Othelino Neto é reeleito presidente da Alema para o biênio 2021-2022

Othelino foi reeleito nas eleições de 2018 com mais de 60 mil votos e assumiu o comando da Alema em janeiro do ano passado

O deputado Othelino Neto foi reeleito, na manhã desta segunda-feira (6), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão para o biênio 2021-2022. A chapa “Igualdade e Democracia” obeteve 41 votos, um deputado não compareceu na eleição.

Othelino foi reeleito nas eleições de 2018 com mais de 60 mil votos e assumiu o comando da Alema em janeiro do ano passado, com o falecimento do ex-presidente Humberto Coutinho.

Veja a chapa completa:

Presidente: Othelino Neto (PCdoB)

1º vice-presidente: Glalbert Cutrim (PDT)
2º vice-presidente: Detinha (PR)
3º vice-presidente: Rildo Amaral (SD)
4º vice-presidente: César Pires (PV)

1º secretário: Andreia Rezende (DEM)
2º secretário: Cleide Coutinho (PDT)
3º secretário: Pará Figueiredo (PSL)
4º secretário: Paulo Neto (DEM)

‘Onda Bolsonaro’ não se traduz em poder nos estados

Estadão

Partido mais votado do país na onda de renovação que elegeu o presidente Jair Bolsonaro ano passado, o PSL não conseguiu transformar o resultado positivo que obteve nas urnas em protagonismo nos Legislativos estaduais, nem sequer onde fez o governador ou uma bancada proporcionalmente grande, como no Rio de Janeiro.

Sem nenhuma presidência legislativa e com cargos menores em apenas seis Mesas Diretoras, a sigla tenta agora emplacar a advogada Janaína Paschoal, parlamentar mais votada do Brasil, no comando da Assembleia paulista, a única que ainda não iniciou a nova Legislatura. Os trabalhos começam na próxima sexta-feira.

Levantamento feito pelo jornal “O Estado de S. Paulo” mostra que, diferentemente do discurso eleitoral, o PSL se aliou nos estados a partidos que fazem oposição ao governo.

No Maranhão, por exemplo, a chapa que elegeu o deputado Othelino Neto (PCdoB) presidente da Assembleia uniu o PSL ao PDT. No Acre, a articulação que levou Nicolau Júnior (PP) ao comando da Casa Legislativa une o partido de Bolsonaro ao PT. No Amazonas e no Tocantins, o partido conquistou espaço nas Mesas graças a alianças com o MDB, chamada “velha política” pela sigla do presidente.

Deputados do PSL também estarão nas Mesas das Assembleias da Bahia e do Espírito Santo. A sigla saiu da eleição de 2018 com 76 deputados estaduais eleitos, além de três governadores – Santa Catarina, Roraima e Rondônia. Em Brasília, tem 54 deputados federais e quatro senadores.

Candidata à presidência da Alesp, Janaína não comenta a situação do PSL nos outros estados, mas defende que em São Paulo a sigla não entre em “toma lá dá cá” na negociação por cargos. “A gente quer compor a Mesa, mas com ideias e propostas. Não vamos entrar em troca-troca. Não vamos nos prostituir por uma lugar na Mesa. Esta é uma decisão da bancada”.

Para o cientista político Kleber Carrilho, os ataques do PSL à chamada “velha política” explicam a dificuldade de articulação do partido no Legislativo. “O discurso e a tentativa de estar sempre ‘puro’ vai fazer com que o PSL esteja sempre isolado. O discurso para o eleitor é diferente do dia a dia das Casas. Então, esses discursos contra a chamada ‘velha política’ também é algo que atrapalha o PSL no Legislativo”.

Questionada sobre a falta de protagonismo nos Estados e alianças com partidos tradicionais e opositores ao governo Bolsonaro, a sigla usa como argumento o crescimento no número de eleitos.

Plenário elege Mesa Diretora para primeiro biênio da 19ª Legislatura

A nova Mesa Diretora, inscrita em chapa única, intitulada “Igualdade e Democracia”, foi eleita com o voto unânime de todos os 42 deputados

Os deputados empossados para a 19ª Legislatura da Assembleia Legislativa do Maranhão elegeram, na manhã desta sexta-feira (1º), os membros da Mesa Diretora para o o biênio 2019-2020. A nova Mesa Diretora, inscrita em chapa única, intitulada “Igualdade e Democracia”, foi eleita com o voto unânime de todos os 42 deputados.

Da mesma forma que a cerimônia de posse dos deputados, a sessão de eleição da Mesa Diretora foi presidida pelo deputado Rigo Teles (PV), pelo fato de ser o parlamentar com o maior número de mandatos na Casa.

Todos os 42 deputados participaram da votação, em chapa única. Após a proclamação do resultado, a nova Mesa Diretora, encabeçada pelo deputado Othelino Neto (PCdoB), foi declarada empossada. Eis a composição:

– Presidente – Othelino Neto (PCdoB)

– 1º vice-presidente – Glalbert Cutrim (PDT)

– 2º vice-presidente – Detinha (PR)

– 3º vice-presidente – Dra. Thaiza Hortegal (PP)

– 4º vice-presidente – Roberto Costa (MDB)

– 1ª secretária – Andréia Rezende (DEM)

– 2ª secretária – Dra. Cleide Coutinho (PDT)

3º secretário – Pará Figueiredo (PSL)

– 4ª secretária – Daniella Tema (DEM)

Transmissão ao vivo

A cerimônia de posse dos deputados e a eleição da Mesa Diretora foram transmitidas, ao vivo, pela TV Assembleia (canal aberto 51.2 / 17 TVN) e pelo site www.al.ma.leg.br/tv. Os internautas também podem acompanhar a cobertura das solenidades pelas redes sociais da TV Assembleia e Agência Assembleia.

Deputados fecham chapa “Democracia e Igualdade” com Othelino presidente

Com seu espírito conciliador e trabalho reconhecido na presidência da Alema, o atual presidente, Othelino Neto, deverá ser reconduzido ao cargo

Com a posse dos deputados estaduais e a eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão marcada para esta sexta-feira (1), o presidente Othelino Neto (PCdoB) fechou a chapa Democracia e Igualdade que será registrada pela manhã. Ele reuniu o grupo na tarde desta quinta-feira, 31.

A eleição para a Mesa Diretora caminha para ser decidida com tranquilidade. Com seu espírito conciliador e trabalho reconhecido na presidência da Alema, o atual presidente, Othelino Neto, deverá ser reconduzido ao cargo.

Com seu espírito conciliador e trabalho reconhecido na presidência da Alema, o atual presidente, Othelino Neto, deverá ser reconduzido ao cargo

Com articulações que contemplam todos os blocos parlamentares, a Mesa Diretora está praticamente fechada, faltando apenas a definição do bloco de oposição. No encontro, foram apresentado os parlamentares que deverão ser eleitos nesta sexta-feira.

Integrantes da chapa única “Democracia e Igualdade”:

Presidente – Othelino Neto (PCdoB)

1º Vice-Presidente – Glalbert Cutrim (PDT)

2º Vice-Presidente – Detinha (PR)

3º Vice-Presidente – Thaísa Hortegal (PP)

4º Vice-Presidente – destinado ao bloco de oposição

1ª Secretaria – Andréia Martins Resende (DEM)

2ª Secretaria – Dra. Cleide Coutinho (PSB)

3ª Secretaria – Pará Figueirêdo (PSL)

4ª Secretaria – Daniella Tema (DEM)

O deputado Roberto Costa (MDB) é candidato ao cargo de 4o Vixe-Presidente, mas como não foi indicado pelo bloco de oposição, por enquanto, concorre avulso. Mas pode ser incluído até minutos antes da eleição, se houver entendimento.