Sampaio Corrêa vence Confiança e está na final da Série

Os maranhense já tinham a vantagem por ter vencido por 2 a 0 fora de casa e avançaram com o placar agregado de 3 a 0

O Sampaio Corrêa recebeu o Confiança-SE neste sábado, pela volta das semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro, e bateu a equipe sergipana por 1 a 0. Os maranhense já tinham a vantagem por ter vencido por 2 a 0 fora de casa e avançaram com o placar agregado de 3 a 0.

O único tento da partida foi marcado aos 23 minutos do 2º tempo. Após jogada de Esquerdinha, a bola chegou livre para o zagueiro Vítor escorar para as redes. O Sampaio Corrêa busca o bicampeonato da terceira divisão. Os maranhenses venceram em 1997 e foram vice-campeões em 2013.

Agora a Bolívia Querida espera o vencedor entre Juventude e Náutico, que jogam a volta neste domingo, para conhecer o adversário da decisão. Na ida, os gaúchos venceram por 2 a 1 dentro de casa.

Governador Flávio Dino comemora com o Sampaio Corrêa acesso maranhense à Série B

Os jogadores e comissão técnica agradeceram o apoio do executivo estadual, especialmente através da Lei de Incentivo ao Esporte.

A campanha vitoriosa, que garantiu ao Sampaio Corrêa o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2020, foi um dos destaques da visita do time de futebol maranhense ao governador Flávio Dino, nesta terça-feira (10), no Palácio dos Leões. Na ocasião, os jogadores e comissão técnica agradeceram o apoio do executivo estadual, especialmente através da Lei de Incentivo ao Esporte.

“É uma preocupação do chefe do executivo estadual com o esporte. O apoio que nós já tivemos, que os clubes do futebol maranhense tiveram, veio através da lei de incentivo ao esporte, que é um instrumento, claro, que tem que partir do executivo”, afirmou o presidente do clube Sérgio Frota.

O acesso à série B foi alcançado após a vitória contra o São José (RS), na segunda-feira (09), em jogo no Castelão. Com o placar de 3 a 2, o time maranhense se classificou para as semifinais da série C e vai enfrentar o Confiança (SE).

O governador Flávio Dino comemorou o resultado com os jogadores e ressaltou o papel social do esporte. “É um grande êxito o acesso à Série B. Nós ficamos felizes com o futebol maranhense alcançando grandes resultados. Apoiamos todos os anos o campeonato maranhense e, ao mesmo tempo, acompanhamos os nossos atletas em competições nacionais e internacionais, como as medalhas nos jogos Pan-Americanos, recentemente o título do Basquete Feminino do Sampaio Corrêa e agora o acesso à série B do futebol”, afirmou o governador.

Os jogos do Sampaio, na próxima fase, serão realizados nos dias 14 e 21 deste mês.

Sampaio Corrêa garante acesso à série B de 2020

Sampaio Corrêa vai disputar série B em 2020

Pelo menos dois nordestinos estarão na Série B da próxima temporada. As quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série C tiveram dois confrontos definidos ontem e Sampaio Corrêa e Confiança garantiram a vaga na divisão, ao passar pelos gaúchos São José e Ypiranga, respectivamente.

A tensão por pênaltis afligiu os torcedores do Sampaio Corrêa. Mas, a Bolívia Querida garantiu o acesso por 3 a 2, no estádio Castelão, em São Luiz do Maranhão.

Tudo parecia tranquilo, quando Rodrigo Andrade marcou de pênalti para o maranhense, aos 12 minutos do primeiro tempo. Assim, o jogo seguiu por mais de 50 minutos.

Aos 16 do segundo tempo, Lucão igualou o placar, encaminhando a partida para a disputa das penalidades. Então, abriu-se a porteira. Três minutos depois, o Tubarão voltou a mandar no placar, com gol de Salatiel, de cabeça. A reação gaúcha foi rápida e um minuto depois Matheusinho fez o 2×2.

A garantia do retorno do Sampaio à Série B veio aos 32 minutos da etapa final, com um gol contra. Luiz Eduardo mandou para sua própria rede e deixou pelo caminho o sonho do acesso do São José.

Sampaio vai enfrentar Palmeiras pela Copa do Brasil

O jogo de ida será em São Luís e o de volta em São Paulo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu, em sorteio na tarde desta quinta-feira (02), os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil 2019.

O Palmeiras, que venceu a competição pela última vez em 2015, encara o Sampaio Corrêa. Será o terceiro encontro entre as equipes no torneio. Em todas, o Palmeiras levou a melhor e avançou.

O jogo de ida será em São Luís e o de volta, partida que decide vagas às quartas da competição nacional, está marcado para São Paulo.

Governo do Maranhão destina R$ 1,2 milhão a clubes maranhenses de futebol

A ação é realizada por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, desenvolvida em parceria com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

O governador do Maranhão, Flávio Dino e o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, entregaram, na manhã desta terça-feira (19), o certificado de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2019. A ação é realizada por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, desenvolvida em parceria com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar). A iniciativa destinou R$ 1,2 milhão em apoio a oito equipes maranhenses.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino destacou sobre a importância de subsidiar ações esportivas, contribuindo com o desenvolvimento dos atletas e dos clubes maranhenses. “O Brasil é um país marcado por muitas desigualdades sociais, e isso faz com que qualquer despesa pública seja questionada. Por isso, faço questão de enaltecer que o esporte jamais deve ser visto como mau uso de dinheiro público.  Sabemos dos efeitos benéficos que uma política pública para o esporte traz.  Realizamos esse investimento todos os anos com convicção, porque achamos que o esporte é fundamental para que haja a qualidade de vida do cidadão, o bem viver, assim como também o incentivo a prática saudável ”, comentou.

O governador deu ênfase a edição do evento de 2019 por estar vinculado ao mês dedicado às campanhas de proteção a mulher, em razão do dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. “Nós estamos integrando os times de futebol e os dirigentes, todos aqueles que fazem o campeonato maranhense nesse esforço de difusão de uma cultura da paz e de garantia dos direitos humanos, marcadamente no que se referem as campanhas da Secretaria de Estado da Mulher”, frisou.

À frente da Secretaria de Esporte e Lazer, o secretário Rogério Cafeteira pontuou o papel do Estado no incentivo à prática esportiva. “Esse certificado, que representa o total aporte financeiro que o Governo do Maranhão propicia aos atletas tem como função o fomento as categorias da série A, e, neste ano, em especial, o custeio da campanha de combate a violência contra a mulher, além de todo o apoio logístico do futebol maranhense de 2019. A ideia é garantir a participação dos atletas em competições nacionais, elevando os times maranhenses”, avaliou.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, falou do atual cenário do futebol maranhense. “Hoje nós estamos no momento do futebol onde temos 3 representantes na Copa do Brasil, coisa que nunca havia acontecido na história do futebol maranhense. Com esse apoio, já estamos vendo os nossos times evoluindo. Sérgio Frota colocou o Sampaio na série B e espero que o retorne. O Maranhão Atlético Clube sempre teve uma administração bem realizada e a agora o Moto Clube que está se organizando para ir em primeiro lugar na tabela. Fatos que deixam o esporte maranhense mais empolgado”, analisou.

Representantes do Cordino Esporte Clube, Pinheiro Atlético Clube, Sociedade Imperatriz de Desportos, Maranhão Atlético Clube, Moto Club de São Luís, Sampaio Corrêa Futebol Clube, Santa Quitéria Futebol Clube e São José de Ribamar Esporte Clube, receberam o certificado de colaboração do Governo do Estado.

Sampaio Corrêa conquista título inédito da Copa do Nordeste

Com a conquistas, o time do técnico Roberto Fonseca faz história como o primeiro do Maranhão a levantar a taça mais importante da região e ainda garante uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019

O Sampaio Corrêa é o campeão da Copa do Nordeste de 2018, um título inédito para a “Bolívia Querida”. De forma heroica, assim como foi toda a campanha até a final, o clube maranhense segurou o empate por 0 a 0 contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, e calou mais de 45 mil torcedores em Salvador. Com a conquistas, o time do técnico Roberto Fonseca faz história como o primeiro do Maranhão a levantar a taça mais importante da região e ainda garante uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019.

Depois de eliminar o Vitória nas quartas de final e o ABC na semifinal, com jogos duríssimos fora de casa, o Sampaio Corrêa já tinha dado indícios que não tem medo de jogar pressionado contra estádios lotados. Em Salvador, o time maranhense resistiu à pressão, soube sofrer e, mesmo sem ficar com a bola, deu pouquíssimas chances para o adversário. O goleiro Andrey quase nem foi acionado durante o jogo e saiu praticamente sem suar o uniforme.

Leia mais: Após eliminação, Neymar diz que vive momento mais triste da carreira

Com o título, o clube leva para casa R$ 3,375 milhões de premiação, sendo R$ 1,5 milhão só da final – o Bahia já tinha R$ 2 milhões da campanha, somada aos R$ 600 mil do vice. Com a vaga nas oitavas da Copa do Brasil, o Sampaio Corrêa também já pode contar com R$ 2,5 milhões da principal competição do país em 2019.

Como já é tradição em Salvador, a torcida do Bahia não decepcionou na recepção aos jogadores. As ruas em torno da Arena Fonte Nova foram tomadas pelos torcedores, que acompanharam o ônibus até a porta do estádio, apoiando o elenco que entraria em campo.

Leia mais: Atenção! Cota única do IPTU 2018 com 15% de desconto deve ser paga até 13 de julho

Mas, com a bola rolando, o jogo começou nervoso. No primeiro lance, Gregore entrou firme em Uilliam e já recebeu o primeiro cartão amarelo. Depois, em cobrança de falta, Fernando Sobral pegou com força na bola e exigiu uma linda defesa de Anderson para evitar o gol do Sampaio Corrêa logo aos dois minutos. Aos poucos, o Bahia passou a controlar a partida, mas sem conseguir ameaçar o adversário.

O segundo tempo não mudou o desenho tático. O Bahia tinha muita dificuldade para criar oportunidades claras de furar o ferrolho maranhense, mas, nas poucas vezes em que parecia que iria assustar Andrey, pecava na finalização ou então no último passe. Sentindo que precisava de mais velocidade ofensiva, o técnico Enderson Moreira mandou Vinícius para campo no lugar do lateral-direito Flávio.

No finalzinho o jogo esquentou. Aos 44 minutos, Uilliam fez uma falta na lateral do gramado e recebeu o segundo cartão amarelo – o primeiro saiu ainda no início da partida, por reclamação com o assistente. Sem o atacante como referência, o Sampaio Corrêa passou a ser só retranca. Com seis minutos de acréscimos, o Bahia aplicou a pressão que queria. No último lance, aos 50, Brumado aproveitado um bate e rebate e, na linha de pequena área, bateu em cima de Andrey.

Com o apito final do árbitro, a torcida do Bahia passou a vaiar o time, em sinal de protesto ao time que não conseguiu criar grandes oportunidades de mudar a história do jogo. O clube baiano agora volta as suas atenções ao Campeonato Brasileiro, onde ainda está na zona de rebaixamento, com apenas 12 pontos em 12 jogos. Já o Sampaio Corrêa tem poucos dias para comemorar, já que briga contra a zona de rebaixamento da Série B, com 15 pontos.

Jogador Lucas Gomes, uma das vítimas do acidente na Colômbia, recebe homenagem do Sampaio Corrêa

Lucas Gomes era paraense e jogou no Sampaio

Lucas Gomes era paraense e jogou no Sampaio

O jogador Lucas Gomes da Silva, atacante da Chapecoense, morto nessa tragédia da madrugada desta terça-feira (29), na Colômbia, recebeu uma homagem do Sampaio Correa, por meio de seu site, time onde atuou. A queda do avião com 75 pessoas entre atletas, comissão técnica, jornalistas e tripulantes comoveu o mundo.

Em 2013, o jogador natural de Bragança (PA), defendeu o time maranhense na campanha de acesso para a série B. E foi um dos destaques na partida que garantiu a vitória contra o Rio Branco (AC), assumindo a vice- liderança do grupo A do Campeonato Brasileiro..

prestou homenagem, por meio de seu site e suas redes sociais, ao jogador Lucas Gomes da Silva, morto na queda do voo com o time do Chapecoense, durante a madrugada, na Colômbia.

Ele atuou no time maranhense, em 2013, e foi um dos participantes da campanha de acesso do Tricolor maranhense para a Série B. No ano seguinte, ele jogou no Fluminense e foi contratado em janeiro deste ano pelo Chapecoense.

“A vida é um sopro. Foi com imensa estupefação que o mundo recebeu a notícia com o voo da Chapecoense. Clube irmão no mundo do futebol que iria disputar o jogo mais importante da sua história. Lucas deu sangue, viveu intensamente a alegria de vestir a Camisa do Sampaio Corrêa e compartilhou tamanho orgulho com todo o universo Tricolor. Fica o nosso agradecimento e o sentimento inexplicável de dor por este guerreiro que nos deixou nessa tragédia”, destacou o site do Sampaio Corrêa nesta terça-feira (29).

Othelino reconhece trabalho de Sérgio Frota à frente da presidência do Sampaio

 

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) reconheceu, na sessão desta quinta-feira (10), os esforços e o trabalho do presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota (PSDB), à frente da equipe de futebol maranhense. O parlamentar disse que este foi um ano difícil para o time  que, infelizmente, caiu para a série C, mas, segundo ele, não se pode deixar de  destacar o papel fundamental do deputado e dirigente da “Bolívia Querida”.

Segundo Othelino Neto, nesses dez anos em que o deputado Sérgio Frota é dirigente do Sampaio Corrêa, o time melhorou, teve um momento em que voltou a disputar o campeonato nacional na série C, chegou a cair para a série D, foi campeão, subiu novamente e chegou à série B, onde fez uma brilhante campanha, faltando detalhes para que tivesse conseguido ficar entre os quatro melhores.

“Nós que gostamos de futebol, precisamos entender que qualquer time passa por esses momentos de subida. Atravessa uma fase boa e, às vezes, tem as suas crises. Grandes times nacionais, por exemplo, que estão sempre na elite do futebol, passaram pela série B. Cito o Vasco da Gama, o Palmeiras, que já esteve lá e agora está na iminência de ser campeão da série A do Campeonato Brasileiro”, afirmou.

Segundo Othelino, o Sampaio deu ao Maranhão, nos últimos anos, muitas alegrias, inclusive reconhecidamente, muitos renderam homenagem a Sérgio Frota pela condução do clube, que agora passa por um momento de dificuldade. “Mas não podemos, sob pena de cometer injustiça, de deixar de reconhecer o trabalho do presidente do Sampaio, durante todos esses anos, dedicação de forma apaixonada”, frisou.

Othelino disse que, embora todos estejam, e não só os torcedores do Sampaio, mas aqueles que gostam do futebol, tristes com o rebaixamento, ele renova a confiança na equipe, no presidente Sérgio Frota. “Temos esperança de que, no ano que vem, faremos uma excelente campanha na série C. Voltaremos para a B. E, mesmo assim, com essa dificuldade momentânea, a equipe consegue estar acima da média dos mais de mil times regularizados, oficializados no futebol brasileiro profissional”, afirmou.

Othelino disse esperar que, no ano que vem, os torcedores tenham muitas alegrias com o Sampaio. “Não adianta agora virar as costas para o clube ou querer escolher culpados. O que precisamos é renovar o nosso amor pelo Sampaio Corrêa e pelo futebol maranhense e ajudar para que nós tenhamos um ano melhor a partir de janeiro”, finalizou.

Valeu, Sampaio! Derrota com sabor de vitória…

Valeu, torcida maranhense que fez a sua parte!

Valeu, torcida maranhense que fez a sua parte!

Apesar de ter perdido por 2 X 1 o título de campeão da série C do Campeonato Brasileiro para o pernambucano Santa Cruz, neste domingo (01), no Arrudão, no Recife, a equipe maranhense do Sampaio Correa merece todos os aplausos pela luta e desempenho que teve durante os jogos, o que lhe garantiu a passagem para a série B do Brasileirão. Portanto, derrota com sabor de vitória!

A equipe sentiu o impacto do estádio Arrudão lotado com torcida organizada e eufórica. Jogava pelo empate, mas deixou o Santa Cruz abrir o placar no primeiro tempo e iniciar o segundo com mais um gol. Diminuiu aos 34 minutos, mas não encontrou fôlego para empatar a partida e garantir o título de campeão da série C.

Mas é importante ressaltar que o time maranhense foi guerreiro em campo e buscou o segundo gol até os últimos segundos. Não deu desta vez! Coisas do futebol.

Agora o que entristece é que grupos isolados de torcedores maranhenses foram vistos tocando foguete a cada gol do Santa Cruz, sendo o Sampaio o representante do Maranhão na série C do Brasileirão, frisando bem “O Sampaio era o Maranhão”. Lamentável isso!

Mas valeu, Sampaio. Valeu, tricolor maranhense. Valeu, tubarão. Agora é trabalhar para chegar à final da série B  também no próximo ano. Parabéns!