Emap e a postura de Edilázio Júnior…

A presença de secretários estaduais fez o deputado perder a compostura

Tanto no meio político, quanto na mídia opositora e aliada, repercutiu muito mal a postura do deputado federal Edilázio Júnior (PSD), que visitou, acompanhado de outros parlamentares, o Porto do Itaqui, durante o dia de ontem (4).

A visita técnica da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados contou com a participação de parlamentares, representantes de órgãos nacionais e secretários estaduais.

E a presença de secretários estaduais fez o deputado perder a compostura e, em um ato de desequilíbrio, exigiu a retirada dos mesmos, o que assustou os presentes, inclusive deputados aliados de Edilázio. Com o decorrer da reunião, o parlamentar não aceitava as explicações do presidente da Emap, Ted Lago, e questionava, a todo tempo, o que causou mais estranheza entre os presentes.

Em outro momento, Edilázio Junior não aceitou uma parada em um dos berços do Porto do Itaqui e ordenou que o motorista seguisse seu trajeto, mas foi informado de que a parada já estava programada.

Mesmo sendo oposição ao governo Flávio Dino (PCdoB), o deputado precisa entender que só o diálogo resolve as dúvidas e questionamentos e que atitudes radicais só pioram mais ainda as relações dentro da política.