Eleição de São Luís caminha para ser decidida em segundo turno, aponta JPesquisa

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa foi realizada no período de 21 a 24 de julho

Os números publicados pela JPesquisa neste domingo (26) indicam que, se as eleições para prefeito de São Luís fossem hoje, haveria segundo turno.

No cenário dos votos válidos, Eduardo Braide aparece com 44%; Duarte Jr tem 16%; Neto Evangelista 10% e Wellington do Curso 8%.

Empatados com 4% está o depurado estadual Adriano Sarney e os deputados federais Bira do Pindaré e Rubens Júnior.

Empatados com 3% estão Carlos Madeira e o deputado estadual Yglésio Moisés. Jeisael Marx aparece com 2%. Portanto, a tendência de haver um segundo turno, apontada nesta pesquisa, evidencia-se no fato de que Eduardo Braide detém 44% e todos os outros pré-candidatos somados totalizam 56%.

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa foi realizada no período de 21 a 24 de julho e registrada no dia 19 de julho de 2020, pelo Sistema Pesqele, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo n° MA-02519/2020.

JPesquisa: Eduardo Braide segue liderando; Duarte Júnior diminui diferença entre Braide; Neto aparece em terceiro

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa ouviu 1 mil

A pesquisa realizada pelo instituto JPesquisa e publicada pelo Jornal Pequeno, neste domingo (26), mostra que o deputado federal Eduardo Braide (Podemos) segue liderando a corrida pela Prefeitura de São Luís com 40% das intenções de voto. Depois vem o deputado estadual Duarte Jr (Republicanos), com 15%, que cresceu de forma considerável em relação a outras pesquisas já publicadas. O deputado estadual Neto Evangelista (DEM) aparece na terceira colocação, com 9%, seguido de Wellington do Curso (PSDB) com 7%.

Estão empatados com 4% o líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Adriano Sarney (PV) e os deputados Bira do Pindaré (PSB) e Rubens Júnior (PCdoB).

Empatados com 3% estão o juiz federal aposentado Carlos Madeira (Solidariedade) e o deputado estadual Yglésio Moises (PROS). O radialista Jeisael Marx (Rede Sustentabilidade) tem 2%.

Não pontuaram na pesquisa estimulada a deputada estadual Detinha (PL), o jornalista Franklin Douglas (PSOL) e o sindicalista Saulo Arcangeli (PSTU). Nenhum deles, 6% e não sabe/não respondeu, 3%.

Com margem de erro de 3% para mais ou para menos, a pesquisa ouviu 1 mil, foi realizada no período de 21 a 24 de julho e registrada no dia 19 de julho de 2020, pelo Sistema Pesqele, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo n° MA-02519/2020.

JPesquisa mede avaliação de Jair Bolsonaro, Flávio Dino e Edivaldo Holanda Jr.

A pesquisa ouviu 1.001 eleitores entre os dias 1⁰ a 4 de julho de 2019 e tem margem de erro 3,10%

O JPesquisa, do Jornal Pequeno, divulgou, nesta quarta-feira (17), mais uma parte da pesquisa realizada em São Luís. Desta vez, o instituto mediu a aprovação do presidente Jair Bolsonaro (PSL), do governador Flávio Dino (PCdoB) e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

O governo do presidente Jair Bolsonaro é desaprovado por 56% da população ludovicense. 39% aprovam o mandato do presidente que assumiu em janeiro deste ano. 4% não souberam ou não opinaram.

Enquanto Bolsonaro é desaprovado pela maioria da população de São Luís, o governador Flávio Dino é aprovado pela maioria dos ludovicenses. 55% dos entrevistados aprovam, contra 42% que desaprovam. 3% não sabem ou não opinaram.

A pesquisa também mediu como anda a relação da população com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. O JPesquisa mostra que 56% dos entrevistados desaprovam a administração municipal, enquanto 42% aprovam e 2% não sabem ou não opinaram.

A pesquisa ouviu 1.001 eleitores entre os dias 1⁰ a 4 de julho de 2019 e tem margem de erro 3,10% para mais ou para menos.