Márcio Jerry reivindica melhorias para as estradas do MA

Citando o protesto que interrompeu hoje o trânsito na BR-135, Jerry pediu atenção especial do Governo Federal para que medidas urgentes sejam adotadas.

O deputado federal Márcio Jerry subiu à Tribuna da Câmara na tarde desta terça-feira (18) para reivindicar melhorias para as estradas do Maranhão. Citando o protesto que interrompeu hoje o trânsito na BR-135, entre São Mateus e Miranda no Maranhão – única via que dá acesso à capital, São Luís –, Jerry pediu atenção especial do Governo Federal para que medidas urgentes sejam adotadas.

“Este é um apelo que tem sido feito por toda a Bancada do Maranhão e seus 21 membros ao senhor presidente da República e ao ministro de infraestrutura, Tarcísio de Freitas, sobre a situação que estamos experimentando no Maranhão. É um descaso grave, no que diz respeito à manutenção, conservação das rodovias federais que cortam o nosso estado. Temos pedido atenção especial desde janeiro 2019, e medidas não foram adotadas”, lamentou.

Jerry ainda registrou o pedido protocolado ontem pelo Governador do Estado, Flávio Dino, de uma audiência pública para que os Governos do Estado e Federal possam chegar a um acordo. O deputado acrescentou que o apelo acontece antes que “rodovias não fiquem completamente intransitáveis” no período das chuvas.

Flávio Dino pede audiência com Bolsonaro para tratar sobre condições de BRs

Na manhã desta terça-feira (18), manifestantes bloquearam uma mão da rodovia em Miranda do Norte como forma de protesto.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou, nesta terça-feira (18), que solicitou audiência com o presidente Jair Bolsonaro para tratar sobre a situação de estradas federais no Maranhão.

“Ontem, pedi ao presidente da República uma audiência para tratar sobre a péssima situação de estradas federais, BRs, no Maranhão. Desde o início do ano passado, solicitações de obras foram feitas, mas com nenhum resultado. Na audiência, vou oferecer ajuda ao Governo Federal”, escreveu Flávio Dino em seu Twitter.

Dentre as várias BRs com problemas no Maranhão, a BR-135 é uma das piores. Na manhã desta terça-feira (18), manifestantes bloquearam uma mão da rodovia em Miranda do Norte como forma de protesto.

Detinha também ensaia disputar Prefeitura de São Luís

Na negociação, já estaria assegurado o apoio dos partidos PL, Avante e Patriotas.

O deputado federal e presidente do PL, Josimar de Maranhãozinho, estuda lançar sua esposa, a deputada estadual Detinha, como pré-candidata a prefeita em São Luís.

A possibilidade foi tratada em reunião em que estiveram os deputados federais Josimar Maranhãozinho, Júnior Lourenço, Pastor Gildenemyr e Junior Marreca Filho, a deputada estadual Detinha, o ex-deputado federal Júnior Marreca e o vereador Aldir Júnior.

Josimar articulava a indicação de seu sobrinho, o vereador por São Luís Aldir Júnior, para o posto de vice-prefeito na chapa do pré-candidato Eduardo Braide, mas não obteve sucesso.

Na negociação, já estaria assegurado o apoio dos partidos PL, Avante e Patriotas.

Projeto de Eliziane pretende tornar crime hediondo o assassinato de indígenas e quilombolas

Segundo o relatório “Violência contra os Povos Indígenas no Brasil” de 2018, o número de assassinatos de indígenas no país cresceu 20%.

Projeto de Lei de autoria da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) pretende transformar os assassinatos de indígenas e de quilombolas em homicídios qualificados (PL 185/2020).

A proposta, que está na Comissão de Constituição e Justiça, também cria a tipificação penal de indiocídio para casos de assassinatos em razão de etnia ou por disputa de terras.

Segundo o relatório “Violência contra os Povos Indígenas no Brasil” de 2018, o número de assassinatos de indígenas no país cresceu 20%. Foram 135 homicídios no ano passado e 1.119 nos últimos trinta anos. Elaborado pelo Conselho Indigenista Missionário, o relatório embasou o Projeto de Lei 185, apresentado por Eliziane.

“O objetivo básico é de conter o aumento de assassinato de índios pelo Brasil. Nos últimos anos, tivemos um aumento crescente. No ano passado, a quantidade de índios assassinados infelizmente foi muito alta”, afirmou Eliziane.


Famem vai debater propostas para o Fundeb em março

A ideia é reunir representantes de várias esferas do poder para debater o assunto que emerge como um dos mais importantes da pauta de debate nacional

A Famem, em parceria com a União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação, Undime-MA, prepara um grande encontro para debater o fim do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, Fundeb. O evento está programado para acontecer no mês de março em São Luís.  

A ideia é reunir uma gama significativa de representantes de várias esferas do poder constituído e da sociedade civil para debater o assunto que emerge como um dos mais importantes da pauta de debate nacional.  

Uma das propostas em tramitação no Congresso Nacional, apresenta pela deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), para o fundo enfrenta a discordância do Ministério da Educação que pretende encontrar outra solução. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o presidente Jair Bolsonaro é a favor da manutenção do Fundeb.

O desequilíbrio na composição do fundo é o principal ponto do debate. Pelo regime atual, os municípios e os estados são responsáveis pela maior fatia. A proposta da deputada Rezende é elevar progressivamente a participação da União, até alcançar o percentual de 40% do bolo em 2031.

Desde 2010, a União participa com 10%. A ampliação defendida pelo governo tem patamar fixado em 15%, que deve acontecer até 2026, com taxa de crescimento de 1% ao ano.

Eduardo Braide anuncia apoio do PSD

Eduardo Braide conta agora com o Podemos, PMN e PSD.

O deputado federal e pré-candidato a prefeito Eduardo Braide (Podemos) anunciou o apoio do PSD e do deputado federal Edilázio Júnior.

O anúncio foi feito logo após uma reunião com Edilázio, na manhã desta segunda-feira (17), na presença do vereador César Bombeiro.

Braide conta agora com o Podemos, PMN e PSD.

O pré-candidato lidera as pesquisas de intenções de voto, mas, nos últimos meses, vem apresentando queda nos números.

Governo só fará concursos públicos ‘essenciais’, diz Bolsonaro

Pouco depois, o presidente reforçou o raciocínio, dizendo que o governo irá abrir concursos se houver “necessidade”

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que, por enquanto, o governo só realizará os concursos públicos que considerar “essenciais”, para não causar gastos públicos desnecessários, que poderiam inviabilizar o pagamento dos atuais servidores.

Bolsonaro também disse que espera encaminhar a reforma administrativa “o mais rápido possível” ao Congresso.  Uma queda de braço entre o Planalto e a equipe de Paulo Guedes, ministro da Economia, está travando a reforma.

“Se você não fizer algo, os atuais servidores vão ficar sem receber lá na frente. Então, não é travar. Os concursos públicos, (vamos fazer) só os essenciais. Essa é que é a ideia”, disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada.

Pouco depois, o presidente reforçou o raciocínio, dizendo que o governo irá abrir concursos se houver “necessidade”, mas ressaltou que não pode ser “irresponsável”.

“Tem concursos que foram feitos no passado que nós demos prosseguimento agora, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal. Se tiver necessidade, a gente vai abrir concurso. Mas não podemos ser irresponsáveis, abrir concursos que poderão ser desnecessários, poderão. Essa que é a ideia”, afirmou o presidente. 

Deputado federal do PSL sofre emboscada

O perfil pessoal do deputado postou no Facebook a imagem do veículo atingido pelos disparos

O deputado federal Loester Trutis (PSL/MS) sofreu uma emboscada a tiros na manhã deste domingo (15). Ele seguia para Sidrolândia, município 74 km ao sul de Campo Grande, quando o carro em que seguia foi alvejado por ‘ao menos cinco disparos’. O parlamentar e sua equipe não foram atingidos, e a Polícia Federal investiga o episódio.

O perfil pessoal de Trutis postou no Facebook a imagem do veículo atingido pelos disparos, com o vidro de uma das laterais parcialmente destruído, e anunciou que o deputado cancelaria a agenda programada para hoje.

O parlamentar contou com o apoio do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar para deixar o local do ataque.

Ele foi à Superintendência da Polícia Federal no Estado para prestar depoimento e foi instaurado um inquérito policial.

O parlamentar chamou a atenção em setembro do ano passado, quando divulgou um vídeo nas redes sociais em que oferecia R$ 100 mil para quem desse informações sobre a atuação de Adélio Bispo, autor de uma facada no presidente Jair Bolsonaro ainda no período de campanha presidencial, em 2018.

São Luís ganha novas frequências aéreas para diversos destinos

A rota que contará com o maior acréscimo de voos semanais é São Luís-Guarulhos (6), sendo três da Gol e três da Latam

O Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado, em São Luís (MA) vai ganhar 11 novas frequências de voos para seis destinos diferentes até o mês de abril. O volume é 120% superior ao número de rotas inseridas na malha em 2019, que registrou o incremento de cinco frequências para duas localidades distintas.

A rota que contará com o maior acréscimo de voos semanais é São Luís-Guarulhos (6), sendo três da Gol e três da Latam; além do aumento de uma frequência semanal para Imperatriz, Brasília, Confins, Rio de Janeiro e Teresina, totalizando cinco.

Localizado estrategicamente, entre as regiões Norte e Nordeste do País, o Aeroporto Internacional de São Luís tem capacidade para receber até 5,1 milhões de viajantes. Em 2019, foram transportados mais de 1,66 milhão de viajantes no terminal maranhense, 4,3% a mais que os 1,59 milhão registrados em 2018.