MDB adia decisão sobre apoio em São Luís

A decisão sobre quem o partido vai apoiar na capital maranhense seria no dia 15 de agosto, mas a data foi alterada para depois do dia 25 do mês corrente.

O imbróglio envolvendo a decisão do MDB sobre o apoio na disputa de São Luís vai se estender por mais alguns dias. Segundo o vice-presidente da sigla, deputado Roberto Costa, a decisão sobre quem o partido vai apoiar na capital maranhense seria no dia 15 de agosto, mas a data foi alterada para depois do dia 25 do mês corrente.

Após se reunir com Roseana Sarney, o deputado informou que será feita uma nova pesquisa para a tomada de decisão e acrescentou que o melhor posicionado e com os ideais próximo ao partido será o escolhido.

O fato é que o apoio do MDB vem sendo disputado por vários pré-candidatos, dentre eles o juiz aposentado Carlos Madeira, que vem oferecendo a vaga de vice-prefeito para o partido, o que resultaria na dobradinha SD-MDB. O deputado estadual Dr Yglesio também está de olho no apoio da legenda, visto que o seu partido, o PROS, possui apenas  10 segundos de propaganda partidária.

O deputado Adriano Sarney não esconde seu desejo de também contar com o apoio do MDB, fato repercutido pelo deputado estadual César Pires, que defende ser uma “incoerência enorme os dois partidos separados na disputa municipal”.

Mesmo tendo preferência por Neto Evangelista, o MDB ainda teria que concorrer com o PSL, PDT e PTB para indicar o vice. Roberto Costa também conversou com o vice-governador Carlos Brandão, com o pré-candidato Rubens Júnior e ainda existe uma corrente interna do partido que defende uma possível aliança com Eduardo Braide.

Diante do cenário, praticamente todos os pré-candidatos ainda tem chances de receber o apoio do MDB, que oferece um tempo de propaganda partidária considerável, o suficiente para impulsionar qualquer um para o segundo turno ou até mesmo a vitória.

Em São Luís, MDB poderá apoiar Neto Evangelista na disputa pela prefeitura

Em entrevista ao jornal A Tarde, o presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi, falou sobre o diálogo que vem tendo com o DEM.

Os dois partidos saíram recentemente do Centrão e hoje se apresentam como independentes na Câmara, o que gerou o afastamento do governo Bolsonaro.

Em São Luís, o MDB, que está sob a coordenação do deputado estadual Roberto Costa, ainda não definiu quem apoiará para prefeito, mas a união das duas legendas a nível nacional, pode acabar refletindo na eleição da capital, o que poderá direcionar o apoio da sigla ao pré-candidato Neto Evangelista (DEM).

Nacionalmente, o PDT, que em São Luís declarou apoio a Neto, também tem se aproximado do MDB. É aguardar as próximas movimentações.

Roseana deve participar das eleições municipais de olho em 2022

A live entre Roseana Sarney e o deputado estadual Roberto Costa fez sucesso nas redes

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) deve participar, assiduamente, das eleições municipais em 2020.

A política vem realizando lives e debatendo assuntos sobre o pleito.

Sumida desde o resultado das eleições de 2018, quando perdeu para o governador Flávio Dino (PCdoB), Roseana afirma que está empolgada com o retorno dos internautas e o sucesso das transmissões nas redes sociais.

O plano da ex-governadora é está presente nas campanhas dos candidatos a prefeito do MDB no estado e já preparar um retorno em 2022, de olho na vaga do senado.

Othelino reforça harmonia entre o Legislativo e o MP em visita ao procurador-geral de Justiça

Além de discutir parcerias futuras com a instituição, o chefe do Legislativo Estadual entregou uma cópia da Constituição Estadual Anotada ao procurador-geral de Justiça e desejou, mais uma vez, êxito na condução da instituição

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), reforçou o relacionamento harmonioso e independente que há entre o Parlamento Estadual e o Ministério Público do Maranhão, em visita ao procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, nesta sexta-feira (17).

O deputado Roberto Costa (MDB), o procurador-geral da Alema, advogado Tarcísio Araújo, e membros da nova diretoria do MPMA, empossada no mês de junho, também participaram do encontro.

Além de discutir parcerias futuras com a instituição, o chefe do Legislativo Estadual entregou uma cópia da Constituição Estadual Anotada ao procurador-geral de Justiça e desejou, mais uma vez, êxito na condução da instituição, cuja principal missão é defender os interesses da sociedade. 

“Além disso, buscamos reforçar essa relação de harmonia não só entre os poderes, mas também com os órgãos e instituições como o MP. Com essa relação respeitosa e, claro, independente, a sociedade é quem ganha”, afirmou Othelino.

Eduardo Nicolau pontuou o entrosamento que o MPMA tem não só com o Poder Legislativo, mas, também, com o Executivo e o Judiciário, sempre trabalhando em prol do povo do Maranhão. “Eu, do Ministério Público, sou o maior defensor daqueles com maior estado de necessidade. Estou com essa batalha diária e não estou só. Tenho certeza que tenho ao meu lado os deputados estaduais e federais, o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça. Juntos, de braços dados, vamos melhorar a situação da população carente do Maranhão”, disse.

Diálogo

O deputado Roberto Costa destacou a importância da atuação do Ministério Público nos municípios maranhenses, principalmente neste momento de enfrentamento à pandemia da Covid-19, orientando os gestores municipais e discutindo propostas para a garantia do cumprimento de determinações legais. “O Poder Legislativo sempre caminhou de mãos dadas com o Ministério Público, respeitando, claro, a independência das instituições, mas sabendo que o diálogo é necessário para a construção de propostas que venham a beneficiar a população”, assinalou.

“Não há dúvidas de que o Ministério Público é um parceiro nas conquistas em prol da sociedade, e o presidente Othelino, com essa visita, também colocou a Procuradoria da Assembleia à disposição da instituição para qualquer comunicação necessária”, completou Tarcísio Araújo.

Também estiveram presentes a corregedora-geral do MP, Themis Maria Pacheco de Carvalho; a subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Administrativos, Regina Maria da Costa Leite; a subprocuradora-geral de justiça para Assuntos Jurídicos, Lize de Maria Brandão de Sá Costa; e a procuradora de Justiça Mariléa Campos dos Santos Costa.

Assembleia aprova envio de mensagem de solidariedade a Alcione após cantora sofrer ataques racistas

Na mensagem, os deputados repudiam com veemência as declarações feitas por Sérgio Camargo e reafirmam a profunda admiração que têm pela artista, carinhosamente conhecida como “Marrom”.

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou o envio de mensagem de solidariedade à cantora maranhense Alcione Nazareth, que recentemente foi alvo de declarações racistas e preconceituosas proferidas pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo. O requerimento, de autoria do presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PCdoB), e do deputado Roberto Costa (MDB) foi subscrito pelos deputados Zé Inácio (PT) e Duarte Jr. (Republicanos), sendo aprovado por unanimidade pelos parlamentares, durante a 9ª Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência realizada nesta terça-feira (9).

Na mensagem, os deputados repudiam com veemência as declarações feitas por Sérgio Camargo e reafirmam a profunda admiração que têm pela artista, carinhosamente conhecida como “Marrom”. Os parlamentares também exaltam a sua coragem em, no exercício da sua atividade artística, denunciar com bravura e altivez toda forma de violência e de preconceito contra o povo negro do Brasil.

“A Assembleia Legislativa aprovou, hoje, o envio de uma mensagem de solidariedade à cantora Alcione, em razão das palavras grosseiras de que ela foi vítima, proferidas pelo presidente da Fundação Palmares, que não cumpre com o seu dever e, além de agredir a artista, uma expoente da cultura maranhense e brasileira, ainda ofende o povo negro e aqueles que defendem as lutas da comunidade negra no Brasil. Este senhor, que hoje preside a Fundação Palmares, em breve vai passar, e figuras como a Alcione, que é um orgulho do Maranhão e do Brasil, continuarão enchendo de alegria o povo brasileiro”, declarou Othelino Neto.

O deputado Roberto Costa também se manifestou a respeito das declarações consideradas racistas, misóginas e xenofóbicas proferidas por Sérgio Camargo e saiu em defesa da sambista. “São um retrato da onda do ódio e do racismo estrutural ainda presentes em nossa sociedade. Quando essas ofensas partem de um agente público, que por força de sua missão institucional tem o dever de zelar pelos princípios basilares do Estado de Direito, dentre os quais o princípio da dignidade da pessoa humana, é que nos deve causar maior preocupação”, completou o parlamentar.

A declaração de Sérgio Camargo foi uma resposta ao desabafo de Alcione, que comentou um áudio de uma reunião, no dia 30 de abril, em que o presidente da Fundação Palmares chamou o movimento negro de “escória maldita” e disse que, enquanto ele estiver no cargo, “macumbeiro não vai ter nem um centavo”.

Camargo dirigiu-se a Alcione como “barraqueira, que incita o crime e à violência contra um negro que tem opiniões próprias”, além de tecer críticas ao trabalho da artista. A cantora maranhense recebeu o apoio de diversas personalidades da classe artística, que se mobilizaram e saíram em sua defesa.

CPI da Educação realiza primeira reunião de trabalho e aprova planejamento de atividades

A CPI tem como objetivo apurar irregularidades praticadas por escolas da rede privada do Maranhão relacionadas à adoção de sistemas de ensino com venda exclusiva nas escolas e de sistemas bilingues sem prévia justificativa e com valores acima do mercado

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Educação realizou a primeira reunião de trabalho, na tarde de segunda-feira (2), na Sala das Comissões, sob a presidência do deputado Roberto Costa (MDB). Na ocasião, a CPI deliberou sobre o planejamento e cronograma de atividades, definindo que as reuniões acontecerão todas as terças-feiras, às 14h30, a partir do próximo dia 10.

Além do deputado Roberto Costa, participaram da reunião, como membros titulares, os deputados Fernando Pessoa (Solidariedade), vice-presidente da CPI; Rafael Leitoa (PDT), relator da Comisão, e Wendel Lajes (PMN). Como membros suplentes estavam Zito Rolim (PDT) e Antônio Pereira (DEM). E, ainda, o defensor público estadual Luís Otávio Rodrigues.

Na reunião, foi deliberado, também, convidar o Ministério Público Estadual (MPE) e a Defensoria Pública Estadual (DPE) para funcionarem como órgãos auxiliares na condução dos trabalhos a serem desenvolvidos pela CPI, assim como o presidente do Conselho Estadual de Educação, o Procon, representantes de pais e alunos e proprietários de escolas particulares, para prestarem esclarecimentos, na reunião do próximo dia 10 de março.

A CPI da Educação foi instalada no dia 19 de fevereiro e é constituída por sete deputados titulares e sete suplentes. Tem como objetivo apurar, no prazo de 120 dias, irregularidades praticadas por escolas da rede privada do Maranhão relacionadas à adoção de sistemas de ensino com venda exclusiva nas escolas e de sistemas bilingues sem prévia justificativa e com valores acima do mercado, reajustes injustificados no valor das mensalidades, cobranças de taxas genéricas e de materiais de uso exclusivo coletivo.

Para o deputado Rafael Leitoa, relator da CPI, é preciso encontrar soluções para os problemas denunciados, envolvendo escolas da rede privada de ensino em práticas abusivas nas relações de consumo entre a instituição e os contratantes do serviço educacional. “Segundo denúncias que chegam ao nosso conhecimento, as irregualridades cometidas pelas escolas da rede particular de ensino do Maranhão vêm acontecendo desde 2011. Até a formação acadêmica dos professores dessas escolas é objeto de denúncia. Queremos investigar tudo isso e propor soluções para esses problemas”, afirmou.

Integram a CPI na qualidade de membros titulares e suplentes, respectivamente, os deputados Rafael Leitoa (PDT-BPUPM), Zé Inácio Lula (PT) Duarte Junior (Republicamos) e Wendel Lages (PMN); Fernando Pessoa (Solidariedade); Roberto Costa (MDB) e Hélio Soares (PL); Zito Rolim (PDT), Paulo Neto (DEM), Pará Figueiredo (PSL) e Antônio Pereira (DEM); Dra. Thaisa Hortegal (PP); Adriano (PV) e Leonardo Sá (PL).

A criação da CPI da Educação começou a ser discutida a partir da sessão ordinária realizada no dia 4 de janeiro, quando o deputado estadual Duarte Jr. propôs a sua instalação, com o objetivo de combater a mercantilização do ensino nas escolas particulares de São Luís, conforme denúncias apresentadas ao parlamentar por mães, pais e representantes de alunos.

MDB insiste em pré-candidatura de Roseana Sarney em São Luís

Governadora por quatro mandatos, Roseana Sarney disputaria a eleição pela prefeitura da capital pela primeira vez

Ao que tudo indica, o MDB deve insistir na pré-candidatura da ex-governadora Roseana Sarney, em São Luís. O presidente municipal da legenda, o deputado estadual Roberto Costa, esteve reunido com ela e reafirmou as conversas sobre a possibilidade de entrar na disputa.

“Encontro muito agradável com a ex-governadora Roseana. Conversamos bastante sobre a atuação do nosso partido em todo o Maranhão. Na pauta, a nossa querida São Luís, os projetos e caminhos para a eleição de outubro. Reafirmamos a decisão do MDB pela candidatura de Roseana. Além de inúmeras obras realizadas por toda a cidade, reconhecidas pela nossa população, Roseana tem uma ligação muito forte com São Luís. É essa relação de carinho e proximidade com as pessoas que nos motiva a encarar novos desafios”, escreveu Roberto Costa.

Governadora por quatro mandatos, Roseana Sarney disputaria a eleição pela prefeitura da capital pela primeira vez. Vale lembrar que a ex-governadora ainda não decidiu se vai disputar mais uma eleição.

Roberto Costa afirma que MDB já definiu nome de Roseana Sarney para disputa em São Luís

Vale lembrar que, para pessoas mais próximas, a ex-governadora já afirmou que não pretende entrar na disputa pela prefeitura de São Luís

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) voltou a defender, durante discurso na Assembleia Legislativa, que seu partido lance o nome da ex-governadora Roseana Sarney como candidata a prefeita de São Luís, em 2020.

“O nosso partido, tanto o Diretório Municipal de São Luís como o Diretório Estadual do partido, tomou uma posição em relação a São Luís, onde nós teremos uma candidatura própria a prefeito. Nós temos vários nomes que já foram discutidos e que estão sendo discutidos no partido, mas o partido tomou uma decisão muito clara e definitiva de que é para a cidade de São Luís apresentar o nome da ex-Governadora Roseana para disputar a Prefeitura de São Luís pelo MDB. É uma decisão que o partido toma no sentido, primeiro, de respeitar todo o legado da Governadora Roseana por tudo o que ela fez pela cidade de São Luís”, disse Roberto Costa.

O parlamentar prosseguiu falando dos argumentos da defesa da ex-governadora pela legenda. “As grandes obras estruturantes passaram pela Roseana. A avenida Via Expressa, a avenida IV Centenário, os viadutos, os Viva’s, as UPAs, tudo foi construção dela. Por isso a proposta que nós temos é a candidatura da ex-governadora Roseana Sarney”, afirmou.

Vale lembrar que, para pessoas mais próximas, a ex-governadora já afirmou que não pretende entrar na disputa pela prefeitura de São Luís e que segue afastada da política.

Após anos de união, MDB e PV estarão em palanques separados

Roberto Costa já afirmou que o MDB não vai apoiar um nome do PV de Adriano Sarney, confirmando os planos do presidente da legenda, João Alberto

Ao que tudo indica, duas legendas com históricos no grupo Sarney, MDB e PV, estarão em palanques separados nas eleições pela prefeitura de São Luís, em 2020.

O PV, presidido no Maranhão pelo deputado estadual Adriano Sarney, já bateu o martelo e deve lançar um nome para a prefeitura da capital e este, deve ser o próprio Adriano, que para aliados, já declarou que vai entrar na disputa em qualquer das circunstâncias.

Já o MDB, presidido pelo ex-senador João Alberto, trabalha pela escolha de um outro nome que represente o esforço de reerguer o MDB no estado. Resume-se que este não seja um nome do PV.

Até mesmo o deputado estadual Roberto Costa, aliado de primeira hora de João Alberto, já afirmou que as únicas opções debatidas dentro do MDB são, lançar um nome próprio ou apoiar a candidatura do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), afastando de vez o apoio ao nome de Adriano Sarney.

Sem a união das duas legendas, o grupo Sarney pode ter nas eleições de 2020, uma outra derrota, complicando seus planos de voltar ao poder em 2022.