“Véio da Havan” X Márcio Jerry, a estátua e os empregos

O empresário e dono das lojas de departamentos Havan, Luciano Hang, mais conhecido como “Véio da Havan”, e o secretário de Estado das Cidades e presidente do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, trocaram farpas na internet, nesta terça-feira (24). A discussão gira, ainda, em torno da réplica da Estátua da Liberdade, já instalada, símbolo de marketing do empreendimento, que será inaugurado em São Luís, no próximo dia 02 de setembro, gerando mais de mil empregos diretos e indiretos.

Em tom de zombaria, o “Véio da Havan” fez publicar, no perfil oficial da empresa, um Reels, que já tem mais de 1 milhão de visualizações, mostrando que o empreendimento venceu o movimento de resistência, lançado e apoiado por Márcio Jerry contra a instalação do símbolo de marketing: a réplica da Estátua da Liberdade em São Luís. O vídeo, com o deboche, está viralizado em todo o país.

“A Estátua da Liberdade, símbolo da Havan, já está instalada na nova megaloja, em São Luís (MA). Infelizmente, não me surpreende esse tipo de posicionamento, vindo de alguns políticos, como Márcio Jerry, que são contra a liberdade, o emprego, a economia e o desenvolvimento”, escreveu Luciano Hang ao postar um vídeo com uma mensagem de Jerry que afirmava que a “Ilha Rebelde” não aceitaria o monumento.

Márcio Jerry, por sua vez, não deixou barato e respondeu sobre o assunto que ele mesmo já havia encerrado e silenciado. Bateu novamente na Havan nesta terça-feira (24), mas defendeu os empregos desta vez.

“Sou plenamente a favor do emprego, por isso ajudo a gerar muitos e combato o desgoverno do desemprego comandado pelo teu amigo Bolsonaro. Empregos são sempre muito bem-vindos! E continuo achando que perdes a oportunidade de homenagear nosso Maranhão, nossa identidade e cultura”, escreveu Jerry.

A primeira mensagem de Jerry, interpretada como um ataque, criticando e zombando da empresa por causa da estátua, causou desgaste enorme ao Governo do Estado, o que o levou a apagar a postagem e mudar o tom por conta da geração de muitos empregos em São Luís.

Na verdade, só quem está lucrando com essa briga é a própria Havan. Ganha mídia de graça para bamburrar os negócios. E somente.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *