Ex-presidente do Peru comete suicídio ao receber ordem de prisão

Segundo a publicação, às 6h25 de Lima (8h25 em Brasília), os agentes chegaram à casa de García com um mandado de busca e apreensão.

Veja

O ex-presidente do Peru, Alan García, morreu, aos 69 anos, depois de atirar contra a própria cabeça na manhã desta quarta-feira (17(. O político cometeu suicídio depois que policiais chegaram a sua residência para executar um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça peruana. García era acusado de receber propina da construtora brasileira Odebrecht.

O político exerceu o cargo de presidente do Peru por duas vezes: a primeira entre 1985 e 1990, e a segunda, de 2006 a 2011. Ele era líder do Partido Aprista Peruano, de centro-esquerda.