Senadora Eliziane sugere que parte do superávit dos fundos públicos socorra trabalhador informal

A senadora destacou que é preciso atender trabalhadores e empreendedores que operam na informalidade, que já representam 40% da população economicamente ocupada

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), propôs emenda à PEC 187/2019 para que 10% do superávit dos fundos públicos, hoje estimados em R$ 219 bilhões, sejam utilizados prioritariamente ao atendimento de políticas públicas de proteção econômica e social ao trabalhador informal e ao pequeno empreendedor informal e na ampliação de outros programas sociais.

A senadora destacou que é preciso atender trabalhadores e empreendedores que operam na informalidade, que já representam 40% da população economicamente ocupada. “São 36 milhões de pessoas que estão em situação de vulnerabilidade e impedidos de trabalhar por conta do período de quarentena estabelecido pelos governos como medida de prevenção. Não é justo, é desumano, deixar esse contingente de brasileiros desamparado em momento tão crítico”, enfatizou.

Eliziane disse ainda que o momento exige a ampliação de programas como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC). “Esses são instrumentos poderosos para atender aqueles que vivem na extrema pobreza”, defendeu.

Para a senadora, a nação brasileira está ferida, o mundo está ferido com o avanço do novo coronavírus. Um mal do qual ninguém tem culpa na sua origem, mas que pode ser mitigado, eliminado com boas e afirmativas políticas públicas. E com muita transparência e cidadania.

“A hora não é de querelas ideológicas menores, algumas até irresponsáveis. É de união, voltada pra melhor proteger o nosso povo, as famílias, a economia”, avaliou a parlamentar.

Eliziane critica fala de Bolsonaro sobre suposta fraude nas eleições de 2018

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na segunda-feira (9), que tem provas de que foi eleito já no 1º turno e fala em fraudes na eleição de 2018

A senadora Eliziane Gama (Cidadania) se posicionou, por meio das redes sociais, sobre as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, de supostas fraudes nas eleições de 2018.

“Deslegitimar as eleições presidenciais de 2018, fazendo uma acusação grave, sem apresentar provas e sem levar os ‘fraudadores’ à justiça em meio a uma crise econômica, fiscal e política global é de uma irresponsabilidade sem tamanho. Essa verborragia é um grave problema”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na segunda-feira (9), que tem provas de que foi eleito já no 1º turno das eleições de 2018. Segundo o mandatário, houve “fraude” na apuração dos votos. “Eu acredito, pelas provas que eu tenho nas minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu fui eleito em 1º turno. Mas, no meu entender, houve fraude. Nós temos não apenas uma palavra, nós temos comprovado. Nós temos que aprovar no Brasil 1 sistema seguro de apuração de votos”, afirmou Bolsonaro.

Cidadania 23 realiza encontro com pré-candidatos e debate Eleição 2020

O evento teve como objetivo oferecer aos candidatos orientações técnicas sobre o processo eleitoral

O Cidadania 23 no Maranhão realizou, no último sábado (07), na Câmara Municipal de São Luís, um encontro para discutir o processo eleitoral de 2020. O partido tem se organizado para participar da Eleição deste ano em dezenas de municípios maranhenses.

O evento teve como objetivo oferecer aos candidatos orientações técnicas sobre o processo eleitoral, como por exemplo, questões jurídicas e contábeis.

Durante o encontro, a senadora Eliziane Gama reforçou a tese de que o partido deve assumir protagonismo maior no Maranhão e informou que nos próximos meses o presidente nacional, Roberto Freire fará uma visita ao Estado.

“Foi um grande encontro com pré-candidatos. Nós reafirmamos nosso compromisso em defesa da vida, da família, da criança, das mulheres, dos idosos, da pessoa com deficiência, enfim uma defesa de todos os maranhenses, pois esse é o objetivo principal do Cidadania. Estamos firmes e seguimos para eleger os melhores para continuar defendendo o nosso povo e a nossa gente. Esse é o sentimento do Cidadania”, afirmou Eliziane GamaSegundo o presidente estadual da legenda, Eliel Gama o encontro teve como propósito “criar sinergia na nossa militância. O evento era para pré-candidatos a vereador, mas também teve como mote reafirmar nossa agenda, nossas ideias e entregar para os pré-candidatos algo concreto que eles possam levar para seus eleitores”.

O encontro do Cidadania 23 contou com a presença do dirigente nacional do partido, Cláudio Vitorino. Ele veio ao Maranhão para mapear as cidades onde a legenda terá candidatura própria e projetos orgânicos de candidatura.

Eliziane Gama destaca importância dos Retiros Culturais

A parlamentar destacou que os tradicionais encontros que ocorrem no período carnavalesco são muito importantes para a juventude cristã

A autora da lei 8.904/08 que reconhece a arte evangélica como cultura, Eliziane Gama visitou retiros evangélicos na Região Metropolitana de São Luís.

A parlamentar destacou que os tradicionais encontros que ocorrem no período carnavalesco são muito importantes para a juventude cristã.

“Para mim é uma grande honra poder contribuir com essa lei que assegurado o apoio público as manifestações artisticas da juventude evangélica”, destacou Eliziane.

A senadora foi recebida na manhã de terça-feira (25), pelo pastor Jackson Douglas em retiro na Raposa, que agradeceu a parlamentar e destacou a contribuição de Eliziane Gama nos projetos da igreja no Maranhão.

A senadora também foi recebida pelo Retiro da Igreja Quadrangular com muita alegria. A juventude enfatizou a expectativa para o grande evento de encerramento da Semana Maranhense de Retiros na Praça Maria Aragão nesta Quarta-feira de Cinzas (26).

Projeto de Eliziane pretende tornar crime hediondo o assassinato de indígenas e quilombolas

Segundo o relatório “Violência contra os Povos Indígenas no Brasil” de 2018, o número de assassinatos de indígenas no país cresceu 20%.

Projeto de Lei de autoria da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) pretende transformar os assassinatos de indígenas e de quilombolas em homicídios qualificados (PL 185/2020).

A proposta, que está na Comissão de Constituição e Justiça, também cria a tipificação penal de indiocídio para casos de assassinatos em razão de etnia ou por disputa de terras.

Segundo o relatório “Violência contra os Povos Indígenas no Brasil” de 2018, o número de assassinatos de indígenas no país cresceu 20%. Foram 135 homicídios no ano passado e 1.119 nos últimos trinta anos. Elaborado pelo Conselho Indigenista Missionário, o relatório embasou o Projeto de Lei 185, apresentado por Eliziane.

“O objetivo básico é de conter o aumento de assassinato de índios pelo Brasil. Nos últimos anos, tivemos um aumento crescente. No ano passado, a quantidade de índios assassinados infelizmente foi muito alta”, afirmou Eliziane.


Eliziane apresenta relatório favorável a projeto que altera a Política Nacional de Mudança do Clima

Segundo a relatora, o projeto é oportuno para aprimorar a Política Nacional sobre Mudança do Clima

A líder do Cidadania no Senado Federal, Eliziane Gama (MA), apresentou nessa terça-feira (11) relatório favorável ao projeto de Lei (PL 4816/2019) na Comissão de Infraestrutura do Senado.

Segundo a relatora, o projeto é oportuno para aprimorar a Política Nacional sobre Mudança do Clima, sobretudo para dar mais transparência ao Plano Nacional sobre Mudança do Clima e aos Planos de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento nos biomas, os quais representam alguns dos instrumentos da PNMC.

“Essa transparência contribui para fortalecer a atividade fiscalizadora do Poder Legislativo sobre a implementação da política brasileira sobre mudança do clima. Estamos certos de que as alterações irão facilitar o controle do Parlamento e da sociedade civil sobre a política ambiental do País para o clima, aumentando, portanto, sua eficácia e efetividade”, acredita a parlamentar.

A proposta altera a Lei nº 12.187/2009 que institui a PNMC (Política Nacional sobre Mudança do Clima) e estabelece medidas de transparência relativas ao Plano Nacional sobre Mudança do Clima e aos Planos de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento nos biomas.

Eliziane e Edivaldo entregam ambulâncias para rede municipal de saúde

Foram 18 veículos novos, incluindo uma Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) móveis

A senadora Eliziane Gama e o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, estiveram, nesta segunda-feira (10), na entrega de ambulâncias para a rede municipal de Saúde.

“Participamos hoje da entrega de novas ambulâncias para ampliar a frota e melhorar o atendimento de saúde da capital maranhense. Feliz de poder ter contribuído através de emenda parlamentar. Parabéns, prefeito Edivaldo Holanda Júnior, pelo investimento na melhoria do atendimento à população”, afirmou Eliziane.

O prefeito Edivaldo destacou que em sua gestão a rede de saúde municipal está sendo reestruturada com investimentos em todas as áreas do serviço. “Nossa gestão tem promovido grandes avanços na área de saúde e a renovação e ampliação da frota de ambulâncias que faz o transporte de pacientes entre as unidades de saúde da nossa cidade é mais um deles. Com os novos veículos, pela primeira vez São Luís terá toda a frota de ambulâncias em circulação nova”, disse o prefeito Edivaldo.

São 18 veículos novos, incluindo Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) móveis. As novas ambulâncias serão utilizadas por pacientes que precisam de transferência entre unidades de saúde ou para a realização de exames entre outras necessidades que envolvam o transporte de pacientes intra-hospitalar.

Retiros Culturais devem reunir uma multidão de evangélicos na Praça Maria Aragão

Esta é a 14ª edição do evento que é assegurado pela Lei 8.904/08, de autoria de Eliziane Gama, que reconhece a arte evangélica como cultura.

Uma multidão de evangélicos participará do tradicional evento de encerramento da Semana Maranhense de Retiros Culturais realizado em São Luís (MA). Esta é a 14ª edição do evento que é assegurado pela Lei 8.904/08, de autoria de Eliziane Gama e que reconhece a arte evangélica como cultura.

Todos os anos a juventude cristã reúne-se nos tradicionais retiros no período carnavalesco e participa do encerramento da Semana de Retiros Culturais com grande encontro de louvor e adoração. O Retiros Culturais acontecerá no dia 26 de fevereiro às 16 horas na Praça Maria Aragão.

O evento é uma realização das Igrejas Evangélicas do Maranhão, Governo do Estado e Prefeitura de São Luís e contará com a presença das cantoras Priscilla Alcântara, Damares e Lidia Carollini, do Grupo de Pagode Gospel Marcados, da Banda de Forró Fogo e Glória, da Banda de Forró Som e Louvor, além da atração internacional, a Banda Christarafi, o maior nome do reggae cristão do mundo.

Partido de Eliziane Gama pode garantir legenda para pré-candidatura de Luciano Huck

Partido da senadora Eliziane Gama, Cidadania, pode ser a legenda escolhida por Luciano Huck para disputar a eleição presidencial em 2022

De olho na cada vez mais provável pré-candidatura de Luciano Huck à Presidência, o Cidadania, partido da senadora Eliziane Gama, faz uma recauchutagem interna para conquistar o apresentador. O processo começou no ano passado, com uma série de mudanças, como abertura para movimentos cívicos e fim da reeleição no comando do partido, e continuará neste ano.

O nome mais forte para assumir a direção é o do deputado Daniel Coelho (PE), líder na Câmara. A ideia é incrementar o perfil jovem do Cidadania e preparar o terreno para a possível filiação do apresentador global.

A Executiva Nacional do Cidadania tem encontro marcado no dia 4 de fevereiro. Roberto Freire, no comando desde 1991, deverá assumir a presidência de honra. No entorno de Huck, o movimento foi visto como forma de deixar a renovação do partido como seu grande legado.

O apresentador, que em Davos não negou ser presidenciável, disse a interlocutores que estava contente com a repercussão da sua presença no Fórum Econômico Mundial

Um influente dirigente de partido de centro avalia que Huck poderia muito bem ser o candidato da centro-direita e centro-esquerda em 2022.