Edivaldo promove duas mudanças em seu secretariado

Ivaldo Rodrigues volta a atuar nas ações municipais voltados à agricultura, além de continuar no comando da Feirinha São Luís

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr. (PDT), promoveu duas mudanças em seu secretariado. Após nove meses longe da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento, o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) está de volta à pasta.

O petista Nonato Chocolate assume a Secretaria de Representação Parlamentar, que atua na relação entre o Executivo e o parlamento.

Ivaldo Rodrigues volta a atuar nas ações municipais voltados à agricultura, além de continuar no comando da Feirinha São Luís, uma das melhores ações da Prefeitura de São Luís.

Prefeito Edivaldo convoca mais professores aprovados no concurso público para a área da Educação


A medida complementa as ações da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior na área da Educação e beneficia milhares de alunos da rede municipal de ensino

Reforçando a política de melhorias na qualidade do ensino e aprendizado na rede municipal, a Prefeitura de São Luís realizará nova convocação de candidatos aprovados e classificados no concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A medida complementa as ações da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior na área da Educação e beneficia milhares de alunos da rede municipal de ensino. Serão chamados mais 268 professores, 30 cuidadores e 10 monitores escolares. O edital de convocação está previsto para ser publicado até o final da próxima semana

“O chamamento de professores para a rede municipal de ensino repercute positivamente na melhoria da qualidade do ensino ofertado aos milhares de estudantes da rede. A ampliação do nosso quadro de professores se soma a outras ações da Prefeitura a exemplo dos investimentos na requalificação das unidade de ensino e qualificação dos professores. São os esforços para uma educação melhor aos nossos alunos”, enfatiza o prefeito Edivaldo lembrando que mais de 160 escolas já foram requalificadas e mais de mil salas de aulas climatizadas.

A secretária municipal de Administração, Mittyz Rodrigues, destaca o empenho da gestão em promover melhorias no serviço público. “Com a autorização para convocação de mais 268 professores aprovados em concurso público, a Prefeitura de São Luís segue renovando o quadro funcional com servidores concursados que fortalecem a prestação de serviços à população. Além dos professores, também estão sendo convocados 30 cuidadores para educação especial e 10 monitores do transporte escolar em edital previsto para ser publicado até o final da próxima semana”, enfatizou a secretária.

Com o concurso público já foram inseridos ao quadro da rede mais 456 professores do magistério, 177 cuidadores e 74 monitores, além de oito profissionais classificados para as vagas de nível superior. O certame para a rede municipal de ensino foi promovido em 2017, abrindo 822 vagas nos níveis médio e superior, além do cadastro de reserva. O concurso disponibilizou oportunidades para cargos de magistério, níveis superior e médio, e pela primeira vez, vagas para a Educação Especial.

“É uma das grandes prioridades da gestão do prefeito Edivaldo, que segue trabalhando em benefícío de uma educação mais adequada e qualificada na rede municipal. Esse concurso, somado a outras muitas iniciativas, faz parte da política voltada para a pasta, que contempla ainda a requalificação de escolas, capacitação de professores e ações para o melhor aprendizado dos alunos”, pontua o titular da Semed, Moacir Feitosa. Por meio do concurso, já foram convocados um total de 715 profissionais para reforço à educação na rede municipal.

Sancionada lei de Raimundo Penha que garante vacinação domiciliar em São Luís

A nova lei altera alguns dispositivos da lei municipal 5.970/15, ampliando o serviço de vacinação e contribuindo para beneficiar milhares de ludovicenses que, devido as suas limitações motoras, tem dificuldades de se deslocar

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sancionou projeto de lei, de autoria do vereador Raimundo Penha (PDT), que institui o serviço de vacinação domiciliar para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na capital maranhense.

“Agradeço o apoio e sensibilidade do prefeito Edivaldo. Esperamos que a nova lei comece a ser cumprida logo, garantindo o direito das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, que não tem como se deslocar até uma unidade de saúde”, afirmou o parlamentar.

A nova lei altera alguns dispositivos da lei municipal 5.970/15, ampliando o serviço de vacinação e contribuindo para beneficiar milhares de ludovicenses que, devido as suas limitações motoras, tem dificuldades de se deslocar até uma unidade de saúde, por exemplo.

As ações serão executadas pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, que deverá montar a infraestrutura necessária para atender a demanda deste público.

Conselho Tutelar

Outro projeto de autoria de Raimundo Penha também foi transformado em lei municipal recentemente.

Trata-se da obrigatoriedade para que ações e contatos telefônicos do Conselho Tutelar sejam divulgadas no ambiente das escolas das redes pública e privada de ensino de São Luís.

As escolas, a partir de agora, deverão afixar, em locais visíveis e de fácil acesso, cartazes com dados explicativos sobre o Conselho Tutelar e suas competências; além do número telefônico da sua respectiva circunscrição.

“O Estatuto da Criança e do Adolescente garante que nenhum integrante deste público será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. A nova lei possibilita que o cidadão aja em favor dos mais fracos, corrigindo e até evitando os maus tratos das nossas crianças e adolescentes”, explicou o vereador.

Prefeito Edivaldo entrega equipamento para Conselho e anuncia novo abrigo para idosos

Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal

Em mais uma ação visando ao fortalecimento das políticas municipais voltadas à pessoa idosa em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDI), na manhã desta segunda-feira (21), equipamentos fundamentais para o desenvolvimento do trabalho realizado pelo órgão. Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal. Na ocasião, o prefeito anunciou a implantação do primeiro abrigo municipal para acolhimento de idosos na capital, previsto para ser inaugurado ainda este ano.

“A criação do abrigo será mais uma iniciativa planejada e executada por nossa gestão, como parte da política de valorização da pessoa idosa em nossa cidade. Isso denota o cuidado e o respeito com que temos tratado as questões relativas ao bem-estar dos idosos, para que vivam com mais dignidade. Para isso, temos desenvolvido um trabalho muito bem articulado com as instituições e órgãos de apoio a esse público, o que nos tem possibilitado instrumentalizar melhor o trabalho dessa rede de apoio e avançar significativamente na área. E com a criação da nova instituição de longa permanência para acolhermos e abrigarmos idosos em situação de vulnerabilidade e abandono daremos mais um grande passo em nossa política em atenção a esse público”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O ato de entrega contou com a presença do vice-prefeito Julio Pinheiro; da secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande da representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic; e da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, do promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes, entre outras autoridades. Entre os equipamentos entregues ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa estão um veículo Citroen Air Cross, três mesas estações de trabalho, mesa de reunião, TV LED de 50 polegadas para apresentações e videoconferências, armário para escritório, cadeiras para espera (duas longarinas para três lugares), três computadores com webcams, copiadora multifuncional e um bebedouro. A entrega dos equipamentos visa melhorar aparelhar e reforçar o trabalho do CMDI em São Luís.

Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal

A secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande reforçou que a ação de entrega dos equipamentos ao CMDI faz parte dos avanços conquistados com a implementação das políticas de atenção ao idoso na capital, com a determinação do prefeito Edivaldo.

Sobre a instituição de longa permanência que será criada pela Prefeitura de São Luís, a gestora explicou que trata-se de um abrigo exclusivo para pessoas idosas, homens e mulheres a partir dos 60 anos. A Casa terá capacidade para atender 30 idosos. “Será a primeira unidade exclusiva para acolhimento institucional para a pessoa idosa de São Luís, mantida pelo município. A iniciativa tem a determinação e orientação do prefeito Edivaldo, que não tem medido esforços para garantir a essa pessoa melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar social e emocional”, ressaltou Andréia Lauande. Ainda conforme a secretária, os recursos para a criação da Instituição de Longa Permanência foram captados junto à Fundação Você, através do Fundo Municipal da Pessoa Idosa.

No ato de entrega, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, destacou a importância do apoio dado pela Prefeitura de São Luís no desenvolvimento do trabalho do órgão que é fundamental para a defesa dos idosos na capital.

“Sem dúvida todos os instrumentos recebidos aqui vão contribuir significativamente para o bom desenvolvimento do nosso trabalho. Muitas vezes tivemos que fazer as diligências em nossos próprios carros, o que não acontecerá mais porque o órgão conta agora com essa importante ferramenta para a realização de nossas atividades de campo. De forma que o trabalho articulado com a Prefeitura de São Luís reforça o compromisso do prefeito Edivaldo com a causa e tem reforçado a rede de apoio aos idosos no município e nos possibilitado avançar nas políticas voltadas a esse público. É claro que ainda temos muito a desenvolver, mas já conseguimos contabilizar resultados bem positivos na área”, observou Maria Goreth, acrescentando ainda que cerca de 10% da população da capital é composta por idosos, o que requer uma atenção cada vez mais diligente.

A representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic, destacou os avanços na área observados na capital, com a implementação das políticas destinadas à pessoa idosa. “São Luís tem uma rede de proteção ao idoso bastante articulada e desenvolvida, um dos aspectos que levaram o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa a fazer essa interlocução junto ao Governo Federal para concessão desses instrumentos tão importantes para as atividades do conselho local”, disse.

No ato, a forte articulação da rede de apoio em atenção aos idosos também foi destacado pelo promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes. “O Nosso trabalho na área tem sido respaldado por muita escuta aos órgãos de apoio, discernimento e bom senso com as demandas relativas aos idosos, para que, juntos, possamos dar as solução necessárias a essa população cada vez mais crescente. E articulação com essa rede de apoio tem sido fundamental nesse processo para agirmos com bom senso”, observou o promotor.

Com lavagem hidrotérmica, Prefeitura de São Luís reforça limpeza no Centro Histórico da cidade

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão

Com os serviços de lavagem hidrotérmica, a Prefeitura de São Luís está investindo ainda mais na limpeza e conservação do Centro Histórico da cidade. Com a utilização de equipamento importado, de tecnologia alemã, a lavagem tem resultado mais eficiente na limpeza de praças, escadarias e ruas com pavimentação em pedras como no Centro Histórico. Iniciado no sábado (19), o trabalho foi acompanhado pelo prefeito Edivaldo, que tem investido constantemente nas ações de limpeza urbana e já contabiliza importantes resultados na área.

“É mais uma ação da Prefeitura de São Luís na limpeza da cidade, um setor estratégico que se reflete em diversas áreas, do turismo à saúde. Estamos investindo em equipamentos e na realização efetiva de serviços de melhor qualidade e resultado. Com medidas desta envergadura, estamos colocando São Luís em um patamar de excelência para que a população e os turistas possam usufruir”, disse o prefeito Edivaldo.

Acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do secretário de Relações Parlamentares e coordenador da Feirinha São Luís, Ivaldo Rodrigues e da presidente do Comitê Municipal de Limpeza, Carolina Estrela Morais, o prefeito Edivaldo percorreu trechos que receberam a primeira ação do novo equipamento, como a Praça Benedito Leite e a Rua do Giz. Foram realizados os primeiros testes do novo equipamento com a lavagem da Praça Dom Pedro II.

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão

Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, a aquisição do novo equipamento resultará no ganho de produtividade no Sistema de Limpeza Urbana de São Luís, que tem registrado grandes avanços na gestão do prefeito Edivaldo. “Com este equipamento nós conseguimos lavar uma área maior em menor tempo e garantir que a sujeira mais profunda seja retirada de modo mais eficaz. A diferença é notada imediatamente após a lavagem”, afirmou.

A lavagem hidrotérmica é feita com a utilização de “pistolas” automáticas de grande calor e alta pressão. A tecnologia é importada da Karshe, empresa alemã líder mundial do setor, que há anos desenvolve a tecnologia de limpeza com água comum, em temperatura e pressão elevada e a exporta para o mundo inteiro.

Para a lavagem das ruas, escadarias, praças e outros logradouros do Centro Histórico de São Luís a máquina compressora portátil de lavagem hidrotérmica é acoplada ao caminhão-pipa. O equipamento é capaz de gerar calor a uma temperatura de 60 a 140 graus Celsius e pressão entre mil a 4,5 mil libras por centímetro cúbico. O resultado do processo é constatado imediatamente. Toda sujeira acumulada e que não é retirada pelo processo de lavagem comum é inteiramente removida, deixando o piso completamente renovado.

A lavagem com alta pressão e água quente não agride o piso. Ao contrário, ele vai ficando mais claro a cada nova lavagem, até atingir seu estado natural. Depois da lavagem hidrotérmica, lavagens de baixa pressão garantem a manutenção da higiene e limpeza do local. O processo garante, ainda, economia de água e ganho de produtividade já que, com o uso do equipamento, é possível lavar uma área maior em comparação ao processo manual.

Depois do teste, o equipamento será empregado na lavagem da Praça Benedito Leite neste fim de semana e, com um cronograma específico de serviços, o Comitê Gestor de Limpeza Urbana, garantirá a limpeza do Centro Histórico da capital com o novo equipamento.

A lavagem hidrotérmica amplia os serviços já prestados na região pela Prefeitura de São Luís. Para melhorar o aspecto urbano da área, são desenvolvidas ações diárias de limpeza que garantem maior bem-estar para os moradores, comerciantes e frequentadores do Centro Histórico. A varrição das ruas ocorre logo no início da manhã, para que os frequentadores encontrem a área limpa assim que chegarem para trabalhar ou para atividades de lazer.

A coleta dos resíduos domiciliares e dos estabelecimentos comerciais também é realizada todos os dias. Por causa das particularidades urbanísticas da região e por se tratar de área tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade, a coleta nos bairros do Centro Histórico de São Luís é realizada com um veículo menor, que causa menor impacto às vias, evitando o comprometimento do casario colonial.

Prefeito Edivaldo visita instalações da Central de Atendimento ao Cidadão

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã deste sábado (5), as instalações da Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís para qualificar a prestação de serviços públicos em diversas áreas e facilitar o acesso da população ao atendimento. A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento. A Central entra em funcionamento ainda este mês com a ofertas de alguns serviços, entre eles os da Secretaria de Habitação e Urbanismo (Semurh).

“Com a criação desta Central de Atendimento ao Cidadão, estamos honrando aqui mais um compromisso que assumimos com a nossa cidade, com a população. E é exatamente isso o que fazemos todos os dias: trabalhamos diuturnamente para atender aos anseios da população. Agora, o cidadão vai poder requerer em um mesmo local diversos serviços que vão desde licenciamentos ambientais e urbanos até solicitações na área fazendária, tudo feito em ambiente acolhedor e digno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, o novo equipamento oferecerá maior conforto ao cidadão e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta ainda com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento. Os serviços na Central de Atendimento ao Cidadão estão sendo finalizados e devem ser concluídos já na próxima semana.

A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento

Localizado à Avenida Magalhães de Almeida, 280 (em frente ao Mercado Central), no Centro da capital, o prédio abrigará as secretarias municipais de Urbanismo e Habitação (Semurh) e Meio Ambiente (Semmam); o Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid), a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal. Entre os serviços que serão ofertados no local, estão licenciamentos ambientais e urbanos, solicitações de alvarás, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar no espaço.

O secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, destacou a iniciativa como um projeto idealizado para desburocratizar e agilizar os processos administrativos nas áreas de atuação da Central de Atendimento ao Cidadão. “É muito mais praticidade e comodidade aos cidadãos que buscam por esses serviços. Aqui, os órgãos vão trabalhar de forma integrada para melhor atender as pessoas, em um ambiente com melhor infraestrutura. A criação da Central também representa maior economia tanto para o município como para o cidadão que agora não precisará mais de deslocar para vários locais diferentes com o intuito de requerer serviços nessas áreas”, observou o secretário.

Mádison Leonardo reforçou ainda que todos os setores da Semurh, que antes ocupavam as instalações de dois prédios históricos da Rua Portugal, na Praia Grande, passarão a funcionar na Central de Atendimento ao Cidadão. Os casarões antes ocupados pelo órgão serão restaurados, como mais uma ação da Prefeitura de São Luís visando à revitalização do Centro Histórico da capital.

Prefeitura de São Luís orienta pais e responsáveis sobre como proceder para realizar a matrícula online

O resultado da pré-matrícula e a convocação para o comparecimento dos responsáveis nas escolas da rede municipal serão divulgados no dia 6 de fevereiro de 2019

A melhoria do ensino público na capital é uma busca constante na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Além da qualificação de professores e colaboradores da educação, a administração municipal também investe na modernização do sistema de matriculas que a partir deste ano está sendo feito de forma online para todas as escolas da rede. Em 2017 o processo de inscrição online foi ofertado para algumas unidades de ensino. Para 2019, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação de São Luís (Semed), vai ofertar 15 mil vagas, sendo seis mil para Educação Infantil, seis mil para Ensino Fundamental e três mil para Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A rematrícula para estudantes veteranos será automática na escola. A inscrição para o ingresso de novos alunos vai até o dia 1° de fevereiro do próximo ano.

O link da matrícula on line é o endereço eletrônico https://sislamema.caedufjf.net/sislamema/prematricula.faces?q=Xl9dvmpbyrw%3D. A matrícula online é uma das ações da política de educação municipal do programa Educar Mais, uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, que também realiza diagnóstico da qualidade do ensino oferecido na rede pública municipal de São Luís com o objetivo de acompanhamento, monitoramento e tomada de decisões na área da educação.

O secretário de Educação, Moacir Feitosa, explica que pais e responsáveis devem fazer um cadastro e solicitar a matrícula através da pagina ‘Pré-Matrícula no Sislame’, cujo link está disponível no site saoluis.ma.gov.br. No ato da inscrição, os interessados devem informar dados pessoais e, obrigatoriamente, três opções de escolas e/ou anexos escolares que desejam matricular as crianças. A pessoa também poderá acrescentar duas opções facultativas. Logo depois, é gerado um número do protocolo para ser anotado e o comprovante de inscrição que poderá ser salvo ou impresso.

A análise dos cadastros será feita pela Comissão de Matrícula e a Coordenação de Informação e Estatística da Semed. Uma dica importante para os pais e responsáveis é que a confirmação da inscrição na pré-matrícula não garante a matrícula e as solicitações de vaga que extrapolarem o número das disponíveis, farão parte do Cadastro de Demanda para atendimento futuro.

O resultado da pré-matrícula e a convocação para o comparecimento dos responsáveis nas escolas da rede municipal serão divulgados no dia 6 de fevereiro de 2019. Os nomes poderão ser acessados na lista de selecionados no site da Prefeitura. A Semed vai convocar os aprovados via e-mail, e estes terão que comparecer com os documentos necessários na Unidade de Educação Básica ou Anexo que foram selecionados no período de 7 a 12 de fevereiro de 2019.

Com a convocação da Prefeitura, os interessados em garantir uma vaga na rede de ensino municipal devem providenciar os documentos pessoais necessários para efetivar a matrícula, como cópias da Certidão de Nascimento ou Documento de Identidade do estudante, além de cópia do RG e CPF do responsável, duas fotos em tamanho 3×4 recentes, comprovante de residência legível e recente, ou declaração em casos de impossibilidade de comprovação por documentos oficiais; quem for beneficiário do programa Bolsa Família terá que apresentar documento que comprove e o NIS do responsável e da criança. Também é obrigatório apresentar cópia do Cartão de Vacina atualizado e o Histórico Escolar, para as etapas que solicitam a escolarização anterior.

Obras da Rua grande e do Complexo Deodoro entregues à população são um marco histórico para cidade

A magnitude e beleza da nova Praça Panteon é percebida com os elementos arquitetônicos e paisagísticos que resultaram da requalificação urbanística

Momento muito esperado pela população de São Luís e um marco para a capital maranhense. A entrega da primeira etapa das obras de requalificação da Rua Grande e de todo o Complexo Deodoro representa para cidade um dos maiores investimentos na área do Centro executado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Prefeitura de São Luís. As obras foram entregues como presente de Natal para a população de São Luís, na noite de sábado (21), com as presenças dos ministros Sérgio Sá Leitão (Cultura) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) do governador Flávio Dino, do prefeito Edivaldo Holanda Junior, da presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa e do superintendente do instituto no Maranhão, Maurício Itapary.

O vice-governador Carlos Brandão, o vice-prefeito Júlio Pinheiro, além de secretários municipais e estaduais; os deputados federais Weverton Rocha, Eliziane Gama (senadores eleitos) e Hildo Rocha; deputados estaduais, vereadores e demais autoridades políticas também participaram do evento, bem como representantes da classe comercial e industrial e milhares de ludovicense e também turistas que foram apreciar o novo espaço e a programação cultural que fez parte da inauguração.

O governador Flávio Dino pontuou o significado da obra para a cidade e a população. “Fazemos uma reverência a todos que contribuíram para a execução dessa obra. A Prefeitura e ao Governo Federal por essa realização, que reforça o ditado que diz que a união faz a força. A Praça Deodoro e a Rua Grande são espaços que identificam a nossa cidade e essa entrega representa a restituição da memória histórica, literária e cultural para milhares de maranhenses, portanto, muito significativa. Nos sentimos felizes por este momento e que todos possam cuidar e preservar esse espaço, que seja um ponto de convergência e união”, ressaltou Dino.

A magnitude e beleza da nova Praça Panteon é percebida com os elementos arquitetônicos e paisagísticos que resultaram da requalificação urbanística

Os espaços revitalizados nesta fase do projeto ganharam nova reordenação das suas áreas pública, nas quais a pessoa com deficiência, crianças, idosos e o pedestre de forma geral terão mais condições de tráfego e de interagir socialmente, avaliou o prefeito Edivaldo Holanda Junior. “É um momento de muita felicidade a entrega dessa obras. Uma grande e importante obra, com a parceria Iphan, a quem agradecemos imensamente, e Prefeitura, que promoveu uma verdadeira modificação neste espaço, reordenando-o. Agora, entregamos não só aos ludovicenses, mas a todos os maranhenses, as praças totalmente renovadas. A Prefeitura cumpre sua parte fiscalizando para que seja preservado e a população possa ter orgulho e o sentimento de pertencimento. É um presente de Natal à cidade”, disse o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda.

“Esse é um momento de agradecimento. Então, quero agradecer por esta realização significativa para a cidade de São Luís e para o Maranhão. Aqui está um espaço histórico revitalizado para a população. Foi uma obra executada com seriedade, com determinação e compromisso. Que os ludovicenses saibam amar essa lugar”, disse a presidente do Iphan, Kátia Bogéa. O projeto de revitalização do Complexo Deodoro-Rua Grande é o maior em investimento na capital na recuperação de patrimônio público.

A magnitude e beleza da nova Praça Panteon é percebida com os elementos arquitetônicos e paisagísticos que resultaram da requalificação urbanística. Foto: Jardel Scott

Na ocasião, os ministros, a presidente do Iphan, o governador e o prefeito descerraram a placa marcando a entrega do Complexo. O prefeito recebeu, ainda, placa de homenagem referente à obra, concedida pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil (Sinduscon-MA).

A magnitude e beleza da nova Praça Panteon é percebida com os elementos arquitetônicos e paisagísticos que resultaram da requalificação urbanística. A praça teve todo o seu piso renovado com a colocação de pavimento em concreto lapidado. Na área central, granito, grama nos canteiro e caramanchões que dão sombra ao local. O espaço conta também com novo mobiliário urbano (bancos e lixeira) e luminárias mais eficazes, melhorando o sistema de iluminação pública do local. Enriquecem ainda mais a Praça Panteon os bustos de 18 nomes notáveis da literatura e arte maranhenses, que após 11 anos retornaram à área histórica totalmente restaurados.

O superintendente do Iphan no Maranhão também destacou a importância da obra. “A requalificação desses espaços significa muito para a cidade e para a população de São Luís. Com certeza vai impulsionar o comércio e o turismo. Este espaço é da população e esperamos que este seja o sentimento de todos”, disse Mauricio Itapary.

Além das falas da autoridades, uma programação cultura especial marcou a entrega dos espaços. Em palco montado na Praça Panteon, apresentações de Fernando de Carvalho, Mano Borges, Coral São João e Trio 1 2 3 formado pelas cantoras Tássia Campos, Mila Camões e Camila Boueri, além de apresentação de grupo de Bumba Boi, levando centenas de pessoas à praça. Durante todo o evento, a segurança estava a postos com efetivo da Guarda Municipal, da Prefeitura e Polícia Militar, do Governo do Estado.