Os bons nomes do grupo do governador Flávio Dino para a disputa na capital

Todos os nomes do grupo do governador Flávio Dino estão em partidos competitivos e podem crescer nas pesquisas de intenções de voto até 2020

Faltando um ano para as eleições de 2020, o cenário político de São Luís segue indefinido, mas começam a ganhar corpo as possíveis pré-candidaturas e os nomes da disputa. Até o momento, um pouco mais de uma dezena de possiveis nomes já se apresentam como pré-candidatos e outros tantos ainda tentam garantir uma legenda. Sabe-se que até as convenções, boa parte desses nomes decidirá desistir da disputa e poderá compor chapas majoritárias.

Dentre os vários nomes, destacam-se os pré-candidatos do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), todos eles estão em partidos competitivos e podem crescer nas pesquisas de intenções de voto até 2020.

Podemos destacar Duarte Júnior e Rubens Júnior, ambos do PCdoB. Os dois pré-candidatos trabalham diariamente para garantir a homologação do partido na disputa. Duarte segue desempenhando um bom mandato na Assembleia Legislativa, além de conversar com vários setores e entidades da sociedade civil. Já Rubens, tem feito um belo trabalho a frente da Secretaria de Estado das Cidades e promete intensificar sua agenda de inaugurações e ações.

Outro nome do grupo governistas é o do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), que já foi candidato a vice-prefeito e conta com o apoio de sua legenda tanto a nível estadual, quanto nacional.

Osmar Filho, presidente da Câmara Municipal de São Luís, segue articulando o apoio de vários vereadores da capital e com o apoio decisivo da militância do PDT, tem todas as condições de crescer nas pesquisas.

Mais alguns nomes do grupo do governador Flávio Dino tentam viabilizar suas candidaturas e podem ser bons nomes na disputa pela prefeitura de São Luís. São eles: o deputado Bira do Pindaré (PSB), Dr. Yglésio (Hoje no PDT, mas que pode mudar para o Solidariedade) e Jeisael Marx, que garantiu a Rede Sustentabilidade para se candidatar e tem boa ligação com o governador Flávio Dino.

Ato de filiação de Jeisael Marx à Rede terá presença do senador Randolfe Rodrigues

O evento promete reunir militantes do partido, além de várias autoridades e representantes da sociedade civil

O pré-candidato a prefeito de São Luís, Jeisael Marx, terá sua filiação à Rede Sustentabilidade marcada em um grande evento que será realizado em novembro.

O ato terá a participação do senador Randolfe Rodrigues, líder do partido no Senado Federal e um dos senadores mais respeitados e premiados, detentor de vários prêmios do Congresso em Foco.

O evento promete reunir militantes do partido, além de várias autoridades e representantes da sociedade civil.

Jeisael é apontado como o único candidato sem histórico político, já pontua bem em pesquisas de intenções de voto e promete ser uma das grandes surpresas das eleições de São Luís, em 2020.

Jeisael Marx confirma filiação à Rede Sustentabilidade e entra na disputa pela prefeitura de São Luís

Jeisael Marx esteve em Brasília e confirmou sua filiação ao partido

Ao lado do porta-voz nacional da Rede Sustentabilidade, Pedro Ivo Batista, e do porta-voz da legenda no Maranhão, Fauzi Beydoun, o pré-candidato a prefeito de São Luís em 2020, Jeisael Marx, esteve em Brasília e confirmou sua filiação ao partido.

Comunicador e com grandes serviços prestados ao povo ludovicense, Jeisael Marx vem se destacando nas pesquisas de intenções de voto e pode ser a surpresa das eleições de 2020, agora com a garantia da Rede Sustentabilidade deve se consolidar ainda mais.

Comandado pela ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a Rede Sustentabilidade pretende lançar nomes competitivos em diversas capitais brasileiras e encontrou no nome de Jeisael Marx uma proposta ideal para o eleitorado de São Luís.

O pré-candidato tem intensificado os trabalhos do “São Luís Que Quero” e ouvido a população para construir seu plano de governo. Agora terá o apoio da militância da Rede Sustentabilidade nessa construção.

Homenagens de pré-candidatos pelo aniversário de São Luís dão o tom de como será a campanha em 2020

Alguns pré-candidatos fizeram questão de publicar vídeos parabenizando a cidade, mas, muito além disso, de marcar território nas redes sociais, na TV e na lembrança do eleitorado da capital.

Muito além das homenagens e felicitações pelo aniversário de 407 anos da cidade de São Luís, os vídeos publicados por alguns pré-candidatos a prefeito da capital dão o tom de como será a campanha do próximo ano.

Alguns pré-candidatos como Neto Evangelista (DEM), Duarte Júnior (PCdoB), Osmar Filho (PDT) e Rubens Júnior (PCdoB), fizeram questão de publicar vídeos parabenizando a cidade, mas, muito além disso, de marcar território nas redes sociais, na TV e na lembrança do eleitorado da capital.

Um dos que mais se destacaram foi o pré-candidato Jeisael Marx, que, em um vídeo bem elaborado, mostrou vários problemas da capital como as péssimas condições da Feira do Bom Jesus e do lixão do Fumacê, que merecem atenção do poder público. O vídeo teve bastante compartilhamento e foi líder de interações em várias redes sociais.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), também publicou um vídeo, onde, além de parabenizar, mostra algumas ações da prefeitura na capital e anunciou o início do programa “São Luís em Obras”.

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa de São Luís, aproveitou a oportunidade para parabenizar São Luís e reafirmar o papel do legislativo estadual na construção de uma capital mais desenvolvida.

O governador Flávio Dino (PCdoB) também usou suas redes sociais para homenagear São Luís. O aniversário da capital também foi marcado pela entrega de obras como a do Parque do Rangedor, pelo Governo do Estado.

Jeisael Marx vai ser o candidato da Rede Sustentabilidade em São Luís

Bem pontuado nas recentes pesquisas, o apresentador chegou a articular sua filiação ao Cidadania, mas preferiu a Rede

O jornalista e comunicador, Jeisael Marx, aceitou o convite da Rede Sustentabilidade para lançar sua pré-candidatura à prefeitura de São Luís, em 2020. Ele esteve reunido com o porta-voz da Rede no Maranhão, o músico Fauzi Beydoun, e decidiu sua entrada na legenda.

Bem pontuado nas recentes pesquisas, o apresentador chegou a articular sua filiação ao Cidadania, mas preferiu a Rede. Agora, no partido da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, Jeisael se prepara para o ato de filiação que deve ser em Brasília.

Coordenador do projeto “São Luís que Quero”, Jeisael Marx segue dialogando com moradores de comunidades da capital e preparando seu plano de governo.

Jeisael debate com Rede e Cidadania sua candidatura em São Luís

Jeisael esteve com o porta-voz da Rede no Maranhão, o músico Fauzi Beydoun

O comunicador Jeisael Marx segue fortalecendo sua pré-campanha à prefeitura de São Luís. Nas articulações e conversas sobre qual partido deverá se candidatar, Jeisael pode encontrar na Rede Sustentabilidade ou Cidadania (ex-PPS), uma de suas possibilidades.

Jeisael Marx já esteve em reuniões com o porta-voz da Rede no Maranhão, o músico Fauzi Beydoun e pelo desenrolar das conversas, o partido da ex-ministra Marina Silva pode ser a legenda escolhida para entrar na disputa pela prefeitura de São Luís.

A outra possibilidade seria uma candidatura pelo Cidadania, partido da senadora Eliziane Gama, que trabalha para eleger o maior números de vereadores e prefeitos nas eleições de 2020 e ganhar mais capital político.

Sem família política e com um perfil mais próximo do povo, Jeisael promete ser a grande surpresa na disputa pela prefeitura da capital. Seus anos de serviços prestados e seus trabalhos sociais já o colocam em vantagem. Agora, o comunicador segue dialogando com a população das comunidades da capital a criação de seu plano de governo.

Jornal Pequeno divulga primeira pesquisa para Prefeitura de São Luís

A pesquisa do Jornal Pequeno ouviu 1.001 pesdoas no período de 1 a 4 de julho em São Luís e tem a margem de erro de 3,10% para mais ou pare menos

Faltando pouco mais de um ano para as eleições de 2020, o cenário político de São Luís começa a se movimentar e o Jornal Pequeno traz os primeiros números da disputa pela prefeitura da capital.

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) lidera a pesquisa realizada pela JPesquisa, novo instituto que está sendo lançado no mercado pelo Jornal Pequeno. No cenário espontâneo, ele aparece em primeiro lugar, com 32% das intenções de voto. Em seguida, aparecem os deputados Duarte Jr.(PCdoB), com 6% das intenções. O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) e o deputado federal Bira do Pindaré (PSB) aparecem logo em seguida empatados com 2%. Também aparecem empatados, o deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) e o ex-prefeito Tadeu Palácio, com 1%. Não votariam em nenhum dos candidatos 4%. Não sabe ou não respondeu 52%.

No cenário estimulado, Eduardo Braide também lidera com com 47% das intenções de voto. Em segundo aparece o deputado Duarte Júnior com 14%. O deputado Wellington do Curso aparece em terceiro com 10%. O deputado Neto Evangelista ficou em quarto, com 7%; Bira do Pindaré em quinto, com 5%. Logo atrás estão o deputado Adriano Sarney (PV) com 3% e o vereador Osmar Filho (PDT) com 2%. O deputado Dr. Yglésio (PDT) e o radialista Jeisael Marx pontuam com 1%. Nenhum deles 4% e não sabe ou não respondeu 6%.

O JPEsquisa também fez um outro cenário sobre a disputa pela prefeitura de São Luís

Rejeição

A pesquisa mostra que 30% dos entrevistados não votariam em Adriano Sarney para prefeito de São Luís; 14% disseram que não querem Bira do Pindaré; 11% não votariam em Wellington do Curso; Osmar Filho aparece com 8% da rejeição. Rubens Jr. somou 5% de rejeição, Braide e Duarte 4%; Neto Evangelista, Dr. Yglésio e Jeisael 3% de rejeição.

A pesquisa do Jornal Pequeno ouviu 1.001 pesdoas no período de 1 a 4 de julho em São Luís e tem a margem de erro de 3,10% para mais ou pare menos.

Jeisael Marx visita comunidades da Grande São Luís e colhe demandas da população

Nos últimos dias, o comunicador visitou vários bairros para dialogar com a população

O jornalista e apresentador, Jeisael Marx, segue firme em sua pré-campanha para a Prefeitura de São Luís. Nos últimos dias, o comunicador visitou vários bairros para dialogar com a população sobre os problemas da cidade e com o projeto “São Luís Que Quero”, tem colhido sugestões da população.

Jeisael visitou nos últimos dias a comunidade da Vila Embratel, Fumacê, São Raimundo e a Mata de Itapera, na zona rural de São Luís. Bem recebido pelas comunidades, o pré-candidato colhe as demandas para a elaboração de seu plano de governo.

Com a intensificação dos trabalhos, Jeisael já tem convites do Cidadania e da Rede Sustentabilidade para lançar seu nome por uma das legendas.

Jeisael Marx propõe tornar terrenos baldios em hortas comunitárias

O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta

Em audiência pública realizada no final de semana, pela Associação de Moradores do Residencial Pinheiros, foram debatidos temas de interesse da comunidade e que contaram com a participação de lideranças e autoridades como os vereadores Joãozinho Freitas, Marcial Lima, Marquinhos, Sá Marques e o deputado estadual Wellington do Curso.

Quem também participou do evento foi o pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, que apresentou propostas viáveis para a comunidade, entre elas, dá uma solução ao terrenos baldios que ajudam no surgimento do mosquito Aedes aegypti, além de ser um ponto usado por bandidos. A proposta do projeto é tornar o terreno em hortas comunitárias. O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta.

“Vários terrenos, sejam públicos ou privados, servem de abrigos de marginais, ficam cheios de mato e lixo. Se houvesse um projeto de iniciativa do executivo municipal, poderíamos transformar esses terrenos em hortas comunitárias, a exemplo do que já acontece em varias cidades do Brasil, como Campo Grande, Taubaté e São Paulo. Você resolve vários problemas com esta iniciativa: mantém a limpeza da área, dá ocupação para os jovens da comunidade, produz alimento, que pode servir como merenda em escolas comunitárias ou para famílias carentes e até mesmo serve como fonte de renda para a comunidade”, afirmou.