Jeisael Marx propõe tornar terrenos baldios em hortas comunitárias

O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta

Em audiência pública realizada no final de semana, pela Associação de Moradores do Residencial Pinheiros, foram debatidos temas de interesse da comunidade e que contaram com a participação de lideranças e autoridades como os vereadores Joãozinho Freitas, Marcial Lima, Marquinhos, Sá Marques e o deputado estadual Wellington do Curso.

Quem também participou do evento foi o pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, que apresentou propostas viáveis para a comunidade, entre elas, dá uma solução ao terrenos baldios que ajudam no surgimento do mosquito Aedes aegypti, além de ser um ponto usado por bandidos. A proposta do projeto é tornar o terreno em hortas comunitárias. O proprietário cederia o terreno e a prefeitura faria a limpeza, forneceria as sementes e a comunidade cuidaria da horta.

“Vários terrenos, sejam públicos ou privados, servem de abrigos de marginais, ficam cheios de mato e lixo. Se houvesse um projeto de iniciativa do executivo municipal, poderíamos transformar esses terrenos em hortas comunitárias, a exemplo do que já acontece em varias cidades do Brasil, como Campo Grande, Taubaté e São Paulo. Você resolve vários problemas com esta iniciativa: mantém a limpeza da área, dá ocupação para os jovens da comunidade, produz alimento, que pode servir como merenda em escolas comunitárias ou para famílias carentes e até mesmo serve como fonte de renda para a comunidade”, afirmou.

Edivaldo antecipa pagamento dos servidores públicos municipais

A Prefeitura de São Luís vai pagar a folha já no dia 1º, sábado. A data prevista no calendário oficial era dia 5 de junho

Com planejamento e responsabilidade, a Prefeitura de São Luís tem conseguido driblar a crise financeira e honrado o compromisso com os servidores pagando a folha em dia e em muitos meses até antecipando o calendário de pagamento, como este mês em que o prefeito Edivaldo Holanda Junior vai pagar a folha já no dia 1º, sábado. A data prevista no calendário oficial era dia 5 de junho. Diante da atual cena econômica do país, a Prefeitura de São Luís segue realizando planejamentos para manter o pagamento salarial em dia e continuar investindo em todas as áreas da capital maranhense.

O secretário municipal da Fazenda (Semfaz), Delcio Rodrigues, atesta que o prefeito Edivaldo e toda sua equipe seguem comprometidos com o funcionalismo municipal. “Atualmente, São Luís é uma das poucas capitais brasileiras que seguem com o pagamento do funcionalismo público em dia e faz recorrentes antecipações”, assegurou o titular da pasta.

Os servidores municipais têm acesso às informações dos seus vencimentos em todos os terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, por meio do contracheque eletrônico. A informação dos vencimentos também pode ser acessada através do site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br), no Portal do Servidor, no menu do lado esquerdo, informando o número da matrícula e a senha.

Osmar Filho anuncia seu nome como pré-candidato a prefeito em São Luís

Osmar Filho é um dos nomes do PDT que podem disputar a prefeitura da capital no próximo ano

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Osmar Filho (PDT), concedeu entrevista ao programa Ponto e Vírgula da Rádio Difusora FM e confirmou sua pré-candidatura à Prefeitura de São Luís, em 2020.

“É uma pauta que está bastante discutida, em virtude da aproximação do pleito, estamos a pouco mais de um ano para as eleições municipais e é claro, que os grupos políticos que têm o interesse em disputar começam a se movimentar e aqui eu deixo ao público meu interesse em disputar, mas claro, a gente está tratando de uma eleição majoritária, não um projeto individual, então nosso objetivo é mostrar para o grupo político que eu faço parte, que eu posso ser uma opção”, afirmou.

Osmar Filho é um dos nomes do PDT que podem disputar a prefeitura da capital no próximo ano. Ele compete com o vereador Ivaldo Rodrigues dentro do PDT, além de outros nomes do grupo Flávio Dino que pertencem a outros partidos.

O presidente concluiu deixando sua mensagem aos eleitores da capital. “Eu afirmo que estou a disposição, estou buscando criar esse cenário de viabilidade, para que meu grupo possa entender a mensagem, abraçar a causa e a gente monte um forte palanque e um projeto robusto para São Luís.”

Eduardo Braide na disputa pela Prefeitura de São Luís

Segundo lugar na disputa pela capital em 2016, muitos ainda veem Braide ainda muito distante da discussão sobre 2020

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) está na corrida pela sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em 2020. Segundo lugar na disputa pela capital em 2016, muitos ainda veem Braide ainda muito distante da discussão sobre 2020.

Em uma publicação recente, Braide cobrou a prefeitura sobre uma obra na Cidade Operário e completou: “Em 2020, nós vamos ter a oportunidade de fazer uma São Luís diferente!”.

Alguns políticos e pré-candidatos a vereador compram de Braide uma postura mais firme sobre a disputa. Pelo que tudo indica, o deputado federal deve iniciar discussões sobre as eleições, já que outros pré-candidatos estão se saindo melhor e avançando sobre o eleitorado.

Dr. Allan Garcês oficialmente na disputa pela prefeitura de São Luís

Em Brasília, Allan Garcês ocupa o cargo de Diretor Executivo do Ministério da Saúde no Departamento de Articulação Interfederativa e pode ser o nome do PSL em São Luís

Na manhã de domingo(19), a União da Direita Maranhense chancelou apoio ao médico, Dr. Allan Garcês, como pré-candidato à prefeitura de São Luís, ficando desta forma então confirmado mais um nome que entra na disputa de 2020.

Estiveram presentes no evento autoridades, empresários, médicos e políticos como os vereadores Ricardo Diniz, César Bombeiro, Joãozinho e Antônio Garcês, juntamente com o Grão Mestre da Maçonaria, Ubiratan de Castro, a prefeita de Vitória do Mearim, Dídima Coelho, o prefeito de Lago Açum, Alexandre Lavepel e o pré-candidato à prefeitura de Gonçalves Dias, Felipe Gonçalves.

Allan Garcês destacou que é paraense, mas que adotou o Maranhão no coração e mora em São Luís há 15 anos, inclusive, já é possuidor de um Título de Cidadão Ludovicense. Atualmente encontra-se fazendo parte do segundo escalão da gestão do Governo Federal, com estreita relação com o Presidente Jair Bolsonaro, no qual deve receber o seu apoio para o pleito de 2020. Em Brasília, Allan Garcês ocupa o cargo de Diretor Executivo do Ministério da Saúde no Departamento de Articulação Interfederativa.

João Amoedo deve visitar o Maranhão no próximo mês

O partido que elegeu 8 deputados federais iniciou um processo de estruturação em vários estados brasileiros e deve lançar candidatos a prefeito em, pelo menos, 60 cidades

O presidente nacional do partido Novo, João Amoedo, deve visitar o Maranhão no dia 4 de junho. A informação foi divulgada por membros do partido no estado.

O local e o horário ainda não foram definidos, mas a ação, pelo que tudo indica, mostra a intenção do Novo de lançar candidaturas próprias em São Luís.

O Novo foi uma das grandes surpresas das eleições de 2018. O então candidato João Amoedo terminou em quinto lugar na disputa pela Presidência da República, na frente de nomes como Henrique Meireles (MDB), Marina Silva (Rede) e Álvaro Dias (Podemos).

O partido que elegeu 8 deputados federais iniciou um processo de estruturação em vários estados brasileiros e deve lançar candidatos a prefeito em, pelo menos, 60 cidades.

Governador em exercício discute ações de moradia e parcerias para São Luís

Outro assunto abordado nas reuniões foi o programa de habitações do Governo do Estado executado pela Secid

O governador em exercício Othelino Neto recebeu, na tarde de quinta-feira (16), no Palácio dos Leões, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior; o presidente da Câmara dos Vereadores, Osmar Filho; o secretário de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Rubens Junior, e o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Rodrigo Lago. Além das visitas de cortesia, nas reuniões eles discutiram detalhes sobre os programas de moradia do Governo do Estado, além das ações específicas voltadas para São Luís.

“Recebo com muita alegria a visita do presidente da Câmara e do prefeito, dois importantes agentes políticos do Estado, um comanda a nossa capital; o outro, a Câmara”, destacou o governador em exercício.

Edivaldo Holanda Júnior destacou a aproximação entre governo estadual e município: “O deputado assume interinamente e nós viemos aqui trazer um abraço e também conversar um pouco sobre política, sobre o grande trabalho que o governador Flávio Dino vem fazendo no Estado do Maranhão, dando continuidade a uma série de ações também para São Luís”, comentou.

O presidente da Câmara, Osmar Filho, também falou das ações do governo e da representação popular na reunião. “Sabemos que, desde o começo de sua atuação política, há ações para a cidade de São Luís e agora não foi diferente. Discutimos a situação da capital, as políticas públicas a serem implementadas pelo governo em parceria com a Prefeitura e a Câmara e, na condição de representante da população, também participamos dessa interlocução. Nos sentimos muito felizes com o que ouvimos do governador Othelino”, declarou o presidente da Câmara.

Pesquisa faltando 17 meses para a eleição pode não ser fidedigna

A pesquisa divulgada recentemente por sites e blogs traz alguns dados que precisam ser levados em consideração

A disputa pela Prefeitura de São Luís ainda está muito longe, 17 meses para ser mais exata. E uma sondagem com tanta antecedência pode não trazer os números reais das intenções de voto da população.

É de conhecimento de todos que muitos eleitores só decidem seus votos dias antes da eleição, a exemplo do que foi a eleição de 2016 na capital, onde o deputado federal Eduardo Braide, que estava em quinto lugar, saltou para segundo dias antes do primeiro turno.

A pesquisa divulgada recentemente por sites e blogs traz alguns dados que precisam ser levados em consideração.

O nome do jornalista Jeisael Marx não consta no questionário, mesmo o apresentador já tendo visitado vários bairros em sua pré-campanha. Outro detalhe importante, nenhum nome do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, foi colocado no questionário. Mesmo que não seja definitivo, uma pesquisa com um postulante do PSL poderia medir como anda o humor do ludovicense com o Governo Federal.

Pré-candidato a prefeito, Jeisael é demitido da Difusora


Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07)

O pré-candidato a prefeito de São Luís, jornalista Jeisael Marx, não apresentará mais o programa “Na Hora D”, na TV Difusora, a partir de amanhã, 08. Ele foi comunicado, pela direção da emissora, de sua demissão, após o programa desta terça-feira (07).

Jeisael passou a dividir a agenda diária entre o trabalho de comunicador e as atividades de pré-candidato, desde o mês de fevereiro, saindo na frente de seus possíveis concorrentes. Em suas andanças por São Luís, ele chamou atenção.

Contactado por nossa redação, Jeisael preferiu não comentar a sua saída da TV Difusora, mas disse que já desconfiava que isso poderia acontecer nesta terça-feira, por isso encerrou o último programa na emissora com um “Até breve”.