Eduardo Braide na disputa pela Prefeitura de São Luís

Segundo lugar na disputa pela capital em 2016, muitos ainda veem Braide ainda muito distante da discussão sobre 2020

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) está na corrida pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em 2020. Segundo lugar na disputa pela capital em 2016, muitos ainda veem Braide ainda muito distante da discussão sobre 2020.

Em uma publicação recente, Braide cobrou a prefeitura sobre uma obra na Cidade Operário e completou: “Em 2020, nós vamos ter a oportunidade de fazer uma São Luís diferente!”.

Alguns políticos e pré-candidatos a vereador compram de Braide uma postura mais firme sobre a disputa. Pelo que tudo indica, o deputado federal deve iniciar discussões sobre as eleições, já que outros pré-candidatos estão se saindo melhor e avançando sobre o eleitorado.

Dr. Allan Garcês oficialmente na disputa pela prefeitura de São Luís

Em Brasília, Allan Garcês ocupa o cargo de Diretor Executivo do Ministério da Saúde no Departamento de Articulação Interfederativa e pode ser o nome do PSL em São Luís

Na manhã de domingo(19), a União da Direita Maranhense chancelou apoio ao médico, Dr. Allan Garcês, como pré-candidato à prefeitura de São Luís, ficando desta forma então confirmado mais um nome que entra na disputa de 2020.

Estiveram presentes no evento autoridades, empresários, médicos e políticos como os vereadores Ricardo Diniz, César Bombeiro, Joãozinho e Antônio Garcês, juntamente com o Grão Mestre da Maçonaria, Ubiratan de Castro, a prefeita de Vitória do Mearim, Dídima Coelho, o prefeito de Lago Açum, Alexandre Lavepel e o pré-candidato à prefeitura de Gonçalves Dias, Felipe Gonçalves.

Allan Garcês destacou que é paraense, mas que adotou o Maranhão no coração e mora em São Luís há 15 anos, inclusive, já é possuidor de um Título de Cidadão Ludovicense. Atualmente encontra-se fazendo parte do segundo escalão da gestão do Governo Federal, com estreita relação com o Presidente Jair Bolsonaro, no qual deve receber o seu apoio para o pleito de 2020. Em Brasília, Allan Garcês ocupa o cargo de Diretor Executivo do Ministério da Saúde no Departamento de Articulação Interfederativa.

João Amoedo deve visitar o Maranhão no próximo mês

O partido que elegeu 8 deputados federais iniciou um processo de estruturação em vários estados brasileiros e deve lançar candidatos a prefeito em, pelo menos, 60 cidades

O presidente nacional do partido Novo, João Amoedo, deve visitar o Maranhão no dia 4 de junho. A informação foi divulgada por membros do partido no estado.

O local e o horário ainda não foram definidos, mas a ação, pelo que tudo indica, mostra a intenção do Novo de lançar candidaturas próprias em São Luís.

O Novo foi uma das grandes surpresas das eleições de 2018. O então candidato João Amoedo terminou em quinto lugar na disputa pela Presidência da República, na frente de nomes como Henrique Meireles (MDB), Marina Silva (Rede) e Álvaro Dias (Podemos).

O partido que elegeu 8 deputados federais iniciou um processo de estruturação em vários estados brasileiros e deve lançar candidatos a prefeito em, pelo menos, 60 cidades.

Pesquisa faltando 17 meses para a eleição pode não ser fidedigna

A pesquisa divulgada recentemente por sites e blogs traz alguns dados que precisam ser levados em consideração

A disputa pela Prefeitura de São Luís ainda está muito longe, 17 meses para ser mais exata. E uma sondagem com tanta antecedência pode não trazer os números reais das intenções de voto da população.

É de conhecimento de todos que muitos eleitores só decidem seus votos dias antes da eleição, a exemplo do que foi a eleição de 2016 na capital, onde o deputado federal Eduardo Braide, que estava em quinto lugar, saltou para segundo dias antes do primeiro turno.

A pesquisa divulgada recentemente por sites e blogs traz alguns dados que precisam ser levados em consideração.

O nome do jornalista Jeisael Marx não consta no questionário, mesmo o apresentador já tendo visitado vários bairros em sua pré-campanha. Outro detalhe importante, nenhum nome do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, foi colocado no questionário. Mesmo que não seja definitivo, uma pesquisa com um postulante do PSL poderia medir como anda o humor do ludovicense com o Governo Federal.

Roberto Veloso pode ser mais um nome na disputa pela Prefeitura de São Luís

Roberto Veloso vem sendo cortejado por dois partidos políticos, o PSL e o Novo

O juiz federal e ex-presidente da Associação de Juízes Federais (Ajufe), Roberto Veloso, pode ser mais um nome na disputa pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em São Luís.

Roberto Veloso vem sendo cortejado por dois partidos políticos, o PSL e o Novo que buscam no juiz um perfil para concorrer ao cargo na capital.

No partido Novo, ele encontraria as melhores condições, já que no PSL a disputa para ser o escolhido da legenda já conta com, pelo menos, mais cinco postulantes.

A sintonia do PCdoB em São Luís…

Em um momento descontraído, pousaram para a foto os pré-candidatos a prefeito de São Luís

O PCdoB realizou, neste sábado (11), uma maratona para a filiação de novos membros em São Luís. O evento, que aconteceu na Avenida Litorânea, reuniu a militância, autoridades e pré-candidatos.

Em um momento descontraído, pousaram para a foto os pré-candidatos a prefeito de São Luís: Duarte Júnior, deputado estadual; Júlio Pinheiro, vice-prefeito, e Rubens Pereira Júnior, secretário de Estado das Cidades. Além do presidente estadual e deputado federal, Márcio Jerry.

Após muitas especulações, o PCdoB mostra que permanece unido e disposto a entrar na disputa pela prefeitura da capital. Se depender da militância, a tarefa será defendida por todos.

Jeisael Marx volta ao ar na Mais FM, ao lado de Clodoaldo Corrêa

Jeisael Marx foi demitido da TV Difusora na última terça-feira (7), onde apresentava “Na Hora D”

Dando uma verdadeira volta por cima, o apresentador e jornalista Jeisael Marx passa a apresentar, na próxima segunda-feira (13), o programa Ponto Continuando, na Rádio Mais FM (99,9).

O programa, que já foi apresentado por Jeisael Marx com os jornalistas Clodoaldo Corrêa e Leandro Miranda, volta ao ar com os dois primeiros. O Ponto Continuando vai ao ar às 18h.

Jeisael Marx foi demitido da TV Difusora na última terça-feira (7), onde apresentava “Na Hora D”. Ele passou a dividir a agenda diária entre o trabalho de comunicador e as atividades de pré-candidato à prefeitura de São Luís, saindo na frente de seus possíveis concorrentes.

Desejo boa sorte aos amigos Jeisael Marx e Clodoaldo Corrêa nesse novo momento de suas carreiras.

Pré-candidato a prefeito, Jeisael é demitido da Difusora


Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07)

O pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, não apresentará mais o programa “Na Hora D”, na TV Difusora, a partir de amanhã, 08. Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07).

Jeisael passou a dividir a agenda diária entre o trabalho de comunicador e as atividades de pré-candidato, desde o mês de fevereiro, saindo na frente de seus possíveis concorrentes. Em suas andanças por São Luís, ele chamou atenção.

Contactado por nossa redação, Jeisael preferiu não comentar a sua saída da TV Difusora, mas disse que já desconfiava que isso poderia acontecer nesta terça-feira, por isso encerrou o último programa na emissora com um “Até breve”.

Pré-candidatos à prefeitura de São Luís focam ações no eleitorado católico

Bira do Pindaré (PSB), Duarte Júnior (PCdoB) e Helena Dualidade (Solidariedade) participaram das celebrações promovidas pela Igreja Católica

Que a pré-campanha para a eleição de prefeito em São Luís já começou, isso não é novidade para ninguém. Mesmo com gestos modestos de pré-candidatos e partidos, alguns já iniciaram suas estratégias. Uma delas é focar no eleitorado católico, um dos mais fiéis da capital.

Nesta última semana santa, os possíveis pré-candidatos Bira do Pindaré (PSB), Duarte Júnior (PCdoB) e Helena Dualidade (Solidariedade) participaram das celebrações promovidas pela Igreja Católica e aproveitaram para ficar mais perto do eleitorado.