Assessoria emite nota sobre estado de saúde da senadora Eliziane Gama

A senadora está internada no Hospital UDI, em São Luís, com infecção urinária. Seu estado de saúde é estável

A assessoria de imprensa da senadora Eliziane Gama (Cidadania) emitiu uma nota sobre o estado de saúde da parlamentar. A senadora está internada no Hospital UDI, em São Luís, com infecção urinária. Seu estado de saúde é estável. Veja a nota:

A Senadora Eliziane Gama está internada no UDI Hospital em São Luís-MA desde a noite da última sexta-feira, dia 15 de novembro, devido uma infecção urinária. A parlamentar segue na Unidade de Internação do hospital. De acordo com o boletim médico, o estado de saúde da parlamentar é estável. Eliziane Gama aguarda melhora clínica e laboratorial para receber alta hospitalar.

Atenciosamente,

Assessoria Eliziane Gama

Eliziane participa de debate sobre Reforma Tributária como instrumento para promoção da sustentabilidade

O debate foi uma iniciativa da Frente Parlamentar Ambientalista, coordenada pela senadora Eliziane Gama

Foi realizado na manhã de quarta-feira (30), um debate no Senado Federal sobre a Reforma Tributária como instrumento para a promoção da sustentabilidade.

O debate foi uma iniciativa da Frente Parlamentar Ambientalista, coordenada pela senadora Eliziane Gama, e da Comissão de Meio Ambiente do Senado em parceria com o Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), a Fundação SOS Mata Atlântica e o WWF-Brasil.

Eliziane fala do aumento da tragédia ambiental no Nordeste e da negligência do Governo Federal

A parlamentar teme que o vazamento detectado nas praias da região desde o dia 30 de agosto possa trazer ainda mais prejuízos

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), disse terça-feira (22) que a “quase inépcia” e a “improvisação” do governo federal na contenção da mancha de óleo que atingiu boa parte do litoral do Nordeste são as principais responsáveis pela “tragédia ambiental, econômica e social”.

A parlamentar teme que o vazamento detectado nas praias da região desde o dia 30 de agosto possa trazer ainda mais prejuízos aos estados nordestinos com a proximidade do verão.

“Parte significativa da economia desses estados aquece devido ao aumento da presença de turistas na região. Não preciso dizer que a riqueza do nosso Nordeste vem do turismo”, disse.

Para Eliziane Gama, o vazamento de óleo ainda de origem desconhecida é um dos maiores acidentes ambientais da história do Brasil. “Portanto, ele não pode ser tratado, depois de quase dois meses, da forma improvisada como estamos assistindo”, cobrou.

A parlamentar do Cidadania do Maranhão disse que a crise não é por acaso e citou que o governo federal extinguiu, em abril, dezenas de conselhos da administração federal e eliminou dois comitês que integravam o Plano Nacional de Contingência para Incidentes de Poluição por Óleo em Água, instituído em 2013.

“A impressão que se passa à sociedade é que, depois de quase 60 dias do aparecimento das primeiras manchas de óleo, o governo só se movimentou para mitigar os efeitos do vazamento porque a Justiça o obrigou a tomar providências. O que se espera é que com a decisão da Justiça, enfim, o governo reative plenamente o Plano Nacional de Contingenciamento para Incidentes de Poluição por Óleo”, disse.

A senadora ponderou, no entanto, que não se pode ser irresponsável de acusar o governo pelo acidente, que na sua opinão deve ser apurado com rigor e os culpados punidos.

Senadora Eliziane participa de lançamento de pré-candidatura do Leonardo Sá

A pré-candidatura aconteceu durante o encontro do Partido Liberal (PL)

No sábado (12), a senadora Eliziane Gama (Cidadania) esteve presente na cidade de Pinheiro para o lançamento da pré-candidatura do deputado estadual Leonardo Sá à prefeitura em 2020.

A pré-candidatura aconteceu durante o encontro do Partido Liberal (PL). Para Eliziane, a disputa de Leonardo Sá pela prefeitura de Pinheiro é muito importante.

“É importante que haja esta disputa, pois como deputado estadual Leonardo Sá tem se mostrado muito competente”, é o que Pinheiro precisa, avaliou.

“Aprovação do destaque sobre abono salarial foi uma vitória”, afirma Eliziane Gama

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama comemorou a aprovação do destaque apresentado por ela que garante a manutenção do abono salarial para o trabalhador que ganha até dois salários mínimos. A proposta foi aprovada no plenário do Senado Federal na noite desta terça-feira, dia 01 de outubro.

Esta é uma vitória dos 13 milhões de trabalhadores, pois é uma matéria de cunho trabalhista e por isso não deveria nem está na reforma da previdência. Seria um prejuízo para trabalhador. Não podemos prejudicar os mais pobres e precisamos mantem poder de compra dessas famílias brasileiras, pois isso movimenta a economia. O ajuste tem que ser feito, mas considerando a questão social”, destacou Eliziane Gama após a aprovação do destaque de sua autoria.

De acordo com Eliziane Gama, a manutenção do abono salarial é mais uma conquista e se soma a outras duas propostas apresentadas por ela com o objetivo de corrigir distorções da reforma previdenciária: a manutenção do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a proibição de pagamento de pensões abaixo do salário mínimo.

Senadora Eliziane garante pagamento de abono salarial para quem ganha até dois salários mínimos

Segundo a senadora, a luta pra corrigir distorções da reforma previdenciária continuará em torno da chamada PEC Paralela

O plenário do Senado aprovou, na noite desta terça-feira (1), destaque da líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), referente ao abono salarial.

Eliziane comemorou a aprovação da emenda. “Foi uma grande vitória, pois assim fica valendo a regra atual que beneficia quem ganha até dois salários mínimos. Fizemos justiça com quem ganha menos”, avaliou.

Essa conquista, segundo Eliziane Gama, se soma à manutençāo do Benefício de Prestaçāo Continuada (BPC) e à proibiçāo de pagamento de pensões abaixo do salário mínimo.

Segundo a senadora, a luta pra corrigir distorções da reforma previdenciária continuará em torno da chamada PEC Paralela, em tramitaçāo.

Aprovado parecer de Eliziane Gama ao projeto que institui a prevenção ao suicídio na segurança pública

A Comissão de Assuntos Sociais também aprovou requerimento de urgência para votação do projeto no plenário do Senado

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou, nesta quarta-feira, parecer da líder do Cidadania na Casa, Eliziane Gama (MA), ao projeto (PL 4815/2019), de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania), que institui a política de prevenção ao suicídio no âmbito do Pró-Vida, programa criado para oferecer atenção psicossocial e de saúde aos profissionais de segurança pública e defesa social.

“O tema é bastante relevante e evidências epidemiológicas sugerem haver elevados índices de suicídio entre profissionais de segurança pública”, justifica a senadora, ao citar que nos EUA a incidência de autoextermínio em policiais é maior que na população em geral.

A senadora disse que no Brasil o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2019 – publicação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública – apontou que houve, em 2018, 104 suicídios de policias civis e militares.

“Concordamos com a visão do autor do projeto de que, diante de dados epidemiológicos alarmantes, deve-se explicitar, em lei, a necessidade das ações de prevenção ao suicídio desses profissionais”, disse, ao completar seu com voto pela aprovação do projeto.

Eliziane Gama acatou sugestão apresentada pelo senador Flávio Arns (Rede-PR) que estende o programa Pró-Vida para o tratamento de transtornos mentais dos profissionais de segurança pública. A proposta foi incorporada ao relatório por meio de emenda. A Comissão de Assuntos Sociais também aprovou requerimento de urgência para votação do projeto no plenário do Senado.

Senadora Eliziane dará suporte a projetos de extensão da universidade cortados por Bolsonaro

A senadora se colocou à disposição para suprir, via emenda parlamentar, o que foi cortado pelo governo Jair Bolsonaro

A senadora Eliziane Gama (Cidadania) reuniu-se, segunda-feira (23), com grupo de professores e bolsistas do programa de extensão universitária de formação continuada da UFMA.

Este programa levava qualificação técnica a quase 50 municípios do estado, chegando a prestar serviços a mais de 5 mil professores da rede pública estadual. O programa sofreu com cortes de verbas do Governo Federal.

Sensibilizada com a situação, a senadora maranhense, durante a reunião, se colocou à disposição para suprir, via emenda parlamentar, o que foi cortado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Buscarei ainda tornar o programa um projeto de Estado, que esteja fora da ameaça deste ou daquele governo, que o programa funcione com verbas federais, de forma a se tornar contínuo e sustentável”, destacou a líder do Cidadania no Senado Federal.

Senadora Eliziane apresenta sugestões para plano de trabalho da Comissão Mista de Mudanças Climáticas

O foco principal da comissão será as queimadas na Amazônia e seus impactos no Brasil e no mundo

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), propôs na CMMC (Comissão Mista de Mudanças Climáticas) do Congresso Nacional que sejam realizadas visitas aos locais das queimadas, e debate com especialistas para a busca de alternativas e mecanismos visando a proteção ambiental no País.

Eliziane Gama apresentou a sugestões esta semana durante reunião de trabalho da comissão que tem como relator o deputado maranhense Edilázio Júnior.

“A comissão terá grande protagonismo no Congresso e está sendo instalada no momento em que é necessário o encaminhamento de ações para que o governo e a sociedade possam se unir para dar uma alternativa e esta questão”, afirmou Eliziane Gama, ao participar da reunião da CMMC que apreciou o plano de trabalho do colegiado.

O foco principal da comissão, que deveria ter sido instalada no começo do ano, será as queimadas na Amazônia e seus impactos no Brasil e no mundo. A senadora lamentou o atraso na instalação e início dos trabalhos da CMMC, mas disse que agora o momento é de união.