Governador Flávio Dino toma posse nesta terça-feira (1º)

O segundo mandato de governador do Maranhão vem após extensa carreira pública iniciada em 2006, quando renunciou à magistratura para concorrer ao cargo de deputado federal

Nesta terça-feira, 1º de janeiro de 2019, o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino, toma posse do cargo de chefia do executivo estadual para o quadriênio 2019-2022. A cerimônia será realizada às 16h na Assembleia Legislativa. Na ocasião, o governador concederá uma entrevista coletiva aos veículos de imprensa.

Depois, às 17h, será a vez da solenidade de recondução ao cargo, no Palácio dos Leões, no Centro. Na Praça Pedro II, será realizada programação com diversas atrações pelo Réveillon de Todos, incluindo o show do cantor maranhense Zeca Baleiro.

Atual governador do estado, Flávio Dino foi reeleito para um novo mandato de quatro anos no dia 7 de outubro, com 59,29% dos votos válidos. Ele foi a escolha de 1.867.396 eleitores maranhenses. Além dele, também será empossado e reconduzido ao cargo o atual vice-governador Carlos Brandão.

Formado em Direito pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Flávio Dino de Castro e Costa tem 50 anos e é advogado, ex-juiz federal e professor de Direito Constitucional na UFMA, atualmente licenciado. Natural de São Luís, é filho dos advogados Rita Maria e Sálvio Dino. É casado com Daniela Lima e tem quatro filhos.

O segundo mandato de governador do Maranhão vem após extensa carreira pública iniciada em 2006, quando renunciou à magistratura para concorrer ao cargo de deputado federal, sendo eleito pela primeira vez. Depois disso, concorreu à prefeitura de São Luís e Governo do Estado. No período de 2011 e 2014, foi presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). De 2015 a 2018, exerceu o primeiro mandato de governador do Maranhão, sendo reconhecido pelo portal de notícias G1 como o governador que mais cumpriu propostas em todo o Brasil.

Previsão é de chuva na hora da posse de Bolsonaro

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há previsão de tempo encoberto o dia todo e chuva com possíveis trovoadas no horário da posse do presidente eleito

Agência Brasil

O primeiro dia do ano de 2019 deve ser chuvoso em Brasília, com condições de chuva em torno de 40%. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há previsão de tempo encoberto o dia todo e chuva com possíveis trovoadas no horário da posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, na Esplanada dos Ministérios.

O meteorologista do Inmet, Mamedes Luiz Melo, explicou que deve ser uma chuva típica de verão, com ventos, mas que vai embora rápido. “Como a Esplanada tem pontos mais altos, para as pessoas não vai ter problema”, disse, sobre a possibilidade de queda de raios. “O próprio prédio do Senado puxa os raios”.

Ainda assim, o calor deve permanecer. A previsão média para o dia 1º no Distrito Federal é de 30° e, na Esplanada, deve ficar em torno de 27°. A umidade relativa do ar ficará entre 45% e 95%.

Já para a noite, na virada do ano, a chance de chuva é menor, de 10% a 20%. Se houver chuvas, segundo Melo, deve ser fraca ou apenas um chuvisco.

A guerra de grupos no PSL do Maranhão continua

Se for depender do presidente estadual Chico Carvalho essa guerra só tende a aumentar

Com a aproximação da posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e o início dos trabalhos dos novos ministros, espera-se que muitos órgãos sejam assumidos por aliados do novo governo. A indicação dos cargos passaria pela a indicação dos deputados federais aliados e pela a indicação dos nomes do PSL maranhense.

Mas se for esperar algum consenso no PSL do Maranhão a respeito das indicações e dos cargos nos órgãos federais, essa tarefa pode não sair logo no início ou sem a intervenção da executiva nacional.

Acontece que a guerra silenciosa e a troca de farpas veladas entre os membros do partido ficou para trás e o que se olha hoje são os membros divididos em dois grupos e medindo esforços para saber quem será mais contemplado.

De um lado está o presidente estadual, vereador de São Luís, Chico Carvalho, que conta com o apoio do presidente nacional do PSL, Luciana Bivar.

Do outro lado está a ex-candidata Maura Jorge e seu grupo que conta com alguns nomes como o ex-vereador de São Luís, Fábio Câmara e o médico Allan Garcês, que integra a equipe de transição do governo Bolsonaro.

Se for depender do presidente estadual Chico Carvalho essa guerra só tende a aumentar. Em recente entrevista, o parlamentar comparou o grupo liderado por Maura Jorge como “ratos da política maranhense”. Acirrando mais ainda a disputa entre os grupos.

De certo, é que a partir de janeiro e com o início das indicações, a pauta mudará sobre quem assume o que, para quem serão os nomes para as próximas disputas de 2020, sem indicativa se a guerra de grupos será apaziguada.

No feriado de Ano Novo, serviços essenciais são mantidos e trânsito terá alterações

O megaevento realizado pelo Governo do Maranhão em parceria com a Prefeitura de São Luís terá uma série de apresentações na Avenida Litorânea e no Centro Histórico, respectivamente, no dia 31 e dia 1º

As festividades pela passagem de Ano Novo estão atraindo milhares de pessoas, entre moradores e turistas, para a programação do Réveillon de Todos. O megaevento realizado pelo Governo do Maranhão em parceria com a Prefeitura de São Luís terá uma série de apresentações na Avenida Litorânea e no Centro Histórico, respectivamente, no dia 31 e dia 1º. Para garantir a tranquilidade, segurança e atendimento adequado ao público, um esquema especial foi montado para mobilidade e segurança nos circuitos.

Por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), está sendo realizada a Operação Réveillon de Todos 2019, que inclui o aparato da segurança pública, e disponibiliza ainda serviços essenciais nos espaços em que ocorrem os eventos. Na parte do trânsito, a partir de intervenções da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), serão realizadas alterações para possibilitar mobilidade a quem for curtir as programações.

A Polícia Militar mantém a Operação Réveillon Feliz, que destaca mais de dois mil militares para o período festivo, destes, cerca de 600 se concentram na área da Avenida Litorânea, onde se realiza o Show da Virada. A cobertura será realizada diretamente pelo Batalhão de Polícia Militar de Turismo (BPTur), nas praias ao longo da Litorânea, além das praias do Araçagi, Panaquatira e do Meio. O policiamento reforçado contempla ainda a Praça Pedro II, durante o Show Boas Vindas.

Como ocorreu em anos anteriores, a polícia estará a pé, a cavalo, em motocicletas e viaturas cobrindo o circuito. Na orla marítima, toda a extensão terá guarnições mobilizadas para a segurança dos presentes. O Comando Tático Aéreo (CTA) estará disponível com rondas aéreas enquanto o patrulhamento terrestre seguirá a pé, em quadriciclos e nas viaturas.

Corpo de Bombeiros

O efetivo do Corpo de Bombeiros também estará a postos na segunda-feira (31) e na terça-feira (1º), a partir das 17h, durante a concentração do Show da Virada (Avenida Litorânea) e Show Boas Vindas (Praça Pedro II). As equipes terão apoio de ambulâncias e viaturas de combate a incêndio, resgate e salvamento e de apoio. Nas praias, a operação inicia às 8h e conta ainda com estrutura de quadriciclos e embarcações. Serão aproximadamente 200 militares envolvidos na operação.

Atendimento de urgência e emergência

A rede de saúde estadual de urgência e emergência do Estado funcionará normalmente durante o período do feriado.

Plantões delegacias

A Polícia Civil atuará com equipes no Plantão da Cajazeiras, que vai atender ocorrências da área central, incluindo Centro Histórico e Avenida Litorânea, além de apoio dos demais distritos plantonistas – Itaqui-Bacanga, Cidade Operária, Cohatrac e Maiobão. Serão reforçadas as equipes na noite da virada de ano, do dia 31 para o dia 1°, para melhor atender as possíveis ocorrências nas festividades. Podem ser feitos registros de ocorrências e autuações de flagrantes realizados pela polícia.

Para atendimento às ocorrências referentes a violência de gênero, estará em funcionamento o Plantão da Delegacia da Mulher, que fica na Casa da Mulher Brasileira, no bairro Jaracati. A Polícia Civil conta, ainda, com uma coordenadoria, para acionar qualquer um dos plantões e prestar reforço.

Modificações no trânsito

Na Avenida Litorânea será interditado o trecho entre o retorno próximo ao Bar Pioneiro até a ponte sobre o Rio Pimenta, no cruzamento da Rua das Graças e Rua Vale Rio Pimenta – Parque Atlântico. O acesso de veículos neste trecho e transversais estará suspenso a partir das 5h da segunda-feira (31) até as 5h da quarta-feira, 2 de janeiro de 2019.

Apenas poderão circular no trecho interditado veículos do evento, devidamente credenciados, da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, da Limpeza Urbana, além de viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e ambulâncias. O acesso será pela Avenida dos Holandeses. Agentes de trânsito em viaturas e motos vão fazer o disciplinamento do tráfego e orientar a população.

Na Praça Pedro II, onde será realizado o Show Boas Vindas, no dia 1° de janeiro, a partir das 7h será interditada da rampa de acesso ao Palácio do Leões e as ruas da Montanha Russa, do Egito e Nazaré e demais acessos à área. Será permitida apenas a passagem de pessoas a pé.

A Prefeitura manterá todas as linhas de ônibus operando com frota total, desde as 19h do dia 31 de dezembro. Além disso, no período de 31 a 1º, a frota de apoio nos terminais de integração será a mesma dos dias úteis.

G1: Pelo terceiro ano consecutivo, Flávio Dino é eleito o governador que mais cumpriu propostas em todo o Brasil

O levantamento do G1 analisou as propostas feitas durante a campanha eleitoral de 2014. De acordo com o estudo, Flávio Dino executou 94,59% das propostas

O governador Flávio Dino é o governador que mais cumpriu propostas de campanha em todo o Brasil, de acordo com um estudo feito pelo site G1, da TV Globo. É a terceira vez seguida que Flávio fica em primeiro lugar.

O levantamento do G1 analisou as propostas feitas durante a campanha eleitoral de 2014. De acordo com o estudo, Flávio Dino executou 94,59% das propostas. Nenhum outro governador chegou à casa dos 90%.

“Pela 3ª vez consecutiva, o site G1 classificou a nossa gestão em 1º lugar no cumprimento do programa de governo. Hoje chegamos a 94,59% de execução das propostas. Índice final desse ciclo de 4 anos. Sou grato a todos que me ajudaram a obter esse excelente resultado”, disse Flávio por meio das redes sociais.

“Com 3 resultados consecutivos em 1º lugar na pesquisa do G1, acho que posso ‘pedir a música’. Comemorei aqui ouvindo Oração Latina, de César Teixeira”, acrescentou.

De acordo com o governador, a música “diz muito sobre minha opção pela Política, a qual me dedico como caminho imprescindível para que haja Justiça. Avante”.

Eduardo Braide termina 2018 sem anunciar novo partido

O deputado federal eleito Eduardo Braide, atual presidente estadual do PMN, entra em 2019 sem indicativas de qual partido irá se filiar.

A mudança de partido vai ser imposta após o PMN não alcançar o números necessários para passar pela cláusula de barreira aprovada na última reforma política e tudo demonstra que o partido não irá oficializar uma fusão com outras legenda.

Eduardo está no final do seu segundo mandato como deputado estadual e foi candidato a prefeito 2016 ficando em segundo lugar na disputa. Em 2018, obteve mais de 189 mil votos na disputa para uma das 18 vagas da Câmara dos Deputados, sendo o segundo mais votado.

A especulação é de que Braide poderia ir para o PSL, partido do presidente eleito Jair Bolsonaro, mas nada confirmado ainda. O deputado também é assediado pelo PR, partido comandado por Valdemar Costa Neto e presidido no Maranhão pelo deputado federal eleito Josimar Maranhãozinho.

Eduardo Braide ainda terá o mesmo de janeiro para anunciar seu destino, já que os trabalhos na Câmara dos Deputados serão iniciados em fevereiro.

Ariston Ribeiro e Edivaldo Holanda assumirão mandatos na Assembleia Legislativa

Ao ser questionado sobre as mudanças que serão promovidas nas secretarias e se alguns deputados poderão ser chamados, Flávio Dino afirmou que alguns serão chamados e deu a garantia que a região do Munim terá um deputado

Com a reforma administrativa prometida para o dia 15 de fevereiro, alguns dos deputados eleitos podem ser chamados para assumir secretarias no governo. E já é dado como certo que dois deputados do chapão sejam chamados. Foi a pista que o governador Flávio Dino (PCdoB) deu em sua passagem por Bacabeira na semana passada.

Ao ser questionado sobre as mudanças que serão promovidas nas secretarias e se alguns deputados poderão ser chamados, Flávio Dino afirmou que alguns serão chamados e deu a garantia que a região do Munim terá um deputado.

O governador estava falando de Ariston Ribeiro (Avante), vice-prefeito de Santa Rita, segundo suplente de deputado estadual e irmão de criação de Hilton Gonçalo, presidente do Avante no Maranhão.

Com a indicação de Ariston para assumir uma vaga na Assembleia Legislativa, é certo que Edivaldo Holanda (PTC) – primeiro suplente – também assumirá uma das vagas na Alema.

O questionamento que fica agora é, qual será os dois deputados que serão chamados para assumir secretarias no governo…

Segurança da posse de Bolsonaro terá detector de metais e proibição de objetos

Quem for acompanhar de perto a posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, na próxima terça-feira (1º), terá que seguir regras de segurança estabelecidas pela organização do evento.

O acesso da população à Esplanada dos Ministérios será exclusivamente pela Rodoviária do Plano Piloto. A partir deste ponto, as pessoas que quiserem assistir à posse terão que descer a Esplanada a pé. Não serão permitidos o acesso com bicicletas, skates e patins, por exemplo.

A lista de proibições também inclui guarda-chuva, objetos cortantes, máscaras, carrinhos de bebês, fogos de artifício, bebidas alcóolicas, garrafas, sprays, além de bolsas e mochilas.  

Quatro linhas de revistas serão montadas a partir da Rodoviária do Plano Piloto, com fiscalização manual da Polícia Militar. Quanto mais próximo ao Congresso Nacional, mais rigoroso fica o controle.

Detectores de metais também serão usados, aleatoriamente, ao longo do percurso. A população só poderá passar pelas barreiras com frutas e pacotes de biscoitos, preferencialmente em sacola transparente.

A previsão da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal é que a Esplanada dos Ministério receba de 250 até 500 mil pessoas para a posse. Mais de 2,6 mil policiais militares trabalharão na região da Esplanada. A Operação contará com ações conjuntas de órgãos federais e distritais, entre os quais Exército, Polícia Federal, Secretaria da Segurança Pública, as polícias militar e civil, o Corpo de Bombeiros e Detran.

Lago Paranoá e espaço aéreo

A navegação no Lago Paranoá também será limitada. Segundo nota da Marinha do Brasil, entre os dias 30 de dezembro de 2018 e 02 de janeiro de 2019, estará terminantemente proibida a permanência de embarcações a uma distância inferior a 100 metros da Ponte JK e 50 metros das demais pontes e barragem do Lago Paranoá.

Segundo o Comando do 7º Distrito Naval, quem não respeitar a advertência será tratado como “uma ameaça à segurança, consequentemente, um risco à navegação, estando sujeitas à rigorosa inspeção, seguida de apreensão’.

Também haverá um esquema especial para defesa aérea e o controle de tráfego aéreo na capital federal. Um decreto autoriza a interceptação e o abate de aeronaves consideradas suspeitas ou hostis pela Força Aérea Brasileira (FAB), que possam apresentar ameaça à segurança.

A medida tem validade de 24 horas e estará em vigor de a partir da zero hora do dia 1º de janeiro ao mesmo horário do dia 2 de janeiro.

Pelo planejamento haverá áreas de exclusão, com três níveis de restrição. Nesses locais, somente aeronaves autorizadas irão sobrevoar. Caças sobrevoarão a área de segurança delimitada para impedir que aeronaves não autorizadas se aproximem.

Partidos entram em 2019 com a expectativa da mudança no secretariado do governo Flávio Dino

Como já é de costume desde 2014, o governador anunciará as mudanças por meio de suas redes sociais

Alguns políticos maranhenses chegam em 2019 com a expectativa da reforma administrativa no governo do estado. O que era de ser esperado para janeiro, só acontecerá em fevereiro, de acordo com o governador Flávio Dino.

“Nós temos progressivamente reunido com as equipes e eu devo até o dia 15 de fevereiro a equipe do segundo mandato definido, mas por enquanto a gente vai continuar com a equipe atual até o final de janeiro”, afirmou o governador em sua passagem pela cidade de Bacabeira.

Com isso, as mudanças nas secretarias e a expectativa para os partidos assumirem órgãos no governo vai ficar somente para fevereiro quando o governador volta de férias.

Como já é de costume desde 2014, o governador anunciará as mudanças por meio de suas redes sociais.