Prefeitura de São Luís segue com cronograma diário de serviços de infraestrutura e manutenção no período chuvoso

Os serviços de limpeza e desobstrução de galerias, bueiros e canais são realizados de forma contínua

Diariamente as equipes da Prefeitura de São Luís estão nas ruas executando serviços de manutenção asfáltica, desobstrução dos dispositivos de drenagem, além de melhoria e expansão  da iluminação pública em diversos locais da cidade. As ações, coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), integram o programa de infraestrutura da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior que tem intensificado os serviços durante o período de chuvas. O cronograma de manutenção asfáltica contemplou vários pontos da capital como as avenidas Getúlio Vargas e Guajajaras, no São Cristóvão; Alto do Calhau; Vila Luizão; Estrada do Rio Pimenta; Estrada Velha do Calhau; Avenida Brasil, na Chácara Brasil; Avenida Ivar Saldanha; São Luís Rei de França, no Turu, entre outras localidades.

As ações de recuperação asfáltica estão dando prioridade a ruas e avenidas de grande tráfego de veículos e transporte público. O trabalho visa minimizar os impactos das chuvas e garantir maior mobilidade para toda a população.

Os serviços de limpeza e desobstrução de galerias, bueiros e canais são realizados de forma contínua e regular para garantir vazão da água das chuvas e garantir o bom funcionamento do sistema de drenagem das águas pluviais em diversos pontos da capital. As equipes se concentraram na Coreia de Baixo, Vala da Macaúba; Rua Gregório de Matos, na Liberdade; e realizaram também limpeza de canal na Rua da Matança, no Anil.

Defesa Civil faz ações preventivas e dá dicas de segurança para período chuvoso

Além do acompanhamento climatológico, a Defesa Civil do Maranhão realizou de forma preventiva vistorias técnicas em edificações e áreas com risco de incêndios e desabamentos

Com a chegada do período de chuvas no Maranhão, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão (CEPDECMA) mantém monitoramento climatológico diário nos municípios de maior ocorrência histórica de desastres hidrológicos, como inundações, alagamentos e enxurradas.

De acordo com o CEPDECMA, o monitoramento é realizado com informações disponibilizadas pela Agência Nacional de Águas (ANA) e pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Quem também colabora com o acompanhamento são as Defesas Civis Municipais, que realizam, presencialmente, o controle de possível situação anormal, repassando de forma imediata qualquer alteração.

Além do acompanhamento climatológico, a Defesa Civil do Maranhão realizou de forma preventiva vistorias técnicas em edificações e áreas com risco de incêndios e desabamentos. Durante as visitas, foram emitidos laudos de engenharia e repassadas orientações de segurança à população em situação de risco.

Para este período de chuvas, o georreferenciamento e o levantamento do quantitativo dos casarões do Centro Histórico de São Luís são outras ferramentas utilizadas para prevenir acidentes. Casarões e Casas de Cultura são classificados com pequeno, médio ou alto risco de desabamento e/ou incêndio.

As chuvas intensas podem representar um grande risco à população. O cenário urbano, com áreas cada vez mais pavimentadas, dificulta a absorção da água. A concentração de lixos e a obstrução de bueiros também contribuem para o alagamento de vias públicas, sobretudo nas regiões mais baixas.

Prefeitura de São Luís reforça serviços preventivos para o período chuvoso na capital

No conjunto de ações está o monitoramento de áreas consideradas de risco, a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias, capina, roçagem e poda de árvores

Período chuvoso se aproximando e a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior executa uma série de ações preventivas de monitoramento, limpeza e desobstrução do sistema pluvial da capital com fins a minimizar os riscos à população da capital. Assim, a Prefeitura de São Luís tem intensificado as atividades rotineiras do cronograma de serviços, priorizando áreas de maior risco de acúmulo de água. No conjunto de ações está o monitoramento de áreas consideradas de risco, a limpeza com retirada de sedimentos, desobstruções de bueiros e galerias, capina, roçagem e poda de árvores. A manutenção do sistema de trânsito também integra as atividades.

Para as áreas de risco, a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), por meio da Defesa Civil Municipal elaborou plano de contingência para atender demandas nos locais de ocorrências. O planejamento envolve secretarias municipais e tem apoio de parceiros como a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Exército. Paralelo ao trabalho técnico, a instituição desenvolve atividades educativas junto aos moradores, orientando sobre perigos e como agir em caso de possíveis deslizamentos ou desabamentos.

“Seguido orientação do prefeito Edivaldo para garantir a segurança, desenvolver ações sociais e de prevenção aos que residem nessas áreas elaboramos um plano de contingência para ações nas quais sejam necessários fazer atendimento nos locais e também deslocamento de pessoas”, frisou o secretário da Semusc, Heryco Coqueiro.

A superintendente da Defesa Civil Municipal, Elitânia Barros, explica que o trabalho faz parte do planejamento continuado do órgão que é ligado à Semusc, vem sendo intensificado por conta das chuvas fortes que caíram na capital no fim de novembro. “Tivemos uma chuva atípica que trouxe problemas em áreas já consideradas de risco, mas a equipe mantém o monitoramento e vistorias nestes locais para evitar maiores prejuízos aos moradores e seus imóveis”, reforça Elitânia Barros.

Paralelo às ações de monitoramento, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), trabalha na desobstrução e limpeza de bueiros e galerias, com serviço mecanizado e apoio de caminhões hidrojato. Na ação é realizada a retirada de sedimentos – barro, arenosos e matagal. Por ocasião das chuvas, pode ocorrer arrastão de material arenoso para galerias e bueiros, causando obstrução. Os serviços prepararam as áreas em caso de grande volume de chuvas.

“Devido às chuvas em nossa cidade nos últimos dias, bem como a indicação da continuidade para os próximos dias, estamos intensificando os serviços de limpeza e desobstrução de bueiros e galerias pela cidade. Esse trabalho preventivo, que a gestão do prefeito Edivaldo realiza de forma permanente na manutenção do sistema de drenagem urbana da cidade, é de suma importância para garantir a funcionalidade do uso do solo urbano no período chuvoso”, reforça o titular da Semosp, Antônio Araújo.