Vereador se empenha pela construção de residencial na Zona Rural

Moradores do bairro do Coquilho e regiões adjacentes da Zona Rural de São Luís participaram da audiência pública para discutir a construção de três mil casas que serão sorteadas para pessoas de baixa renda. Esse residencial, que se chamará Mato Grosso, será construído nas áreas dos bairros do Coquilho, Caracueira, Mato Grosso, Tajipuru e povoados circunvizinhos.

O empreendimento, que está sendo proposto pela Prefeitura de São Luís, será construído com recursos do governo federal e faz parte do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”.

A audiência pública atendeu a uma solicitação que o vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) fez ao Poder Executivo municipal com a finalidade de debater, conhecer a opinião dos moradores, bem como sanar todas as dúvidas acerca do empreendimento que ocupará uma área de 772.946,76 metros quadrados.

Para apresentação do projeto, esteve presente o assessor especial para Assuntos de Habitação, Geraldo Castro; o secretário adjunto de Urbanismo, Diogo Diniz; o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Antonio Araújo; o presidente do Instituto das Cidades (Insid), Marcelo do Espírito Santo, e o vereador Roberto Rocha Júnior.

Empreendimento – Representando a Câmara de vereadores, Roberto Júnior mostrou-se favorável à construção do residencial. Segundo ele, esse empreendimento beneficiará muitas famílias que sofrem com problemas de habitação e ainda gerará emprego e renda, pois uma cláusula do contrato estabelece que parte da mão-de-obra seja composta por moradores da comunidade.

 “Estamos lutando para trazer, cada vez mais, projetos que beneficiem a vida das pessoas que moram na Zona Rural”, disse o vereador que se colocou à disposição da comunidade para fiscalizar e cobrar a execução de tudo o que está sendo prometido no projeto.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.