Apoio do PSL é disputado entre Duarte Júnior e Neto Evangelista e antecipa disputa de 2022

A disputa envolve também o senador Weverton Rocha, presidente estadual do PDT no maranhão e o vice-governador Carlos Brandão, o que seria uma prévia para a disputa pelo Palácio dos Leões em 2022.

O apoio do PSL, segundo partido com maior tempo de TV e rádio, está sendo disputado pelos pré-candidatos Duarte Júnior (Republicanos) e Neto Evangelista (DEM), na disputa pela prefeitura de São Luís.

A disputa envolve também o senador Weverton Rocha, presidente estadual do PDT no maranhão e o vice-governador Carlos Brandão, o que seria uma prévia para a disputa pelo Palácio dos Leões em 2022.

Vale lembrar que o PSL já tinha anunciado apoio ao nome de Duarte, mas a disputa via diretório nacional começou com a entrada do DEM e PDT no jogo.

O certo é que, nesta eleição, o apoio do PSL garantirá ao nome escolhido o tão desejado tempo de campanha muito necessário na disputa.

Bolsonaro aprova lei que proíbe corte de energia durante finais de semana

O senador Weverton Rocha (PDT-MA), autor da matéria, explicou que a medida é relevante já que os consumidores inadimplentes acabam sendo mais penalizados durante os dias de descanso

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou nesta terça-feira (16) a lei que proíbe que distribuidoras de energia elétrica cortem a luz de clientes durante finais de semana ou feriados e sem aviso prévio.

O senador Weverton Rocha (PDT-MA), autor da matéria, explicou que a medida é relevante já que os consumidores inadimplentes acabam sendo mais penalizados durante os dias de descanso. Isso ocorre porque não conseguem pagar as contas nesses dias, impedindo que a distribuidora religue imediatamente o serviço.

Dessa forma, a lei veda o corte de energia elétrica aos consumidores inadimplentes nas sextas-feiras, sábados e domingos, assim como nos feriados e nas vésperas.

Adicionalmente, as companhias deverão comunicar o consumidor sobre o corte e o dia em que ele ocorrerá. Caso as distribuidoras não avisem o cliente previamente, não poderão cobrar a taxa de religação. O descumprimento da lei também gerará multa às concessionárias.

Prefeito de Bacabal deve trocar PSC por partido da base governista

As duas opções seriam o PDT do senador Weverton Rocha, ou o PRB do vice-governador Carlos Brandão.

O prefeito de Bacabal, Edvan Brandão, pode deixar o PSC e se filiar a um partido da base do governador Flávio Dino (PCdoB).

As duas opções seriam o PDT do senador Weverton Rocha, ou o PRB do vice-governador Carlos Brandão.

Edvan foi eleito prefeito em outubro de 2018 para um mandato tampão, após cassação do ex-prefeito Zé Vieira e deve concorrer a reeleição contra César Brito, candidato do deputado federal Josimar de Maranhãozinho.

PDT aumenta base na Câmara de São Luís com filiação de Nato Júnior

Em 2016, o PDT elegeu quatro vereadores e espera em 2020 aumentar o número para seis

O PDT aumentou o tamanho de sua base na Câmara Municipal de São Luís. O vereador Nato Júnior fez sua filiação ao partido.

O ato de filiação contou com a presença do senador Weverton Rocha, do presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, do presidente da Famem, Erlânio Xavier e do vereador Raimundo Penha.

Em 2016, o PDT elegeu quatro vereadores e espera em 2020 aumentar o número para seis.

Weverton Rocha: Pré-candidato do grupo governista deverá ser definido em março

As conversas sobre o pré-candidato a prefeito em São Luís, vão se dar até o mês de março, quando será batido o martelo em relação ao melhor nome, afirma Weverton. Foto: Imagens TV Difusora

O senador Weverton Rocha (PDT) declarou, durante o programa Bom Dia Maranhão, da TV Difusora, que as conversas e as articulações sobre o pré-candidato a prefeito em São Luís, vão se dar até o mês de março, quando será batido o martelo em relação ao melhor nome entre os já colocados do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB).

No mês de fevereiro, cada sigla e seus pré-candidatos realizarão pesquisas e em seguida, todos decidirão se lançam candidato único do grupo ou cada partido segue com seu nome.

Vale lembrar que PCdoB, PDT, DEM e PSB já têm pré-candidatos ao mandato de prefeito em São Luís.

Nos últimos dois dias o senador Weverton Rocha e o presidente da Alema Othelino Neto, estiveram com o presidente da Câmara, Osmar Filho, o secretário de Cidades, Rubens Jr. e o deputado estadual, Neto Evangelista. Na próxima semana será a vez de debater com o deputado federal Bira do Pindaré. O diálogo com os pré-candidatos é para pregar a união do grupo governista e decidir a melhor estratégia.

PDT e DEM seguem alinhados e discutindo alianças

Sobre as eleições de 2020, em São Luís, as duas legendas continuam debatendo os cenários

Duas das maiores legendas, tanto em nível nacional como no Maranhão, PDT e DEM, seguem alinhadas e articulando como serão as próximas eleições no Maranhão.

A foto que mostra o senador e presidente estadual do PDT, Weverton Rocha, o deputado federal e presidente estadual do DEM, Juscelino Filho, e o presidente nacional do DEM, o prefeito de Salvador, ACM Neto, mostra que as legendas seguem com afinidades e podem dividir projetos iguais no Maranhão.

Sobre as eleições de 2020, em São Luís, as duas legendas continuam debatendo os cenários onde já foram colocados seus dois pré-candidatos, Osmar Filho do PDT e Neto Evangelista do DEM.

Sobre uma possível aliança para 2020, só os próximos meses e as convenções podem confirmar isso.

Senado homenageia Câmara Municipal de São Luís pelos seus 400 anos

A homenagem foi proposta pelo senador Weverton Rocha (PDT) e aprovada unanimemente pelos demais parlamentares.

O Senado Federal realizou, nesta sexta-feira (06), sessão especial em homenagem aos 400 anos de fundação da Câmara Municipal de São Luís, a quarta mais antiga do Brasil. A homenagem foi proposta pelo senador Weverton Rocha (PDT) e aprovada unanimemente pelos demais parlamentares.

Participaram da sessão, além de Weverton, os vereadores Osmar Filho (PDT), presidente da CMSL, Aldir Júnior (PL), Pavão Filho (PDT), Barbara Soeiro (PSC), Umbelino Júnior (Cidadania), Beto Castro (PROS), Ricardo Diniz (PRTB), Marcelo Poeta (PC do B), Genival Alves (PRTB), Nato Júnior (PP), Antônio Garcez (PTC), Cézar Bombeiro (PSD), Joãozinho Freitas (PTB) e Francisco Chaguinhas (PP); os deputados federais Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Gastão Vieira (PROS); o deputado federal licenciado e atual secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior (PC do B), que representou o governador Flávio Dino (PC do B); o secretário municipal de Saúde, Lula Filho, que representou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Weverton, em seu pronunciamento, destacou a importância do Poder Legislativo de São Luís e a contribuição que os parlamentares oferecem para o crescimento e desenvolvimento da capital maranhense. Ele também ressaltou o processo proveitoso de modernização da Câmara implantado pela gestão Osmar Filho.

“Homenagear os 400 anos da Câmara Municipal é relembrar a importância do passado e ratificar o compromisso de se fazer um futuro mais promissor ainda. Parabenizo todos os vereadores. Parabenizo o amigo Osmar, que deu um tom moderno de trabalho ao Parlamento da nossa São Luís”, disse.

Osmar Filho fez um balanço positivo do trabalho desenvolvido pela Mesa Diretora ao longo deste ano no qual a Casa comemora seus 400 anos

Osmar Filho fez um balanço positivo do trabalho desenvolvido pela Mesa Diretora ao longo deste ano no qual a Casa comemora seus 400 anos. De acordo com o presidente, ações importantes foram implementadas em todos os setores administrativos e técnicos. Osmar também agradeceu o apoio e parceria dos demais vereadores e a iniciativa do senador Weverton.

“O Parlamento da capital maranhense vive, hoje, um dia histórico, no qual é homenageado pela Câmara Alta. Quero agradecer o apoio dos meus pares que, com muita dedicação, estão contribuindo, sobremaneira, para construir uma São Luís melhor. Agradeço o senador Weverton que, com esta proposição, mostrou todo o seu respeito pela Câmara Municipal”, comentou.

Em Brasília, Othelino reforça posicionamento das Assembleias do Nordeste sobre Reforma da Previdência

Othelino Neto e os presidente das Assembleias do Nordeste não assinaram o documento em apoio à PEC paralela da Previdência

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), acompanhado do deputado Adelmo Soares (PCdoB) e presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste, participou de reunião, quarta-feira (11), no Senado Federal, em Brasília (DF), para discutir itens da Reforma da Previdência, que tramita na Câmara Alta do Congresso Nacional. 

Othelino Neto e os presidente das Assembleias do Nordeste não assinaram o documento em apoio à PEC paralela da Previdência, proposto pela senadora Simone Tebet (MDS-MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

“Nós, representantes do Nordeste, fizemos algumas ressalvas e não assinamos o ofício em apoio à PEC paralela, pois entendemos que esse é um tema muito sensível e mantemos nossas ponderações sobre alguns pontos que consideramos prejudiciais para a população mais necessitada do Brasil e, em particular, do Nordeste”, enfatizou Othelino Neto, também presidente do Colegiado do ParlaNordeste. 

“Nosso desejo, respeitando a prerrogativa do Congresso Nacional de decidir e legislar sobre a Previdência, é fazer com que entendam nossas posições e que , ao final, quando o Congresso deliberar de forma definitiva, que reconsidere alguns aspectos aprovados na Câmara, que nós consideramos que retira o caráter solidário da Previdência Pública do Brasil”, reafirmou Othelino, em seguida, durante reunião com o presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).

O deputado estadual Adelmo Soares elogiou o posicionamento do presidente Othelino à frente das Assembleias do Nordeste. “Nosso presidente sempre muito bem articulado mostrou a liderança diante dos demais presidentes, fazendo importantes colocações. Mostrou que é a favor da Reforma, porém , ainda vai discutir com nossos pares o teor da PEC paralela. Tenho certeza de que esse é o caminho de participação efetiva do Nordeste, acima de tudo mostrando posição firme para o sul do Maranhão . É isso que nós queremos de um presidente, alguém que seja integrado politicamente e discernimento do papel que desempenha na AL”, disse. 

O senador Weverton Rocha (PDT) falou sobre a importância dos presidentes estarem integrados à temática da Previdência. “Essa PEC reduz muitos direitos e diminui o valor agregado de trabalhadores que terão, no futuro, direito à aposentadoria. Menos dinheiro significa menos circulação e, consequentemente, menos renda no nosso país. Os presidentes das Assembleias se anteciparem e poderem vir aqui no Senado conversar conosco os envolvido é de grande valia para estarem sintonizados e também para se alertarem da gravidade que é o tema da Reforma da Previdenciária“, ressaltou.

A sintonia de Flávio Dino e Weverton Rocha

O registro vem num momento em que surgem muitas especulações sobre as eleições de 2020

Líder maior do grupo que interrompeu os 50 anos de domínio do grupo Sarney, o governador Flávio Dino (PCdoB) segue sendo um político admirado, de grupo, que trabalha para mostrar resultados e para tirar o Maranhão de anos de atraso. Uma das qualidades mais destacadas é o fato de sempre dialogar com sua base. E isso fica sempre evidente quando a oposição tenta plantar informações desencontradas.

Nos últimos dias, alguns meios de comunicação tentam plantar o rompimento do PCdoB e PDT nas eleições de São Luís. Mas, tanto Flávio, quando o presidente estadual do PDT, o senador Weverto Rocha, mostram a sintonia entre os dois líderes e que sempre vai permanecer o diálogo dentro do grupo. O senador Weverton fez questão de deixar isso evidenciado em suas redes.

“Em agenda com o governador Flávio Dino, conversamos bastante sobre o cenário atual, avaliando os desafios que temos, a agenda em Brasília e como podemos continuar ajudando o Maranhão. Falamos sobre Previdência, PEC da Cessão Onerosa (uma grande vitória para os municípios e estados, incluindo o MA, que terá mais esse recurso) e outras pautas. Reafirmamos a nossa parceria e a nossa unidade em favor dos maranhenses”, escreveu Weverton.

O registro vem num momento em que surgem muitas especulações sobre as eleições de 2020 e acaba com todas as artimanhas do grupo opositor em querer plantar o rompimento do grupo governista.