Timon ultrapassa Teresina em termos de violência

A crescente onda de violência em Timon fez com que nos cinco primeiros meses deste ano a cidade superasse a capital do estado vizinho, Teresina, em termos de insegurança.

Dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão apontam que, de janeiro a maio de 2024, 45 mortes violentas intencionais foram registradas em Timon. A quantidade é 21,6% maior que o registrado no mesmo período de 2023, quando foram feitos 37 registros.

Em comparação com a vizinha Teresina, a violência crescente em Timon fica notadamente escancarada. A capital do Piauí teve, nos primeiros cinco meses do ano, 82 registros de mortes violentas intencionais.

Timon tem 175 mil habitantes, ou 20% da população de Teresina, que conta com 865 mil moradores. A diferença faz com que, proporcionalmente, o município maranhense tenha registrado 250% mais mortes violentas intencionais que a capital piauiense, dentro do período comparado.

Esses dados vêm no momento em que um representante de Timon chega à cúpula da segurança do estado. O Comandante Schnneyder assumiu a subsecretaria de Segurança Pública (SSP) do Maranhão, tornando-se o número 2 da pasta.

No campo local, ele já assume em meio a protestos de trabalhadores de aplicativos por mais segurança e um número crescente não só de mortes violentas, mas de assaltos e outros tipos de crimes que ganham relatos multiplicados nas redes sociais.

Como o próprio Comandante faz questão de frisar em seus perfis oficiais, Schnneyder já foi coronel da Polícia Militar (PM), que está sob responsabilidade da pasta do subsecretário.

Se os impedimentos anteriores para resolver a questão podiam ter a ver com a falta de ação do Governo do Estado, agora a cidade tem um responsável em cargo de chefia para tratar a questão diretamente com a administração estadual.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *