Pai do atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), Edivaldo já foi vereador da Câmara Municipal da capital e deputado federal

O primeiro suplente de deputado estadual, Edivaldo Holanda (PTC), está de volta à Assembleia Legislativa do Maranhão. Com o retorno do deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), para a Casa Civil do Governo do Maranhão, Edivaldo volta a assumir uma das 42 vagas na Alema.

Pai do atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), Edivaldo já foi vereador da Câmara Municipal da capital e deputado federal.

Foi eleito deputado estadual nas eleições de 2006 pelo PTC, e reeleito nas eleições de 2010 e 2014.

Flávio Dino confirma retorno de Marcelo Tavares à Casa Civil

O retorno de Marcelo Tavares é o início da reforma prometida pelo governador Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou, na tarde desta terça-feira (5), o retorno do deputado estadual Marcelo Tavares (PSB), para a Casa Civil do Governo do Estado.

“A partir de quinta-feira, o deputado Marcelo Tavares retornará à Chefia da Casa Civil, cargo que exercerá no nosso segundo mandato no Governo do Maranhão”, escreveu Flávio.

O retorno de Marcelo Tavares é o início da reforma prometida pelo governador Flávio Dino com o intuito de contemplar partidos e deputados que ficaram na suplência.

Quem assume a vaga de Marcelo Tavares é o primeiro suplente de deputado estadual, Edivaldo Holanda (PTC).

Ariston Ribeiro e Edivaldo Holanda assumirão mandatos na Assembleia Legislativa

Ao ser questionado sobre as mudanças que serão promovidas nas secretarias e se alguns deputados poderão ser chamados, Flávio Dino afirmou que alguns serão chamados e deu a garantia que a região do Munim terá um deputado

Com a reforma administrativa prometida para o dia 15 de fevereiro, alguns dos deputados eleitos podem ser chamados para assumir secretarias no governo. E já é dado como certo que dois deputados do chapão sejam chamados. Foi a pista que o governador Flávio Dino (PCdoB) deu em sua passagem por Bacabeira na semana passada.

Ao ser questionado sobre as mudanças que serão promovidas nas secretarias e se alguns deputados poderão ser chamados, Flávio Dino afirmou que alguns serão chamados e deu a garantia que a região do Munim terá um deputado.

O governador estava falando de Ariston Ribeiro (Avante), vice-prefeito de Santa Rita, segundo suplente de deputado estadual e irmão de criação de Hilton Gonçalo, presidente do Avante no Maranhão.

Com a indicação de Ariston para assumir uma vaga na Assembleia Legislativa, é certo que Edivaldo Holanda (PTC) – primeiro suplente – também assumirá uma das vagas na Alema.

O questionamento que fica agora é, qual será os dois deputados que serão chamados para assumir secretarias no governo…

Prefeito agradece reeleição em caminhada na Rua Grande…

Edivaldo Holanda Júnior faz grande caminhada na Rua Grande em agradecimento à reeleição

Edivaldo Holanda Júnior faz grande caminhada na Rua Grande em agradecimento à reeleição

Em agradecimento aos 285.242 de votos dos ludovicenses que lhe garantiram mais um mandato à frente da Prefeitura de São Luís, o prefeito reeleito Edivaldo Holanda Júnior realizou na tarde desta quinta-feira (3) uma grande caminhada na Rua Grande, um dos maiores centros comerciais da cidade. A caminhada da Rua Grande é a primeira de várias que devem ser realizadas em vários bairros da cidade, com o objetivo de cumprimentar e agradecer à população.

Durante o percurso pela Rua Grande, Edivaldo cumprimentou transeuntes e comerciantes que foram para as portas das lojas para cumprimentar o prefeito reeleito. Ele agradeceu o apoio e reafirmou o compromisso assumido com a população.

Quem acompanhou a passagem da caminhada pela Rua Grande elogiou a iniciativa – caso da gerente de loja, Edivânia Rocha. “A gente percebe que o prefeito está mais presente do que nunca. Mesmo depois da vitória, continuou com o seu trabalho e está agora nos agradecendo, vindo até nós pessoalmente. É a confirmação de que meu voto foi válido de verdade”, disse.

O evento contou com as presenças do vice-prefeito Júlio Pinheiro, dos vereadores reeleito Pedro Lucas Fernandes (PTB), Osmar Filho (PDT), Raimundo Penha (PDT) e dos ex-candidatos à Câmara Municipal, Batista Matos (PCdoB), Rommeo Amin (PCdoB) e Iziane Castro (PSL), além de toda militância que o acompanhou ao longo da campanha.

AGENDAS

Desde a segunda-feira (31) o prefeito reeleito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, já retomou a agenda de vistoria a obras em curso em vários pontos da cidade.

Edivaldo inspecionou as obras de construção da praça e do Ecoponto no bairro do Angelim, bem como o Centro de Saúde Clodomir Pinheiro, que está sendo reformado e ampliado no Anjo da Guarda. Depois de entregue, o centro deverá abrigar um núcleo especializado no tratamento de diabetes e hipertensão.  O prefeito visitou ainda a creche que está em fase de conclusão no Residencial Morada do Sol, na zona rural de São Luís.

Data M: Edivaldo mantém ampla liderança, Wellington cai e Braide ultrapassa Eliziane

pesquisa-datam-0110-07-2

pesquisa-datam-07pesquisa-datam-0110-04

O Instituto Data M divulgou neste sábado (1), véspera de eleição, mais uma pesquisa de intenção de voto para a corrida eleitoral em São Luís. A consulta, que ouviu 1.000 eleitores em vários bairros da capital, entre os dias 29 e 30 de setembro, evidencia a liderança do candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Junior (PDT), e a vitória dele em primeiro turno.

O candidato pedetista alcançou a sua maior vantagem desde o início da campanha, com mais de 29 pontos à frente de Wellington do Curso (PP) que se mantém em segundo lugar.

Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo está com 48,9% de intenções de voto, Wellington do Curso com 18,1%, Eduardo Braide (PMN) com 11,7%, Eliziane Gama (PPS) com 5,1%, Fábio Câmara (PMDB) com 2,5%, Rose Sales (PMB) com 1,1%, Cláudia Durans (PSTU) com 1,1%, Valdeny Barros (PSOL) com 0,2% e Zé Luis Lago (PPL) com 0,2%. 6,7% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 4,4% não sabem ou não responderam.

VOTOS VÁLIDOS – Nos votos válidos, desconsiderando brancos, nulos e indecisos, o candidato Edivaldo soma 55,0%. O percentual garante a vitória do pedetista no primeiro turno. Wellington aparece em segundo com 20,4% das intenções de voto, seguido de Eduardo Braide com 13,2%, Eliziane com 5,7%, Fábio Câmara com 2,8%, Rose Sales com 1,2%, Cláudia Durans com 1,2%, Valdeny Barros com 0,2% e Zé Luis Lago também com 0,2%.

SEGUNDO TURNO – Nas simulações de segundo turno, Edivaldo também lidera e venceria em todos os cenários. Numa possível disputa entre Edivaldo e Wellington do Curso, Edivaldo seria reeleito com 55,4% das intenções de voto, contra 28,3% do adversário Wellington. 14,7% não votariam em nenhum deles e 1,6% não sabem ou não responderam.

No cenário em que o prefeito Edivaldo enfrenta a candidata do PPS, Eliziane Gama, Edivaldo também sairia vitorioso com 56,0% das intenções de voto, contra 20,9% de Eliziane. 20,7% não votariam em nenhum deles e 2,4% não sabem ou não responderam.

Na simulação de uma possível disputa entre Eliziane Gama e Wellington do Curso, Wellington aparece com 36,1% das intenções de voto contra 23,5% de Eliziane. 37,3% não votariam em nenhum deles e 3,1% não sabem ou não responderam.

EXPECTATIVA DE VITÓRIA – Os eleitores ouvidos na pesquisa também foram questionados quanto à expectativa de vitória. 77,5% dos eleitores acreditam na vitória de Edivaldo. 12,0% apostam em Wellington, 2,1% em Eduardo Braide, 1,8% em Eliziane, 0,7% em Cláudia Durans, 0,3% em Rose Sales e 0,2% em Fábio Câmara 0,1%. Valdeny Barros e Zé Luis Lago não pontuaram. 0,2% não acredita em nenhum deles e 5,2% não sabem ou não responderam.

Nova pesquisa Data M: Edivaldo lidera com folga, Wellington se mantém em segundo e Eliziane em terceiro

data-m-estimulada

datam-espontanea

O instituto Data M, contratado pela TV Difusora, divulgou mais uma pesquisa de intenção de voto para a corrida eleitoral em São Luís. O levantamento confirmou a tendência registrada nas últimas pesquisas realizadas na capital: Edivaldo lidera, Wellington é o segundo colocado e Eliziane Gama se manteve em terceiro lugar

A vantagem de Edivaldo é folgada em todos os cenários avaliados, segundo o DataM. Na pesquisa espontânea, o candidato pedetista abriu 15,9 pontos à frente do segundo colocado. Edivaldo Holanda Junior aparece com 34,8% das intenções de voto, seguido à distância por Wellington do Curso com 18,9%, Eliziane Gama com 6,1%, Eduardo Braide com 2,5%, Fabio Câmara com 1,7%, Rose Sales com 1,4%, Cláudia Durans 1,1%, Zé Luís Lago com 0,1%, e por último Valdeny com 0,0%. Não sabem ou não responderam 23,6% e os que não irão votar em prefeito somam 9,9%.

Na pesquisa estimulada, em que são apresentados os nomes dos candidatos, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) aparece com 39,6% das intenções de voto, seguido de Wellington (PP) com 23,7%, Eliziane Gama (PPS) com 7,9%, Eduardo Braide (PMN) com 3,0%, Fabio Câmara (PMDB) com 2,2%, Rose Sales (PMB) com 1,8%, Cláudia Durans (PSTU) com 0,9%, Zé Luis Lago (PPL) com 0,1% e Valdeny Barros (PSOL) não pontuou. Estando ainda indecisos 8,6%, e os que responderam que não votariam em nenhum dos candidatos somam 12,3%.

Na simulação de votos válidos – quando são descartados os votos nulos, brancos e os eleitores indecisos – Edivaldo venceria a eleição no primeiro turno, com 50,0% dos votos, contra 29,9% de Wellington, 10,0% de Eliziane Gama, 3,8% de Eduardo Braide, 2,8% de Fábio Câmara, 2,3% de Rose Sales, 1,1% de Cláudia Durans, 0,1% de Zé Luís Lago e 0,0% de Valdeny Barros.

Simulação de segundo turno

Os entrevistados também deram sua intenção de voto em três cenários de segundo turno. Em todas elas, Edivaldo aparece em primeiro lugar. Em uma possível disputa com a candidata do PPS, Eliziane Gama, Edivaldo seria reeleito com 50,6% das intenções de voto, contra 21,5% da adversária Eliziane Gama.

Num hipotético segundo turno entre Edivaldo e Wellington, Edivaldo também sairia vitorioso com 45,0% das intenções de voto, contra 35,9% de Wellington.

Em uma possível disputa de segundo turno entre Eliziane Gama e Wellington do Curso, Wellington aparece com 51,1% das intenções de voto contra 19,0% de Eliziane.

No quesito rejeição, a candidata Eliziane lidera pela primeira vez com 26,6%, seguida de Edivaldo com 21,6%, Wellington 5,9%, Zé Luís Lago 5,5%, Fábio Câmara 5,2%, Cláudia Durans 4,0%, Rose Sales 2,7%, Eduardo Braide 2,6%, Valdeny Barros 1,6%.

O levantamento, encomendado pela TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, entrevistou 1.000 eleitores, entre os dias 05 e 07 de setembro, e foi registrado no TRE sob o protocolo MA-03852/2016. A margem de erro da pesquisa é de 3,1% para mais ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.