Flávio Dino anuncia aumento de casos de coronavírus e novo óbito no estado

De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde, os números de casos suspeitos subiu para 1.084.

O governador Flávio Dino utilizou suas redes sociais, neste sábado (4), para anunciar o aumento de casos confirmados com o novo coronavírus no Maranhão. Ele informou ainda sobre um novo óbito.

“Temos agora, 18h24 de sábado, 96 casos confirmados e 02 óbitos no Maranhão”, escreveu Flávio Dino.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde, os números de casos suspeitos subiu para 1.084.

Foram descartados 1.529 casos e 28 pessoas estão recuperadas dos sintomas.

Maranhão atua para reduzir impacto do coronavírus sobre a economia

O Maranhão conseguiu autorização na Justiça para zerar o ICMS sobre álcool em gel, álcool 70% e seus insumos, além de luvas médicas, máscaras médicas e hipoclorito de sódio 5%.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), implementou uma série de medidas para atenuar os efeitos econômicos consequentes do estado de calamidade pública desencadeado pela pandemia do Coronavírus sobre as empresas e cidadão contribuintes do ICMS, IPVA e demais tributos estaduais.

Uma das primeiras medidas adotadas pela Sefaz foi orientar os seus contribuintes a utilizarem serviços disponíveis no site da Secretaria e ampliar os canais de atendimento de serviços específicos via whatsapp e e-mails, evitando que os contribuintes se desloquem até as agências de atendimento.

Por meio da Portaria nº 102/2020, foram suspensos por 15 dias os prazos de julgamentos e acesso aos autos físicos dos processos administrativos fiscais em trâmite no Tribunal de Recursos Fiscais (TARF) do Estado do Maranhão, alcançando os julgamentos realizados por todas as instâncias do TARF, sem prejuízo ao direito de defesa do contribuinte.

A validade das certidões negativas de débitos no âmbito do Sistema Tributário também foi prorrogada por 90 dias. A ação foi contemplada por meio da Medida Provisória 308/2020, podendo ser prorrogada, mediante ato do Secretário de Estado da Fazenda, enquanto durarem os efeitos da pandemia da COVID-19.

A parceria com outros órgãos também está contribuindo para o enfrentamento dos danos causados pelo Coronavírus, como por exemplo, o alinhamento com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) no trabalho de uso de imagens, para melhoria da eficácia no policiamento e fiscalização, impactando diretamente na redução da necessidade de parada de caminhões e realização automática do registro de passagem.

Outra ação é o compartilhamento de informações de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-E) com o Procon/MA para facilitar a pesquisa de preços praticados em estabelecimentos comerciais e distribuidores, uma vez que o aumento injustificado de preços é prática abusiva do comércio regulada pelo Código de Defesa do Consumidor. 

O Maranhão conseguiu autorização na Justiça para zerar o ICMS sobre álcool em gel, álcool 70% e seus insumos, além de luvas médicas, máscaras médicas e hipoclorito de sódio 5%. Os produtos isentos são considerados fundamentais para fazer a prevenção contra o vírus e tem validade até o dia 31 de julho, conforme Medida Provisória nº 309/2020.

O calendário do IPVA 2020 sofreu prorrogação de seus prazo de vencimento por meio da Portaria 105/2020. A Sefaz concluiu a atualização do sistema de todas as placas registradas no Maranhão com os novos prazos. A consulta do novo calendário, bem como os débitos de IPVA e a emissão do DARE para pagamento pode ser realizada pelo endereço: www.portal.sefaz.ma.gov.br, na página “IPVA”.

Flávio Dino anuncia suspensão de aulas até dia 26 de abril e aumento de casos de coronavírus para 88 no estado

Os casos no Maranhão estão registrados em São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Açailândia e Imperatriz.

Em uma coletiva de imprensa, nesta sexta-feira (3), o governador Flávio Dino afirmou que subiu para 88 o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão.

Flávio afirmou que, por conta do aumento acelerado de casos de coronavírus, um novo decreto estabelece a suspensão das aulas da rede pública e privada até o dia 26 de abril e fechamento de estabelecimentos comerciais não-essenciais até o dia 12 de abril.

Os casos no Maranhão estão registrados em São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Açailândia e Imperatriz.

Flávio Dino pediu mais consciência por parte da população, para que o decreto de isolamento social seja respeitado, ajudando a preservar a saúde de todos.

Governador faz alerta para maior número de casos de coronavírus no estado

O governo tem se preparado para que um colapso da rede pública de saúde não aconteça.

O governador Flávio Dino usou suas redes sociais, na manhã desta sexta-feira (03), para alertar a população sobre um maior número de casos de coronavírus no Estado.

“Temos, neste momento, 81 casos confirmados no Maranhão, praticamente todos na Ilha de São Luís. Razoável projetar que já temos mais de 1.000 pessoas com o vírus. Nossa luta é para evitar expansão rápida, internações hospitalares e mortes”, escreveu.

Os números servem para alertar a população para o rápido aumento dos casos. O governo tem se preparado para que um colapso da rede pública de saúde não aconteça.

Número de infectados por coronavírus no Maranhão sobe para 71

O número chegou a 71 casos confirmados, sendo registrado um óbito de um homem de 49 anos.

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, publicou nesta quarta-feira (01), o aumento de mais casos confirmados do novo coronavírus COVID-19.

O número chegou a 71 casos confirmados, sendo registrado um óbito de um homem de 49 anos.

Segundo o boletim, o Maranhão tem no momento 774 pacientes suspeitos com coronavírus, outros 1413 já foram descartados.

Dos 19 novos casos anunciados no boletim, 17 foram registrados em São Luís, 1 em Imperatriz e 1 em Açailândia.

Casos de coronavírus dobram em 24 horas no Maranhão

A informação foi dada pelo governador Flávio Dino que anunciou o número de 62 casos confirmados no Estado.

Os casos confirmados com o novo coronavírus (COVID-19), no Maranhão, dobraram nas últimas 24 horas. A informação foi dada pelo governador Flávio Dino que anunciou o número de 62 casos confirmados no Estado.

“Há poucos dias, tínhamos 31 casos. Neste momento, 10h26, temos 62 confirmados e ainda receberemos mais resultados de exames. Daí a ênfase na prevenção. E seguimos ampliando leitos com a máxima velocidade”, escreveu Flávio.

No dia de ontem (31), o Maranhão registrava 31 casos confirmados. Já nesta quarta-feira, subiram para 62, um crescimento de 100%.

Vale lembrar que no estado já foi registrado um óbito.

Maranhão registra primeira morte por coronavírus

Até o momento, o Maranhão tinha registrado 22 casos confirmados pelo novo coronavírus.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acaba de informar, por meio de suas redes sociais, o primeiro óbito por coronavírus no Maranhão.

“Lamentavelmente informamos o primeiro óbito com confirmação para o COVID-19 no Maranhão. Paciente de São Luís que se encontrava internado em unidade hospitalar”, escreveu.

A vítima se trata de homem, com 49 anos e histórico de hipertensão.

Até o momento, o Maranhão tinha registrado 22 casos confirmados pelo novo coronavírus e segue com 434 casos suspeitos.

Sobe para 22 número de casos confirmados com novo coronavírus no Maranhão

A secretaria informou que todos os pacientes possuem quadro estável e estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas em Saúde (CIEVS).

O governador Flávio Dino informou, na noite de sábado (28), que subiu para 22 o número de casos confirmados do novo coronavírus no estado. Até o momento, estão sendo monitorados 647 casos suspeitos de infecção por Covid-19.

Dois dos novos casos tiveram informações divulgadas no último boletim médico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES): Um homem de 26 anos, diagnosticado após exames realizados na rede privada de saúde do estado. O quadro de saúde dele é estável e ele segue cumprindo isolamento domiciliar.

O segundo caso também é de um homem de 29 anos, que foi diagnosticado pela rede privada de saúde. Ele está internado em um hospital de São Luís e o quadro de saúde é estável. Os outros seis novos casos não tiveram informações divulgadas.

A secretaria informou que todos os pacientes possuem quadro estável e estão sendo monitorados por equipes do Centro de Informações Estratégicas em Saúde (CIEVS).

Brasil tem 111 mortes e 3.904 casos confirmados de coronavírus, diz ministério

Este é o segundo maior aumento diário de casos confirmados no Brasil até agora

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (28) o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2.

Os principais números são: 111 mortes; 3.904 casos confirmados; 2,8% é a taxa de letalidade; São Paulo concentra 1.406 casos, e o Rio, 558

O balanço acrescentou 19 mortes e 487 casos confirmados ao total. No balanço anterior, da sexta-feira (27), o Brasil tinha 92 mortes e 3.417 casos confirmados.

Das 19 mortes acrescentadas ao total no país neste sábado, o estado de São Paulo teve 16 mortes. Já são 84 mortes em SP.

De acordo com o Ministério da Saúde, até as 15h, havia 569 pessoas internadas com confirmação para Covid-19 no país. O números consideram as pessoas cujos resultados dos testes já foram apresentaram e testaram positivo. O número não considera casos suspeitos.

Este é o segundo maior aumento diário de casos confirmados no Brasil até agora. Na sexta-feira, foram 503 novos casos.

Durante seu pronunciamento na apresentação dos dados, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que não tem covid-19. Ele afirmou que faz o teste com frequência e até agora todos deram negativo.