Rafael Leitoa continua na Alema e grupo prepara candidatura em Timon

O parlamentar já informou que segue se dedicando ao seu mandato na Alema até 2022

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rafael Leitoa (PDT), afastou a possibilidade de ser o candidato do grupo Leitoa na cidade de Timon.

A pesar do nome ser conhecido na cidade entre as possibilidades do grupo e até mesmo nas pesquisas eleitorais, o parlamentar já informou que segue se dedicando ao seu mandato na Alema até 2022.

Um dos líderes do grupo político, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, já está em seu segundo mandato e prepara para fazer seu sucessor no próximo ano.

O possível nome do grupo será da secretária de Educação, Dinair Veloso.

Zé Inácio destaca liberdade do ex-presidente Lula e Encontro Estadual do PT

O parlamentar reafirmou a decisão da maioria dos filiados, durante o congresso, de que o PT deve ter representação nas próximas eleições

O deputado Zé Inácio usou a tribuna da Assembleia Legislativa, segunda-feira (11), para dar destaque à liberdade do ex-presidente Lula, ocorrida na última sexta-feira (8). O parlamentar relembrou o pedido feito pelo ex-presidente, em seu discurso após ser solto, de que o povo deve seguir lutando contra o que ele classificou de retrocessos do atual governo federal.

“Mas embora a soltura de Lula represente um avanço em busca da justiça plena ao ex-presidente, precisamos ressaltar que essa justiça plena só será verdadeiramente feita quando Lula tiver sua condenação anulada pelo STF, que julgará nos próximos dias a suspeição do ex-juiz Moro no processo do triplex”, disse Zé Inácio.

Zé Inácio informou quer Lula aproveitou o momento para convocar o povo brasileiro a resistir os ataques aos direitos dos trabalhadores, no governo Jair Bolsonaro. “E ele não poderia fazer diferente, pela quadra histórica que nós estamos vivenciando, de retirada de direitos, sobretudo dos mais humildes e da classe trabalhadora. Para Lula, é preciso uma mobilização constante e firme para barrar os retrocessos do atual governo, que tem feito o povo sofrer com a fome, o desemprego e a falta de oportunidade”, disse. 

No fim de seu discurso, Zé Inácio destacou o Encontro Estadual do PT que aconteceu no último sábado (9).

“Não poderia deixar de falar do Encontro Estadual do PT, que aconteceu sábado, exatamente no dia seguinte à liberdade do ex-presidente Lula. O que seria um encontro político de delegados, de lideranças políticas do PT de várias regiões do Estado, de convidados, se tornou também uma grande festa em homenagem ao ex-presidente Lula, à liberdade de Lula. E nesse encontro elegemos, o Partido dos Trabalhadores no Maranhão reconduziu ao cargo de presidente Augusto Lobato, que terá mais 4 anos à frente do Diretório Estadual do PT”, informou.

Inácio destacou a presença de lideranças políticas de outros partidos no encontro, como os deputados federais Bira do Pindaré e Márcio Jerry, além da presença de Silvana, membro da Executiva Nacional do PT, e de representantes dos movimentos sociais MST, CUT, UNE, UBES e Federação dos Comerciários.

O parlamentar reafirmou a decisão da maioria dos filiados, durante o congresso, de que o PT deve ter representação nas próximas eleições, não só na capital, mas em várias cidades do estado.

Com a saída de Dr. Yglésio do PDT, aumentam as especulações sobre futuro partidário do deputado

As conversas já foram iniciadas com o Solidariedade. Outros partidos, como o Cidadania, Avante, PL e PSD, estão na mira e também são alternativas do parlamentar

Com o aval da saída do PDT, dado pelo senador e presidente estadual, Weverton Rocha, o deputado estadual Dr. Yglésio já iniciou articulações para definir sua nova legenda. A mudança parte da garantia de que será candidato à prefeitura de São Luís, em 2020.

As conversas já foram iniciadas com o Solidariedade. Outros partidos, como o Cidadania, Avante, PL e PSD, estão na mira e também são alternativas do parlamentar.

A única certeza, até o momento, é que a composição das bancadas na Assembleia Legislativa do Maranhão será alterada. O PDT deve diminuir suas cadeiras de sete para seis.

Existe a possibilidade do deputado estadual Fernando Pessoa trocar o Solidariedade pelo PDT e fazer o caminho inverso do deputado Dr. Yglésio, mas nada ainda confirmado.

Com o aval da Rede Sustentabilidade, Jeisael Marx já dá entrevista como pré-candidato a prefeito

Jeisael foi um dos entrevistados do programa da Rádio Educadora AM, apresentado pelos jornalistas Juraci Filho e André Martins

Após sua ida a Brasília para efetivar sua filiação à Rede Sustentabilidade, o comunicador e apresentador do Brasil Urgente, da Band Maranhão, Jeisael Marx, já concede entrevista como pré-candidato a prefeito.

Jeisael foi um dos entrevistados do programa da Rádio Educadora AM, apresentado pelos jornalistas Juraci Filho e André Martins. Na oportunidade, o apresentador falou dos seus projetos e da construção da sua plataforma de governo.

Representante do partido da ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, Jeisael já tem a garantia da sua candidatura na sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Jr.

Tido como candidato outsider, aquele fora da política tradicional, Jeisael Marx tem tido facilidade em entrar em comunidades e bairros de São Luís e assim, iniciar bem sua pré-campanha.

Com filiação anunciada para o Podemos, Eduardo Braide começa 2020 fortalecendo base eleitoral

Com o trabalho sendo fortalecido nos dois partidos ao mesmo tempo, Eduardo Braide deseja entrar em 2020 intensificando ainda mais sua entrada nos bairros de São Luís

Líder das pesquisas eleitorais, o deputado federal e pré-candidato a prefeito em São Luís, Eduardo Braide, já informou que sua ida para o Podemos será efetivada até o final de 2019.

De saída do PMN para o Podemos, Braide trabalha agora para fortalecer sua base eleitoral e levar também para a nova legenda candidatos em potencial, para disputar as vagas do legislativo da capital.

A lista de pré-candidatos a vereador já é extensa, passa por alguns nomes conhecidos, lideranças comunitárias e profissionais das mais diversas áreas, por isso alguns nomes serão divididos entre o Podemos e o PMN, partido que segue presidido pelo irmão do pré-candidato, Fernando Braide.

Com o trabalho sendo fortalecido nos dois partidos ao mesmo tempo, Eduardo Braide deseja entrar em 2020 intensificando ainda mais sua entrada nos bairros de São Luís.

Essa sim, não deve ser fácil, sobretudo, pela quantidade de pré-candidatos com boa avalição na capital.

Adriano Sarney e Roseana Sarney em palanques separados nas eleições de São Luís?

O comentário desta quinta-feira (7), é sobre a possível candidatura da ex-governadora Roseana Sarney para prefeitura de São Luís, Adriano Sarney afirma que também será candidato

Um tanto quantos improvável que nas próximas eleições municipais em São Luís, dois nomes do grupo Sarney estejam na disputa e ainda mais, encabeçando candidaturas diferentes.

O comentário desta quinta-feira (7), é sobre a possível candidatura da ex-governadora Roseana Sarney na eleição para a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Pelos últimos resultados, como a derrota para o governador Flávio Dino (PCdoB), em 2018. A ex-governadora não entraria em uma nova disputa para perder. No máximo um cargo no legislativo federal ou estadual seria o que Roseana, nos seus 66 anos de idade toparia.

Um outro detalhe é que o deputado estadual Adriano Sarney (PV) afirma para todos que não retira seu nome em nenhuma hipótese.

O que reforça que a eleição na capital não terá dois nomes do grupo Sarney. Se unidos já não garantem vitórias majoritárias, imagine separados.

Instabilidade com presidente afasta pré-candidatos do PSL

Na falta de um projeto mais seguro, pré-candidatos a prefeito e vereador tem procurado partidos como o PSDB, PSC e o Novo

Quem visa uma candidatura em 2020, seja para o cargo de prefeito ou vereador e tinha no PSL uma possível legenda, tem refeito suas estratégias. A maior reclamação é sobre a guerra interna entre o presidente da República e a executiva nacional da legenda. E, em caso de confirmação da saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL, o cenário ficará ainda mais incerto.

Com toda a instabilidade, muitos postulantes estão buscando novas possibilidades de candidatura. Sobre o PSL do Maranhão, muitos pré-candidatos afirmam que o presidente estadual ainda não tem definido qual o caminho que será trilhado.

Na falta de um projeto mais seguro, pré-candidatos a prefeito e vereador tem procurado partidos como o PSDB, PSC e o Novo.

Alguns postulantes ao cargo de vereador têm afirmado que o projeto de uma candidatura pode ficar para 2024, caso a instabilidade da política nacional e regional não se definam.

Com candidatura própria do PT, Bira do Pindaré perderia seu grande apoiador

O apoio do PT já era dado como certo em uma candidatura de Bira do Pindaré à prefeitura de São Luís

O apoio do PT ao pré-candidato Bira do Pindaré (PSB) já era dado como certo por alguns dirigentes petistas em uma possível candidatura do socialista ao mandato de prefeito de São Luís, em 2020.

Mas na última semana, toda a movimentação dos petistas e de seus militantes, em destaque à fala do deputado estadual Zé Inácio, foi para que o partido tenha uma candidatura própria na capital.

Com isso, em caso de confirmação, Bira do Pindaré perderia um apoio importante em relação ao tempo de TV e Rádio. Além de perder o apoio do partido do ex-presidente Lula que segue com aprovação dos ludovicenses, o que renderia alguns votos.

De concreto mesmo, o pré-candidato socialista conta apenas com o apoio do seu partido, o PSB, que já deu demonstrações de apoio nos diretórios nacional, estadual e municipal.

PT articula candidatura própria em São Luís e lança enquete para a escolha do candidato

PT lançou uma enquete com 13 possíveis nomes, para que seja escolhido um para a disputa

Como divulgou o blog, a fala do deputado estadual Zé Inácio sobre uma possível candidatura própria do PT nas eleições de 2020, em São Luís, repercutiu bastante. Os debates foram iniciados e agora o partido movimenta-se para viabilizar um nome competitivo na disputa.

O PT continua sendo uma das maiores legendas do país e, como mostrou a pesquisa do Instituto Escutec, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva continua com um prestígio considerável em São Luís.

Noticiado pelo blog Marrapa, do jornalista Leandro Miranda, o PT lançou uma enquete com 13 possíveis nomes, para que seja escolhido um para a disputa.

São eles: o deputado federal Zé Carlos, deputado estadual Zé Inácio, os secretários estaduais Chico Gonçalves (Direitos Humanos ) e Lawrence Melo (Mobilidade Urbana), vereador Honorato Fernandes, os secretários municipais Professor Chocolate (Representação Parlamentar) e Marlon Botão (Cultura), os advogados Mário Macieira e Dimas Salustiano, o professor Zé Costa, além dos nomes de Márcio Jardim, Augusto Lobato e José Antonio Heluy.

Com tempo de TV e Rádio, o PT se movimenta para correr atrás de seu antigo eleitorado e barrar o crescimento de partidos da direita, além de preparar para uma volta ao poder em 2022.