Carlos Madeira anuncia filiação ao Solidariedade e pré-candidatura

O ex-juiz federal Carlos Madeira confirmou nesta quarta-feira (15), durante coletiva de imprensa, sua filiação ao Solidariedade e pré-candidatura à prefeitura de São Luís, após pedido de aposentadoria da magistratura.

Ao lado do presidente da legenda, Simplício Araújo, Madeira falou dos motivos que o levou a decidir disputar a Prefeitura de São Luís. Afirmou que tem história na militância na política e não está empolgado com a ascensão do colega Sergio Moro.

Carlos Madeira afirmou que não será candidato do governo, mas também não fará oposição ao Palácio dos Leões. “Não serei um candidato de oposição ao Governo do Estado, porque o que está em disputa é a eleição municipal, mas não ficarei em cima do muro, porque quem fica em cima do muro apanha dos dois lados. Então, eu tenho posição: a minha posição é em favor da gestão. Se para fazer gestão tiver que mostrar pontos que eventualmente possam atingir A ou B, na perspectiva do debate, isso será posto, eu não terei medo”, declarou.

Confirmado no Solidariedade, Madeira caminha agora para ter seu nome homologado na convenção do partido.

Duarte Júnior segue diálogo com Solidariedade

Uma indicação de Carlos Madeira para a vaga de vice-prefeito de Duarte Júnior não está descartada.

Mais um encontro entre membros do Solidariedade com o pré-candidato Duarte Júnior (PCdoB) mostra uma aproximação das lideranças e pode resultar em uma união para disputar as eleições da capital.

O encontro, que contou com Simplício Araújo e Expedito Júnior, teve a presença ainda do pré-candidato da legenda, o ex-juiz José Carlos Madeira.

Uma indicação de Carlos Madeira para a vaga de vice-prefeito de Duarte Júnior não está descartada.

Uma candidatura de Duarte Júnior pelo Solidariedade também é uma das possibilidades e pode ser confirmada com uma filiação do deputado em abril.

Encontro de Duarte e Simplício aumenta especulações sobre pré-campanha em São Luís

Duarte já é pré-candidato e pontua muito bem nas pesquisas eleitorais, mas não tem a garantia de uma candidatura pelo PCdoB.

O encontro do presidente estadual do partido Solidariedade, Simplício Araújo, com o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior (PCdoB), fez aumentar ainda mais as especulações sobre a pré-campanha para a disputa na capital.

Como se sabe, Duarte já é pré-candidato e pontua muito bem nas pesquisas eleitorais, mas não tem a garantia de uma candidatura pelo PCdoB.

O Solidariedade já tinha manifestado o interesse em ter o juiz Carlos Madeira como pré-candidato em São Luís, mas os planos podem mudar novamente com a entrada de Duarte no jogo.

Mesmo que uma filiação não aconteça, o apoio do Solidariedade ao nome de Duarte Júnior ajudaria no crescimento da campanha e no tempo de TV, já que o deputado tem o apoio confirmado do Republicanos, partido do vice-governador Carlos Brandão.

Simplício vai a São Paulo tentar permanecer com o Solidariedade

Em reunião com membros do diretório nacional, Simplício teve a palavra de que não perderia o diretório estadual

Nos últimos dias, um dos maiores comentários de toda a classe política era sobre a possibilidade do deputado federal, Gil Cutrim, sair do PDT e assumir o Solidariedade maranhense, no lugar do suplente de deputado federal e hoje secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.

Sabendo de todas as investidas na legenda, Simplício tratou de correr para São Paulo para tentar permanecer no comando do Solidariedade. Em reunião com membros do diretório nacional, teve a palavra de que não perderia o diretório estadual.

Para rechaçar, ainda mais, todas as possibilidades da perda da legenda, Simplício voltou de São Paulo com a mensagem de que deveria colocar seu nome para a apreciação na disputa do governo, na sucessão do atual governador Flávio Dino.

A nota de sua assessoria fala que a “manifestação unânime veio da direção nacional da legenda e foi verbalizada através de declarações, neste final de semana, do presidente nacional, Paulinho da Força.”

Falta agora combinar a mensagem com o governador Flávio Dino e todo o seu grupo político.

Vale lembrar que, antes das eleições de 2018, Simplício ventilou uma possível candidatura ao Senado Federal, mas acabou se candidatando a deputado federal, ficando na suplência.

Destino de Gil Cutrim pode ser o Solidariedade

Sem representante maranhense na Câmara dos Deputados, o Solidariedade é um dos partidos mais cobiçados

Após votar a favor da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, desentender-se com o PDT e entrar na Justiça para não perder o mandato, o deputado federal Gil Cutrim pode migrar para outro partido. O mais comentado é o Solidariedade.

Com o pé fora do PDT, Gil Cutrim encontraria no Solidariedade uma legenda com estrutura e que faz parte da base do governador Flávio Dino (PCdoB).

As conversas para uma filiação já foram iniciadas. O que não se sabe ainda, é como se daria a entrada de Gil no partido. Se assumiria a legenda no Maranhão ou entraria apenas como um filiado.

No Maranhão, o Solidariedade é presidido pelo secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, que ficou na suplência para deputado federal e não conseguiu se eleger.

Sem representante maranhense na Câmara dos Deputados, o Solidariedade é um dos partidos mais cobiçados, o que complica a permanência de Simplício Araújo na presidência.

Gastão Vieira toma posse em Brasília

Gastão Vieira é presidente do PROS no Maranhão e obteve 57.864 mil votos na última eleição

O deputado federal Gastão Vieira (PROS) tomou posse oficialmente, na manhã de ontem (19), na Câmara dos deputados, em Brasília.

Gastão volta ao legislativo nacional após quatro anos afastado. Segundo suplente em sua coligação, Gastão assumiu o mandato depois que Rubens Pereira Júnior (PCdoB) e Simplício Araújo (Solidariedade), foram chamados para assumir secretarias no Governo do Estado.

O retorno de Gastão é graças também ao governador Flávio Dino que articulou o seu retorno e fez com que o ex-ministro não ficasse sem mandato.

Gastão Vieira é presidente do PROS no Maranhão e obteve 57.864 mil votos na última eleição.

Flávio Dino empossa Luís Fernando e mais três secretários

De acordo com Flávio Dino, as mudanças representam “a continuidade do aprimoramento da nossa equipe, uma vez que sempre estamos buscando o melhor. Estamos incorporando várias experiências”.

O governador Flávio Dino deu posse nesta sexta-feira (15) a quatro secretários de Estado e ao presidente do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq). De acordo com ele, as mudanças representam “a continuidade do aprimoramento da nossa equipe, uma vez que sempre estamos buscando o melhor. Estamos incorporando várias experiências”.

Luís Fernando, que era prefeito de São José de Ribamar, assumiu a Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (Sepe). “Quero destacar especialmente a incorporação do ex-prefeito Luís Fernando, uma liderança política e administrativa atestada e provada há muitas décadas. Vai engradecer nossa equipe com sua capacidade de trabalho”, disse Flávio Dino.

Como secretário, o ex-prefeito vai ter a missão de levar adiante projetos importantes para o desenvolvimento: “Eu fico muito honrado com o convite e vamos dar o melhor de nós, como sempre fizemos, para colaborar com este grande governo, que a cada dia constrói um Maranhão de todos nós”.

Simplício Araújo foi reconduzido à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia (Seinc). “Neste segundo momento, temos que avançar destravando o setor produtivo no Maranhão e buscando a geração de mais empregos e adensamento de cadeias produtivas”, afirmou.

Enos Ferreira, que estava na Sepe, passou a comandar a Secretaria de Relações Institucionais (SRI): “É uma alegria receber do governador uma nova missão, de fazer a articulação com as organizações da sociedade civil, visando a implementação de projetos que são prioritários para o governo. Estamos com uma vontade muito grande de dar prosseguimento ao que já vem sendo feito e ampliar as ações”.

Luís Carlos Porto – mais conhecido como Pastor Porto e que estava na SRI – tomou posse na Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina. “Nosso papel é reafirmar a presença do compromisso do governo com a região. Nós estaremos lá acompanhando as obras e os serviços, a fim de que a região seja mais beneficiada no dia a dia”, afirmou.

A presidência do Inmeq agora é de José de Ribamar Mendes. “Nós temos a missão de tornar o Inmeq do Maranhão referência nacional”, disse.

O governador Flávio Dino explicou que a reorganização do secretariado não implicou em nenhum aumento de despesas ou cargos novos. “É uma adequação da equipe para que ela funcione melhor e nós consigamos nosso objetivo de fazer um segundo mandato com mais realizações”.

Após quatro anos, Gastão Vieira retorna para a Câmara dos Deputados

Com 57.864 mil votos na última eleição, Gastão Vieira volta para a Câmera dos Deputados após quatro anos afastado

Com a indicação do deputado federal Rubens Pereira Jr. para a Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano e com o retorno de Simplício Araújo para a Secretaria de Indústria e Comércio na manhã desta sexta-feira (15), abre-se caminho para que Gastão Vieira assuma uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Ex-ministro do Turismo, ex-deputado federal e ex-presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Gastão Vieira tem uma larga experiência política.

Presidente do PROS no Maranhão, Gastão Vieira se aproximou do governador Flávio Dino quando era presidente do FNDE e caminharam juntos na eleição de 2018.

Com 57.864 mil votos na última eleição, Gastão Vieira volta para a Câmera dos Deputados após quatro anos afastado.

Simplício Araújo assume mandato na Câmara dos Deputados

Simplício prestou juramento de posse como deputado federal e usou a tribuna para agradecer seus eleitores e ao governador Flávio Dino

O primeiro suplente de deputado federal, Simplício Araújo (Solidariedade), assumiu o mandato na Câmara dos Deputados na tarde de terça-feira (26). Simplício prestou juramento de posse como deputado federal e usou a tribuna para agradecer seus eleitores e ao governador Flávio Dino.

Simplício pediu que a casa tivesse celeridade e atenção na Reforma da Previdência e informou que assume novamente o cargo de secretário do Governo do Estado apenas dia 14 de março.

“Atendendo a um pedido do governador Flávio Dino, e conforme anunciado por ele, reassumo com todo dedicação e honra o cargo de Secretario de Estado da indústria, comércio e energia do Maranhão no próximo dia 14 de março, quando abro a vaga para o companheiro Gastão Vieira. Até lá irei deixar alguns dos projetos que acredito serem importantes para a retomada do crescimento econômico do Brasil”, escreveu em sua conta no Twitter.