“Diálogos com Othelino” aborda desvio de recursos em Monção e condena ameaças à democracia

Em mais uma edição do podcast “Diálogo com Othelino”, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), comenta fatos relevantes de caráter nacional e local. O parlamentar repudia o desvio de verba da educação no município de Monção e condena, veementemente, a ameaça à liberdade de imprensa e à democracia praticada, recentemente, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo seu filho, deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), respectivamente.

Com relação à declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro ameaçando a reedição do AI-5, o deputado Othelino Neto considerou absurda e, claramente, um possível caso de quebra de decoro parlamentar. “Quando um deputado federal defende a reedição do AI-5, que tanta infelicidade trouxe ao povo brasileiro, é um fato gravíssimo e que merece o repúdio de todos. Não se deve confundir a liberdade do parlamentar externar o seu pensamento com defender teses que são fora da lei. Defender o fechamento do Congresso é algo ilegal”, enfatizou.

E prosseguiu: “Espero que a Câmara analise esse episódio de forma bastante cuidadosa até para que seja um exemplo para todos, em especial para nós, detentores de mandato, que é preciso ter muito cuidado ao afirmar determinadas coisas, até porque isso acaba tendo uma repercussão muito grande, como foi o caso da infeliz declaração do deputado Eduardo Bolsonaro”.

O presidente da Assembleia afirmou que assusta o destempero do presidente da República, Jair Bolsonaro, quando questionado sobre fatos que o incomodam. E citou como exemplo o episódio do assassinato da vereadora Marielle, no qual matéria veiculada pela Rede Globo sobre o caso cita o nome do presidente da República.

“Se ele se sente injustiçado, é natural que reaja de forma indignada, mas não de forma a ameaçar veículos de imprensa. Mesmo reconhecendo que em alguns momentos pode haver excessos, é natural a indignação de quem se sente vítima. Mas não devemos ameaçar a liberdade de imprensa. A sinalização do presidente da República de que uma determinada emissora de TV, no caso a Rede Globo, pode ter a sua concessão indeferida por conta da dificuldade de relacionamento que tem com o presidente, é grave”, pontuou Othelino Neto.

O deputado disse ainda que a forma como o presidente da República interveio no caso da investigação do Ministério Público, no inquérito do crime da vereadora Marielle, pareceu muito com obstrução de Justiça. “Mandar buscar a gravação para os entendidos no assunto, para os especialistas, passou a impressão de que ou ele obstruiu a justiça ou andou no limite de promover esse tipo de obstrução, o que é crime”, pontuou.

Presidente Othelino diz que episódio sobre a Educação de Monção entristece o Maranhão

O presidente do Legislativo maranhense pontuou ainda que isso é o fruto da irresponsabilidade e da falta de seriedade para com a coisa pública

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PC do B), pronunciou-se, com indignação, na sessão desta segunda-feira (4), acerca do problema verificado na educação da cidade de Monção, cujas denúncias sobre desvio de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) foram levadas ao ar pelo Fantástico da TV Globo, na noite de domingo (3). Em aparte ao deputado Wellington do Curso (PSDB), o parlamentar disse que o problema é da maior gravidade e deixa todo o estado do Maranhão entristecido. 

De acordo com Othelino, a matéria é fruto de denúncia que foi feita por cidadãos daquele município, há cerca de um ano, e encaminhada também à Polícia Federal, ao Ministério Púbico Federal, ao Ministério Público Estadual e Controladoria Geral da União, solicitando a todos que tomassem providências com relação ao grande volume de fraude no censo escolar daquele município. 

O deputado disse ser lamentável que a prefeita daquela cidade, Cláudia Silva, tenha cometido esses atos irregulares. “Acho que o caso tem que ser mesmo apurado e os envolvidos responsabilizados, porque é algo muito grave. A população de Monção não merece isso e o povo do Maranhão não pode passar por uma vergonha nacional como passou ao ver o estado sendo citado dessa forma”, frisou Othelino. 

O presidente do Legislativo maranhense pontuou ainda que isso é o fruto da irresponsabilidade e da falta de seriedade para com a coisa pública, por conta do desejo apenas de arrecadar mais, sem se importar xom o objetivo principal do recurso do Fundeb, que é o de promover a educação de qualidade, fazer com que as crianças possam estudar em escolas dignas e tenham de fato o atendimento que merecem. 

“Os órgãos devem punir exemplarmente os culpados por essa irresponsabilidade, que acabou por provocar uma grande mancha na imagem do Maranhão”, acrescentou.

Othelino Neto afirmou também que, enquanto o governador Flávio Dino promove uma grande revolução na educação estadual, “políticos sem qualquer compromisso com a causa pública agem desta forma, prejudicando as crianças e os maranhenses de um modo geral”.

Othelino arrasta multidão em Monção e recebe apoio em Sítio Novo

Othelino Neto em agenda política nas cidades de Sítio Novo e Monção

Durante o fim de semana, o candidato à reeleição, deputado Othelino Neto (PCdoB), participou de eventos nos municípios de Sítio Novo e de Monção, acompanhado por milhares de pessoas. No segundo município, ele realizou uma caminhada gigante, seguida de comício, acompanhado do líder Jesiel Araújo e do candidato a deputado federal, Júnior Lourenço.

No sábado (29), um evento organizado pelo prefeito João Piquiá reuniu lideranças e moradores do povoado Catingueiro e adjacências. ” É um grande prazer estar em Sítio Novo a convite do prefeito Piquiá, que pode contar comigo como mais um parceiro para ajudá-lo a fazer muito mais por Sítio Novo” , disse Othelino.

Othelino Neto em agenda política nas cidades de Sítio Novo e Monção

O prefeito João Piquiá falou sobre o apoio dado ao presidente da Assembleia Legislativa. ” O deputado Othelino Neto cumpre seus compromissos e, por isso, decidir unir forças com ele e trazer mais benefícios para cerca de 8 mil moradores desta querida cidade”, ressaltou.

Caminhada festiva marca Monção

No domingo (30), foi a vez de Monção receber Othelino Neto com uma grande festa. Cerca de 20 mil pessoas participaram da caminhada pelas ruas da cidade.

Othelino Neto em agenda política nas cidades de Sítio Novo e Monção

“Em Monção, eu me sinto em casa. Conheço cada um de vocês e ser recebido com todo esse carinho me emociona. Estamos juntos desde 2006 e vamos continuar unidos por uma cidade melhor”, destacou Othelino.

O líder regional Jesiel Araújo, organizador da caminhada, ressaltou a importância de Othelino Neto para Monção.” O deputado sempre ajudou os moradores de Monção, solicitando Junto ao governador Flávio Dino, reforma e entrega de escolas, ambulâncias, viaturas e a inclusão do município no programa Mais Asfalto. Ele sempre poderá contar com o nosso apoio”, afirmou.

Othelino Neto recebe apoio popular durante carreata em Monção

A caminhada contou com a participação de várias lideranças políticas da região

O candidato à reeleição, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), foi recebido com festa por uma multidão no sábado (18), em Monção, durante a carreata do governador Flávio Dino ( PC do B) no município. Eles estavam ao lado da liderança política e professor, Jesiel Araújo (PCdoB)

Othelino, que já destinou emendas que garantiram melhorias na infraestrutura e educação do município, afirmou que sempre é prazeroso retornar à cidade pela qual tem muito carinho. “É sempre motivo de muita alegria voltar a Monção, esta cidade que me acolhe sempre com muito carinho e que me conhece há muitos anos pelo meu trabalho. Para Monção, nós já destinamos emendas, indicações, etc, benefícios à população deste município com nossa atuação parlamentar”, disse.

A caminhada contou com a participação de várias lideranças políticas da região

Após a carreata que percorreu as ruas de Monção, o governador Flávio Dino destacou, em entrevista, o trabalho parlamentar do deputado. “Othelino Neto tem a competência de conduzir a Assembleia Legislativa, além de ser uma das maiores lideranças políticas do Maranhão. Eu o conheço há muitos anos, sei que ele pensa como eu penso, por isso espero que ele continue na Assembleia nos ajudando, para que o nosso segundo governo seja ainda melhor”, enfatizou.

Após a carreata que percorreu as ruas de Monção, o governador Flávio Dino destacou, em entrevista, o trabalho parlamentar do deputado

A caminhada contou com a participação de várias lideranças políticas da região. O pré-candidato à prefeitura de Monção, Jesiel Araújo destacou o apoio a Othelino em seu trabalho no Legislativo. “Othelino tem demonstrado compromisso com o povo, principalmente com os monçonenses, destinando emendas que têm colaborado com o desenvolvimento da cidade. Por isso, ele merece o nosso apoio mais uma vez nessa campanha”, frisou.

Em campanha, Flávio Dino visita nove cidades nos próximos dias

Ao lado do vice-governador Carlos Brandão e dos candidatos ao Senado Federal, Weverton Rocha e Eliziane Gama, ele vai percorrer mais oito cidades nos próximos três dias

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), vai dar o pontapé inicial em sua campanha à reeleição na Raposa, nesta quinta-feira (16). Ao lado do vice-governador Carlos Brandão e dos candidatos ao Senado Federal, Weverton Rocha e Eliziane Gama, ele vai percorrer mais oito cidades nos próximos três dias.

Levando a mensagem que a mudança não pode parar, a coligação “Todos Pelos Maranhão” vai pousar em Imperatriz, nesta sexta-feira (17), e promete agitar o segundo maior colégio eleitoral do Estado. No mesmo dia, Flávio fará uma reunião em João Lisboa.

O sábado (18) também será agitado. A caravana da mudança vai passar pelas cidades de Santa Luzia, Pindaré-Mirim, Santa Inês, Igarapé do Meio e vai encerrar com um comício no município de Monção.

A agenda vai ser encerrada no domingo (19) com uma grande carreata na cidade de Bacabal.

Em Monção, Othelino reúne-se com lideranças e destaca ação parlamentar

Lideranças receberam Othelino em Monção, que estava acompanhado de Eliziane e Weverton Rocha

A convite do presidente do PCdoB de Monção, Jesiel Araújo, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), pré-candidato à reeleição, participou, neste fim de semana, de um encontro de lideranças naquele município, evento que contou com a presença maciça da população local.

Othelino Neto agradeceu o convite e expressou sua satisfação em retornar a Monção, onde apoia o mesmo grupo político pela quarta vez consecutiva. “Eu estou muito feliz por voltar a Monção, cidade que sempre me recebeu e acolheu de forma carinhosa. É sempre um prazer estar aqui, ainda mais ao lado de amigos”, agradeceu.

Ao discursar, Othelino elencou alguns dos benefícios conquistados para Monção, por meio de emenda parlamentar, com o apoio do governador Flávio Dino, como a entrega de escolas, ambulâncias e viaturas.

Em seguida, o parlamentar anunciou mais melhorias. “Foram duas escolas dignas entregues e, agora, iniciamos a reforma e ampliação da maior delas, que é a Getúlio Vargas, um pedido nosso, realizado pelo Governo do Maranhão. Também conseguimos incluir Monção no programa ‘Mais Asfalto’. Não vamos parar por aqui, pois ainda faremos muito mais pelo nosso povo nos próximos anos”, frisou.

Jesiel Araújo, pré -candidato à Prefeitura de Monção, elogiou o trabalho de Othelino em prol da população do município. “O deputado tem correspondido às nossas necessidades, trazendo vários benefícios. Nós é que estamos de parabéns por tê-lo ao nosso lado . Esse momento é uma forma de agradecimento a tudo que ele tem feito pelo município”, enfatizou.

Os deputados federais Weverton Rocha (PDT)e Eliziane Gama (PPS), pré-candidatos ao Senado, estiveram no encontro. Ambos elogiaram a conduta de Othelino Neto, enquanto representante estadual de Monção.

“Fiquei muito feliz com o convite de conhecer a cidade ao lado de Othelino, que sempre teve votação expressiva nessa região. Foi muito bom ouvirmos, juntos, os anseios da população. Isso nos ajuda a destinar emendas mais objetivas, de acordo com suas necessidades”, disse Weverton.

Eliziane Gama complementou: “Othelino tem feito um grande trabalho, por isso, esse reconhecimento que Monção faz hoje é merecido”.

Júnior Lourenço, ex-prefeito de Miranda e pré-candidato a deputado federal, também presente no evento, não poupou elogios ao deputado. “Othelino já é um político tradicional. Acompanho a atuação dele como presidente da Assembleia e vejo seu compromisso em trabalhar forte, ao lado do governador , dando uma satisfação àqueles que o elegeram”, destacou.

Outras lideranças da região prestigiaram o encontro, como a ex-prefeita Paulinha Rezende e o vereador Mário Cardoso.

Homenagem

Durante o encontro, o deputado Othelino Neto foi surpreendido com homenagens pela passagem do seu aniversário, transcorrido no último dia 7 de julho.

Representantes do Hospital Geral de Monção, comandado pela Dra. Jane Araújo, fizeram um breve histórico da biografia e carreira política do parlamentar. Por fim, líderes políticos e uma multidão cantaram juntos os “parabéns a você”.

Othelino Neto denuncia estado de abandono do município de Monção…

 

O deputado citou ainda, na tribuna, um contrato de seis meses, no valor de R$ 320 mil, para aquisição de caixões em Monção

 

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) denunciou, na sessão desta quarta-feira (08), a triste situação de abandono do município de Monção, onde a prefeita Cláudia Silva, que foi eleita em uma perspectiva de promover mudanças para melhor na cidade, não tem conseguido cumprir com as suas obrigações. Segundo o parlamentar, é lamentável saber, pelas redes sociais, que a cidade, no que diz respeito às atribuições da Prefeitura, parece abandonada, ruas esburacadas, algumas delas quase intransitáveis, salários de uma parte dos servidores dos contratados da administração e da saúde em atraso, etc.

Othelino disse, na tribuna, que esse atraso salarial já está gerando muito incômodo para esses servidores que trabalham e não recebem. Segundo ele, há reclamações quanto à merenda escolar de baixa qualidade e de reduzida quantidade, embora o recurso para isso seja carimbado e pago, todos os meses, nas contas da Prefeitura. Ele citou ainda a falta de qualidade do Sistema Municipal de Educação. “Enfim, os mais diversos problemas vêm sendo enfrentados pela população de Monção, graças à inércia e à falta de competência da administração municipal”, frisou.

O deputado citou ainda, na tribuna, um contrato de seis meses, no valor de R$ 320 mil, para aquisição de caixões. “Fazendo-se uma conta rápida aqui – se um caixão custar R$ 500,00, terão que morrer, e espero que isso não aconteça – mas terão que morrer 640 pessoas, nesse intervalo, para que possam ser utilizadas todas essas urnas adquiridas pela Prefeitura de Monção. Teriam mais de 100 mortes por mês”, comentou.

Othelino disse esperar que seja apurada a regularidade da contratação desses caixões por ser, de fato, muito estranha. “E depois espero que a previsão da prefeitura não se confirme, que os amigos de Monção tenham saúde, continuem vivos e que nem de longe precisem utilizar essa quantidade de caixões que foi adquirida pela prefeita”, afirmou.

Na tribuna, o deputado lamentou a forma, o descaso com que a administração de Monção vem tratando a cidade e o sofrimento daquelas pessoas que merecem de mais atenção. “E não é por falta de recursos, entendo até que as prefeituras estão enfrentando muita carência – que não resolvessem todos os problemas, afinal não daria tempo, são pouco mais de sete meses de gestão – mas é inadmissível este estado de abandono em que a cidade se encontra”, disse.

Segundo Othelino Neto, mesmo com toda compreensão de que são apenas sete meses, não se justifica a Prefeitura não fazer absolutamente nada e deixar a população abandonada. “Enfim, fica este registro. Espero que a prefeita cumpra com o seu dever, cuide melhor da cidade para que as pessoas se sintam respeitadas e bem tratadas por quem, por maioria, foi eleita para cuidar dos destinos de Monção”, afirmou.

O deputado registrou a presença do presidente do PCdoB no município de Monção, Jeziel Araújo, que se fazia presente na galeria do plenário da Assembleia Legislativa.

E tem crise? Secretaria de Saúde de Monção vai gastar mais de R$ 1 milhão em combustível

Enquanto saúde de Monção está um caos, Secretaria vai gastar mais de 1 milhão de reais em combustível

A Secretaria de Saúde da cidade de Monção, interior do Maranhão, vai torrar mais de 1 milhão de reais em combustível e seus derivados até 31 de dezembro deste ano. São exatos R$ 1.093.330,00 (Um milhão, noventa e três mil, trezentos e trinta reais).

Acima, extrato de contrato entre a Secretaria de Saúde e o Posto Líber LTDA, publicado no Diário Oficial do Maranhão, Caderno: Terceiros, Página 67, de 24 de Fevereiro de 2017.

Essa cifra milionária contrasta com a atual situação vivenciada pela população daquele município que necessita de atendimento médico e não encontra no hospital do município, que, diga-se de passagem, é arrendado.

Faltam materiais básicos no hospital, como um esparadrapo ou compressa para a realização de um simples curativo. Nem receituário há, imagina médicos. Há mais de seis meses, não é realizado um atendimento por lá. Os postos de saúde também se encontram em péssimas condições e com muitos problemas.

Além dessa problemática de estrutura, há tantos outros, como salários atrasados de servidores que lutam para receber os meses de novembro, dezembro, 13º salário e 1/3 de férias, referente ao ano de 2016.

Segundo o secretário de Saúde, o vereador licenciado, Érion Célio Pereira Silva, mais conhecido como Chixolinha, não há recursos para realizar esses pagamentos. No entanto, ele não vê problemas  e, tampouco, falta de dinheiro ao assinar um contrato exorbitante, imoral e tanto quanto suspeito que está na mira do Ministério Público.

A frota do município hoje se resume a uma ambulância, que passa a maioria do tempo parada, um carro de passeio e alguns que são alugados. Falta Chixolinha explicar à população monçonense e aos funcionários onde vão ser usados os recursos.

MONÇÃO – Servidores municipais padecem com salários atrasados…

 

Cláudia Silva mantém salários atrasados em Monção

Os servidores públicos do município de Monção estão passando por grandes dificuldades, sem ter como sustentar suas famílias, pois estão com seus proventos atrasados. Até os comerciantes da cidade já estão se recusando a vender aos funcionários municipais.

Na Educação, o atraso é referente ao mês de dezembro de 2016, deixado pelo gestor passado. O mês de janeiro também ainda não foi pago e nem tem previsão oficial para que isso ocorra.

Só de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação ) – que caiu nos cofres do município administrado pela prefeita Cláudia Silva (PSDB), no período de 1 de Janeiro até o dia 03 de fevereiro – já somam mais de 4 milhões de reais.

Em situação de calamidade ainda maior estão os funcionários da Administração e da Saúde que não receberam o 1/3 de férias, o mês de dezembro 2016, o 13º de 2016 e o mês de janeiro de 2017, mesmo já tendo caído recursos dessas duas áreas que somam quase 3.000.000,00 (três milhões de reais).

O secretário de Saúde de Monção, Erion Célio Pereira da Silva, conhecido como Chixolinha, e a prefeita Cláudia Silva dizem que não há recursos suficientes em caixa para pagar a folha.

Por falar em Saúde, o hospital municipal está abandonado há mais de seis meses, desde a gestão passada, sem receber um paciente, sem médico, um verdadeiro caos e, por enquanto, nada ainda foi feito no sentido de regularizar essa situação.

Contando todos os recursos disponíveis na nova gestão, inclusive o dinheiro da repatriação que caiu no final do ano passado no valor de mais de 1 milhão de reais que ficou para a nova gestora administrar, o montante já soma 7 milhões de reais.