Othelino Neto vistoria obras e acompanha início dos serviços de recuperação de ruas e avenidas de Imperatriz

A visita de Othelino foi acompanhada pelos deputados Professor Marco Aurélio (PC do B), Rildo Amaral (Solidariedade), Antonio Pereira (DEM), Pastor Cavalcante (PRS), Ricardo Rios (PDT) e Fernando Pessoa (Solidariedade)

Em seu segundo dia de trabalho como governador em exercício do Maranhão, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) iniciou a agenda, nesta sexta-feira (17), em Imperatriz, vistoriando importantes obras, como a requalificação asfáltica da Avenida Bernardo Sayão, climatização do Centro de Convenções da cidade e a revitalização do calçadão da avenida Getúlio Vargas.

“São obras que irão valorizar o comércio, o turismo e a geração de emprego e renda local “, enfatizou Othelino Neto, anunciando a inclusão de cerca de 200 ruas na operação “Tapa Buraco”, além de outras intervenções nas principais avenidas de Imperatriz para recuperar, principalmente, as áreas mais castigadas pelas fortes chuvas.

As novas obras foram anunciadas durante visita à Câmara Municipal da cidade. “Informamos aos vereadores, que são os representantes diretos da sociedade local, a chegada da série de obras estruturantes feitas pelo Governo do Estado, ainda que não sejam da sua competência, mas faz porque entende que a população precisa”, disse Othelino.

Os deputados Professor Marco Aurélio (PC do B), Rildo Amaral (Solidariedade), Antonio Pereira (DEM), Pastor Cavalcante (PRS), Ricardo Rios (PDT) e Fernando Pessoa (Solidariedade) estavam na comitiva do governador em exercício, deputado Othelino Neto. Os parlamentares elogiariam sua conduta na interinidade do governo e ressaltaram a importância da visita para Imperatriz.

Othelino Neto assume Governo do Estado e despacha no Palácio dos Leões

Othelino já despacha do Palácio dos Leões, em São Luís, onde vai cumprir uma extensa agenda

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), assumiu, interinamente, o Governo do Maranhão, na manhã desta quinta-feira (16).

Othelino já despacha do Palácio dos Leões, em São Luís, onde vai cumprir uma extensa agenda que inclui reunião com o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Rodrigo Lago. Sanção de Leis com o Ministério Público do Maranhão e Tribunal de Justiça e almoço com deputados. No período da tarde, ele recebe o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior.

Na sexta-feira, o governador interino cumpre agenda nas cidades de Imperatriz, Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras. À tarde, volta para São Luís onde deve vistoriar obras de infraestrutura na capital.

Vaias contra Assis Ramos são os sinais da má administração em Imperatriz

O péssimo momento da cidade, foi refletida em um jogo no Estádio Frei Epifânio, quando o prefeito Assis Ramos discursou sob muitas vaias vindas das arquibancadas

A cidade de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, vive um dos seus piores momentos. A cidade vem sofrendo pela falta de estrutura e com muitas ruas esburacadas.

O péssimo momento da cidade, foi refletida em um jogo no Estádio Frei Epifânio, quando o prefeito Assis Ramos discursou sob muitas vaias vindas das arquibancadas.

Há algumas semanas, o prefeito quis jogar nos braços do Governo do Estado, os problemas das cidade. Mas foi repreendido pelos próprios moradores que reconhecem que as obras da cidade são executadas pelo governo, a exemplo da Beira Rio, Praça da Bíblia, novo campos da UemaSul, Hospital Macrorregional, novo hospital municipal, entre outros. Dessa forma, Assis Ramos chegará em 2020, com a popularidade em baixa.

Flávio Dino responde Assis Ramos

Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, Assis Ramos busca culpar alguém pelos problemas municipais

O governador Flávio Dino (PCdoB) respondeu o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), após vídeo em que o administrador municipal cobra, de forma truculenta, que governo estadual conserte as vias urbanas da cidade. Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, ele busca culpar alguém pelos problemas municipais, mesmo não sendo do governo a obrigação da solução dos mesmos.

“Não respondo a agressões pessoais de baixo nível. Sempre estou lutando para resolver os problemas. Alguém já me viu “exigindo” que o governo federal tape buraco de estrada MA, de competência estadual? Esse tipo de grosseria e disparate não condiz com a minha formação”, escreveu Flávio Dino.

Bombeiros atendem moradores de Imperatriz e outras cidades prejudicadas pela chuva

Até agora, 13 municípios já decretaram situação de emergência

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil estão com equipes espalhadas em diversos pontos do Maranhão para fazer o trabalho de prevenção e o de emergência por causa das mais fortes chuvas das últimas décadas no Estado.

Entre as cidades atendidas, está Imperatriz, que teve vários pontos de alagamentos. Alguns dos bairros mais prejudicados são o Parque Alvorada 1 e 2. De acordo com os bombeiros, cerca de 700 famílias foram atingidas pelas inundações em Imperatriz. Destas, 200 estão desabrigadas. Equipes permanecem no local prestando atendimento. A cidade decretou estado de calamidade pública.

Os maiores danos causados pelas chuvas estão nas cidades ribeirinhas, que alagam quando os rios transbordam. Até agora, 13 municípios já decretaram situação de emergência. São eles: Santa Helena, Boa Vista do Gurupi, Alto Alegre do Pindaré, Santo Amaro, Itaipava do Grajaú, Barão de Grajaú, Nina Rodrigues, Sítio Novo, Icatu, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Araioses e Formosa da Serra Negra.

Governo amplia equipes de manutenção de tráfego nas rodovias maranhenses


Na Região Sul do Maranhão, a MA-386, conhecida como Estrada do Arroz, recebeu reparos imediatos em um dos trechos afetados pela correnteza de um dos riachos, tendo o tráfego restabelecido em menos de vinte e quatro horas

O Maranhão está recebendo um grande volume de chuvas e algumas regiões do estado estão sendo afetadas com o transbordamento de rios, riachos e açudes nas proximidades de algumas rodovias estaduais. O Governo do Maranhão, sensível a essa situação, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), reforçou o número de equipes para atuarem, de forma permanente, em todas as regiões do estado, com monitoramento e intervenções para garantir a trafegabilidade nas rodovias.

Em São Luís, trechos como o da Av. Nossa Senhora da Vitória, que dá acesso para MA 202, já receberam recuperação completa da via para garantir a trafegabilidade no local. Na MA-201, os pontos de erosão também já foram solucionados. As equipes, também, atuam em outros pontos, como por exemplo, a Estrada da Mata (Maiobinha), a Estrada da Vitória, nas proximidades da UPA e no Parque Jair. A Ponte Pai Inácio, que interliga a Rua General Arthur Carvalho no Turu à Travessa da Vitória também estão recebendo serviços de manutenção.

Na Região Sul do Maranhão, a MA-386, conhecida como Estrada do Arroz, recebeu reparos imediatos em um dos trechos afetados pela correnteza de um dos riachos, tendo o tráfego restabelecido em menos de vinte e quatro horas. A MA-122, que faz conexão entre Imperatriz e Amarante, com passagem por Buritirana e Senador La Roque, está com equipes mobilizadas no local para tomar todas as medidas necessárias nos pontos críticos da via. A previsão é que o tráfego seja normalizado nesta sexta-feira (05).

Prefeito de Imperatriz anuncia filiação ao DEM


MDB perde o prefeito da segunda maior cidade do Maranhão

Assis Ramos, prefeito de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, anunciou, por meio das redes sociais, sua filiação ao Democratas. O anúncio aconteceu na presença do deputado federal e presidente do DEM no Maranhão, Juscelino Filho; da ministra da Agricultura, Tereza Cristina; do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do prefeito de Salvador, ACM Neto, presidente nacional da legenda.

“O DEM busca fortalecer-se nacionalmente, reposicionando-se estrategicamente em todas as grandes cidades brasileiras. Ontem foi a vez da filiação do prefeito de Curitiba, em Brasília. Na segunda semana do mês de maio deverá ser o ingresso oficial de Assis Ramos, em Imperatriz, em acontecimento que poderá contar com as presenças de ACM Neto, prefeito de Salvador, além das lideranças estaduais, capitaneadas pelo deputado federal Juscelino Filho, presidente estadual da sigla”, escreveu Assis.

Com a saída de Assis Ramos, o MDB perde seu prefeito com maior papel de destaque no estado.

Clayton Noleto e Carlos Lula vistoriam área do novo Socorrão de Imperatriz

A área fica na Avenida Pedro Neiva de Santana, ao lado do Hospital Macrorregional, e foi declarada de utilidade pública na última quarta-feira pelo governador Flávio Dino

Na tarde da última sexta-feira (8), o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, e o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, visitaram a área de 130 mil m² onde serão construídos o novo Socorrão de Imperatriz, já chamado pela população de Socorrão

II, e o Centro de Ciências da Saúde da UemaSul.

A área fica na Avenida Pedro Neiva de Santana, ao lado do Hospital Macrorregional, e foi declarada de utilidade pública na última quarta-feira pelo governador Flávio Dino, quando assinou o decreto de desapropriação. A visita dos dois secretários e da equipe técnica, que vai fazer a adequação do projeto às condições do solo, foi acompanhada de lideranças políticas de Imperatriz e cidades vizinhas, que também serão beneficiadas com a nova estrutura.

“Eles vão verificar topografia e logo após licitar a construção do hospital. Essa parte de adequação do projeto acreditamos que vamos fazer em 90 dias e depois vem o período de licitação. Mas nosso objetivo é iniciar essa obra ainda este ano para Imperatriz e Região Tocantina receber este equipamento necessário para melhorar a qualidade de vida da população”, declarou o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto.

Para o Socorrão, que será administrado pelo governo do estado, será destacada uma área de 62 mil m², sendo 35 mil m² para a construção do prédio que vai abrigar 100 leitos de UTI e 300 enfermarias. “Com essa totalidade vamos conseguir suprir a demanda da região.

O investimento aproximado é de 150 milhões de reais”, disse o secretário sobre o custo da execução da obra.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, afirmou que com o novo Socorrão a cidade vai passar a ter a maior estrutura em termos de saúde. “Imperatriz passará a ter o maior hospital de interior do Nordeste com o custeio mensal de R$ 15 milhões a R$ 20 milhões, se falando em custo para funcionamento. Já iniciamos o de São Luís e vamos iniciar aqui em Imperatriz. Além da Saúde, melhora a economia, pois teremos cerca de 1000 empregos diretos neste hospital 24 horas”, afirmou.

Clayton Noleto também destacou a construção do Centro de Ciências da Saúde da UemaSul, área ao lado do novo Socorrão. A reitora da universidade, Elizabeth Nunes, considera o projeto arrojado. “É uma inovação, pois a UemaSul não tem curso na área da saúde e vendo que o curso de Medicina é o primeiro a ser montado, vai trazer mão de obra, pois teremos formação de recursos humanos para a região. E precisamos melhorar as estatísticas da saúde em nosso estado”, destacou. Os dois secretários encerraram a agenda com visita ao Hospital Macrorregional.

Flávio Dino anuncia construção do novo Hospital de Imperatriz, secretários visitam cidade nesta sexta-feira (8)

Hospital ‘Socorrinho’ de Imperatriz pegou fogo na noite de sábado (2)

Os secretários de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto e de Saúde, Carlos Eduardo Lula estarão em Imperatriz, nesta sexta-feira (8), às 16h, para verificar as adequações necessárias do projeto para a construção do novo hospital de Imperatriz. A ideia é adaptar, conforme as necessidades, o projeto do hospital de São Luís. O terreno fica localizado ao lado do Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, na Avenida Pedro Neiva de Santana, e dispõe de um espaço aproximado de 60 mil metros quadrados.

A estimativa é que até a metade do ano o processo licitatório esteja concluído e seja emitida a ordem de serviço para início da construção. O novo hospital terá 400 leitos com capacidade para atender urgência e emergência, melhorando o atendimento da saúde na cidade. Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura, a ideia é que a construção aconteça por etapa, de forma que a população comece a usufruir da estrutura da unidade hospitalar o mais rápido possível.

“Um hospital é enorme e o tempo de duração prevista de construção é de cerca de três anos. Mas vamos trabalhar em etapas para tentar colocar em funcionamento pelo menos uma parte do hospital”, detalhou. Somando esse hospital a outros investimentos já realizados pelo Governo do Estado – como a entrega do Macrorregional e a Casa da Gestante – com a construção do Centro de Ciências da Saúde da Uemasul, cujo o projeto está em discussão, Imperatriz caminha para a consolidação como cidade polo referência no atendimento à saúde.