Pesquisa DataM: Edivaldo abre mais de 14 pontos na frente de WC

 

pesquisa-datam

pesquisa-espontanea

O candidato do PDT, Edivaldo Holanda Junior, continua liderando com folga a corrida para a disputa da Prefeitura de São Luís, segundo nova pesquisa divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Instituto Data M. De acordo com o placar das intenções de voto, o  pedetista mantém a vantagem de mais de 14 pontos sobre Wellington do Curso (PP).

Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo está com 40,7% de intenções de voto, Wellington do Curso com 25,8%, Eliziane Gama (PPS) com 7,8%, Fábio Câmara (PMDB) com 3,0%, Eduardo Braide (PMN) com 2,2%, Rose Sales (PMB) com 1,5%, Cláudia Durans (PSTU) com 1,4%, Zé Luis Lago (PPL) com 0,5% e Valdeny Barros (PSOL) não pontuou. 11,5% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 5,6% não sabem ou não responderam.

Na sondagem espontânea, onde não são apresentados os nomes dos candidatos, Edivaldo também lidera com 36,4% das intenções de voto, seguido de Wellington do Curso com 22,2%, Eliziane Gama com 5,9%, Fábio Câmara 2,3%, Eduardo Braide 1,7%, Cláudia Durans 1,0%, Rose Sales 0,9%, e Zé Luís Lago 0,2%. 10,1% disseram que não irão votar em prefeito e 19,3% não sabem ou não responderam.

A pesquisa revelou também que 62,9% dos eleitores acreditam na vitória de Edivaldo. 16,8% apostam em Wellington, 4,5% em Eliziane, 0,9% em Fábio Câmara, 0,8% em Cláudia Durans, 0,6% em Eduardo Braide, 0,4% em Zé Luis Lago, 0,2% em Rose Sales, 0,2% em Valdeny Barros, 3,4% nenhum deles e 9,1% não sabem ou não responderam.

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Edivaldo venceria os seus principais adversários. Em uma possível disputa com a candidata do PPS, Eliziane Gama, o pedetista seria reeleito com 48,6% das intenções de voto, contra 25,5% da adversária Eliziane Gama. 20,5% não votariam em nenhum deles e 5,4% não sabem ou não responderam.

Em um segundo cenário de segundo turno entre Edivaldo e Wellington do Curso, Edivaldo também sairia vitorioso com 42,2% das intenções de voto, contra 40,1% de Wellington. 12,7% não votariam em nenhum deles e 4,9% não sabem ou não responderam.

Na simulação de uma possível disputa entre Eliziane Gama e Wellington do Curso. Wellington aparece com 51,4% das intenções de voto contra 20,1% de Eliziane. 23,7% não votariam em nenhum deles e 4,7% não sabem ou não responderam.

Votos válidos

Considerando os votos válidos – direcionados a um candidato e que não incluem os brancos e nulos – Edivaldo atinge mais de 50% dos votos, sendo reeleito no primeiro turno.

Rejeição

A Data M também mediu a rejeição eleitoral dos candidatos. Eliziane Gama continua na frente sendo rejeitada por 22,9% dos eleitores, seguida de Edivaldo com 18,3%, menor índice já apresentado. Fábio Câmara aparece com 7,4%, Zé Luis Lago 5,9%, Wellington do Curso 5,4%, Rose Sales 3,9%, Eduardo Braide 3,3%, Cláudia Durans 3,1% e Valdeny Barros 2,8%. 17,4% disseram que votariam em todos e 9,8% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi encomendada pela TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, e registrada na Justiça Eleitoral, no dia 10 de setembro, sob o protocolo MA­09812/2016.

A Data M ouviu 1.000 eleitores, entre os dias 11 e 14 de setembro, em vários bairros da capital. A margem de erro da pesquisa é de 3,1% para mais ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.

Roberto Rocha lidera para o Senado, segundo DataM

Roberto Rocha segue liderando para o Senado e Flávio Dino para o governo do Maranhão

Roberto Rocha segue liderando para o Senado e Flávio Dino para o governo do Maranhão

Na pesquisa de intenção de votos para o Senado, realizada pelo instituto candidato da coligação Todos Pelo Maranhão também lidera. Roberto Rocha tem 29% das intenções de votos contra 20% de Gastão Vieira. Haroldo Sabóia, do PSOL, tem 5,6%; Marcos Silva (PSTU) tem 4%. Branco e nulo somam 24%.

A pesquisa Data-M ouviu 1.500 pessoas, entre os dias 21 a 24 de agosto e foi registrada no TRE sob a inscrição 037/2014. A margem de erro do questionário é de 3 pontos para mais ou menos.

Na campanha para o Senado, o campeão de rejeição também é o candidato da família Sarney, Gastão Vieira, com 17%. Ele é seguido por Saboia, com 11% e Rocha, com 9%.

Para Roberto Rocha, que intensifica a campanha a cada dia, chegou a hora de virar a página. Segundo ele, com todos os estados em desenvolvimento, o Maranhão não pode ficar parado. Para isso, acredita que a população dará esse voto de confiança.

“Eu e o Flávio estamos liderando as pesquisas, mas pesquisa é apenas intenção de voto. Para vencer, precisamos que os maranhenses garantam a vitória do Maranhão. Temos que mudar o nosso Estado e para isso temos que mudar a política”, disse Roberto Rocha.

Segundo DataM, Flávio Dino tem 58,2% contra 20,7% de Lobinho

Do Atos e Fatos com edição

pesquisa data m

Flávio Dino continua liderando pesquisas

Flávio Dino continua liderando pesquisas

Com vantagem de quase 38 pontos em relação ao segundo colocado na última pesquisa DataM, se as eleições fossem hoje, o pré-candidato do PCdoB, Flávio Dino (PCdoB), teria 58,2% dos votos maranhenses contra 20,7% do pré-candidato do PMDB e do grupo Sarney ao governo, Edinho Lobão Filho (PMDB).

A amostragem foi realizada em 50 municípios e ouviu 1499 eleitores de todas as regiões do estado entre os dias 18 e 23 de junho. Seu registro está na Justiça Eleitoral com protocolo MA-0015/2014 e BR-00183/2014.

Às vésperas das convenções que confirmarão as candidaturas partidárias, a pesquisa DataM/Atos e Fatos avaliou o desempenho de todos os pré-candidatos com candidaturas colocadas até o momento. Em terceiro lugar estaria José Luís Lago (PPL) com 1,5%, seguido de Saulo Arcângeli (PSTU) com 0,9% e Antonio Pedrosa (PSOL) com 0,3%. Brancos e nulos somam 5% e não responderam resultam 13,5% dos entrevistados.

Polarização

Lobinho tem 20,7% antes de iniciar campanha

Lobão Filho tem 20,7% antes de iniciar campanha

Este é o cenário que dá início às eleições de 2014 no Maranhão, que promete ser polarizada entre Flávio Dino e Edinho Lobão Filho. O primeiro representando o grupo de oposição e o segundo com apoio do grupo Sarney.

Num eventual segundo turno, em que haveria disputa direta entre os dois, Flávio Dino venceria com 62,9% dos votos contra 21,8% de Edinho Lobão Filho. 10,6% não souberam responder e 4,6% disseram que votariam em branco ou nulo.

No cenário vizinho ao início da disputa eleitoral, Flávio Dino mantém a vantagem nas pesquisas que tem sido divulgadas desde 2013.

Roberto Rocha lidera pesquisa para o Senado

Vice-prefeito lidera pesquisa

Vice-prefeito lidera pesquisa

O vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), lidera a pesquisa de intenção de voto realizada pelo Instituto Data M, entre os dias 18 e 23 de julho, com 1.499 eleitores em todo o Maranhão. A amostragem foi registrada, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), sob os protocolos MA-0015/2014 e BR-00183/2014

Roberto Rocha aparece com 35,8% das intenções de votos, seguido do ex-ministro Gastão Vieira (PMDB), com 19,2%. Haroldo Saboia (PSOL) tem 10% e a professora Claudiceia Durans (PSTU) 1,9%.

A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

GOVERNO E SENADO – DataM divulga nova pesquisa com eleitores de São Luís

Sua Cidade

grafico-1Pesquisa divulgada nesta terça-feira (18) pelo Instituto DataM de São Luís mostra vantagem virtual do candidato ao governo do estado Flávio Dino (PCdoB). O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob número MA-00004/2014.

Na disputa com os candidatos Eliziane Gama (PPS), Luís Fernando (PMDB), Hilton Gonçalo (PDT), Zé Luís Lago (PPL) e Pedrosa (PSOL), Dino sai na frente com 38,1% da preferência do eleitorado.

Eliziane Gama fica na segunda colocação com 17,5%, Luís Fernando com 9,4%. Em seguida aparece Hilton Gonçalo com 0.1%. Os demais candidatos não apresentaram pontos expressivos. Votos nulos corresponderam a 24,8% da pesquisa. Não sabem ou não responderam 10%.

A vantagem de Dino para o governo aparece também na pesquisa espontânea – quando nenhum candidato é apresentado ao eleitor. Nesse quadro, Dino ficou com 18,7%; em segundo, aparece Eliziane Gama com 4,7%.

Roseana Sarney (que não poderá ser candidata) aparece com 0,5% das intenções de voto, seguida pelo ex-prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB) com 0,3%. O senador João Alberto (PMDB) foi lembrado por 0,1% dos entrevistados, mesma pontuação obtida pelo vice prefeito Roberto Rocha (PSB).

Levantamento

O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 15 de fevereiro e ouviu 800 pessoas moradoras do município de São Luís. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

O candidato Luís Fernando aparece com o maior índice de rejeição entre os eleitores consultados pelo Data M: com 29,7%.

Disputa pelo Senado

Considerando Roberto Rocha (PSB) e Roseana Sarney (PMDB) como candidatos virtuais ao Senado, o vice prefeito lidera a pesquisa com 32,7% da preferência de voto; Roseana Sarney aparece com 16,1%; “nenhum deles” recebeu 35,9 e 15,3% não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder.

A governadora Roseana Sarney, segundo a pesquisa do DataM, lidera no índice de rejeição entre os 800 entrevistados, com 46,4%.