Projeto para criação do Estado do Maranhão do Sul é protocolado no Senado

A proposta foi assinada por 27 senadores, entre eles, a senadora Eliziane Gama (Cidadania).

Foi protocolado no Senado Federal um Projeto de Decreto Legislativo que vai analisar um possível desmembramento do Estado do Maranhão em duas partes e, com isso, a criação do Maranhão do Sul. A matéria é de autoria do senador Siqueira Campos, o grande responsável pela criação do Estado do Tocantins, que surgiu com o desmembramento de Goiás em duas partes. A proposta foi assinada por outros 26 senadores, entre eles, a senadora Eliziane Gama.

“A ideia do desmembramento do Estado do Maranhão em duas porções Norte e Sul não é nova, pois remonta ao século XIV. Mas as características que individualizam as duas metades do Estado foram definidas nos primórdios da nossa colonização. Com efeito, a parte Norte foi colonizada, predominantemente, por imigrantes vindos de além-mar, como os portugueses, holandeses e franceses, interessados mais que tudo no cultivo de cana de açúcar e no plantio de algodão. Já o Sul do estado abrigou, mais que tudo, nordestinos, que fixaram-se tanto nas regiões dos Pastos Bons, como nas terras virgens e férteis das margens do Tocantins e seus afluentes, para lá levando seu gado e seus costumes”, afirma o texto.

A proposta cita as cidades que serão incluídas no Estado do Maranhão do Sul: Açailândia, Alto Parnaíba, Amarante, Arame, Balsas, Barra do Corda, Benedito Leite, Bom Jesus das Selvas, , Buriticupu, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Cidelândia, Davinópolis, Estreito, Feira Nova, Fernando Falcão, Formosa da serra Negra, Fortaleza dos Nogueiras, Governador Edison Lobão, Grajaú, Imperatriz, Itaipava do Grajaú, Itinga do Maranhão, Jenipapo dos Vieiras, João Lisboa, Lajeado Novo, Loreto, Mirador, Montes Altos, Nova Colina, Nova Iorque, Patos Bons, Porto Franco, Riachão, Ribamar Fiquene, Sambaíba, São Domingos do Azeitão, São Félix de Balsas, São Francisco do Brejão, São João do Paraíso, São Pedro da Água Branca, São Pedro dos Crentes, São Raimundo das Mangabeiras, Senador La Roque, Sítio Novo, Sucupira do Norte, Tasso Fragoso e Vila Nova dos Martírios.

O Projeto de Lei foi protocolado no Senado Federal e aguarda deliberação do Presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (AP). Assinaram o PL os senadores: Siqueira Campos (TO), Eliziane Gama (MA, Kátia Abreu (TO), Alessandro Vieira (SE), Alvaro Dias (PR), Mailza Gomes (AC), Maria do Carmo (SE), Arolde de Oliveira (RJ), Soraia Thronicke (MS), Zanaide Maia (RN), Chico Rodrigues (RR), Dário Berges (SC), Elmano Férrer (PI), Humberto Costa (PE), Jarbas Vasconcelos (PE), Jorginho Melo (SC), José Maranhão (PB), Luis Carlos (RS), Marcos do Val (ES), Otto Alencar (BA), Paulo Rocha (PA), Plínio Valério (AM), Randolfe Rodrigues (AP), Valentim (RN), Telmário Mota (RR), Vital do Rêgo (PB) e Zequinha Marinho (PA).

Othelino fala sobre eleições de 2020 e possível candidatura ao Senado

Othelino falou sobre o cenário político nacional e sobre seu futuro político

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, concedeu entrevista, na tarde de segunda-feira (5), ao programa ‘Ponto e Vírgula’ da Difusora FM, conduzido pelos jornalistas Leandro Miranda e Marcelo Minard. Ele falou sobre o cenário político nacional e sobre seu futuro político.

Othelino foi questionado sobre como vai trabalhar o grupo do governador Flávio Dino nas eleições de 2020, em São Luís. “Chegaremos a eleição com três ou quatro candidatos. No PCdoB, temos o Rubens Júnior, Julio Pinheiro e o Duarte Júnior, no PSB o Bira do Pindaré, no DEM o Neto Evangelista e no PDT o Osmar Filho. Quem chegar no segundo turno terá o apoio de todos ou, quem sabe, se tiver dois do nosso grupo será uma uma dor de cabeça boa”, disse Othelino.

O presidente da Alema reiterou que o deputado Marco Aurélio é o candidato do PCdoB em Imperatriz e torce para uma união com o deputado Rildo Amaral (Solidariedade). Já em Pinheiro, Othelino afirmou que ainda não tem posição definida sobre as candidaturas de Luciano Genésio (PP) e Dr. Leonardo Sá (PL).

Entrevista ao programa ‘Ponto e Vírgula’ da Difusora FM, conduzido pelos jornalistas Leandro Miranda e Marcelo Minard

Questionado sobre concorrer a um cargo majoritário em 2022, Othelino afirmou sobre seu interesse em oferecer seu nome para uma vaga no Senado Federal. “Vejo com simpatia, olho no horizonte a perspectiva mais palpável de disputar o senado”, afirmou.

Sobre o futuro politico do governador Flávio Dino, Othelino falou da empolgação sobre uma possível candidatura. “O Flávio está empolgado. Ele já tem o convite do PSB e acredito que ele consiga o apoio de mais dois ou três partidos”, disse.

Clayton Noleto retira nome da disputa pela prefeitura de Imperatriz

Pelas inúmeras obras que a Sinfra possui na cidade de Imperatriz, o secretário era um dos nomes mais ventilados como pré-candidato

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto (PCdoB), anunciou que não será candidato a prefeito de Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Maranhão.

Clayton concedeu entrevista ao programa Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM, afirmou que não será candidato a prefeito e que vai apoiar o nome escolhido pelo grupo do governador Flávio Dino.

Pelas inúmeras obras que a Sinfra possui na cidade de Imperatriz, o secretário era um dos nomes mais ventilados como pré-candidato.

Com a desistência de Noleto, o comunista abre caminho para os deputados estaduais Marco Aurélio (PCdoB) e Rildo Amaral (Solidariedade).

Latam e Azul anunciam novos voos para o Maranhão

A notícia oficial foi confirmada ao Governo do Estado e vai aumentar o volume de chegadas e partidas a partir da capital maranhense

A companhia aérea LATAM Airlines Brasil anunciou cinco novos voos diários com operação a partir de agosto de 2019 no Aeroporto Hugo da Cunha Machado, em São Luís. A notícia oficial foi confirmada ao Governo do Estado e vai aumentar o volume de chegadas e partidas a partir da capital maranhense.

O incremento amplia de 11 para 15 voos semanais, de ida e volta, na rota Fortaleza – São Luís, em aeronaves Airbus A320. A companhia já possui frequências diárias de voos para a operação regular na capital do Maranhão e em Imperatriz.

A assessoria de comunicação da Latam afirmou que “a empresa avalia constantemente as oportunidades de mercado conforme a demanda de cada região e segue atenta às necessidades dos clientes para iniciar, ampliar ou adequar as suas operações”.

A companhia aérea Azul vai operar voos extras em 37 aeroportos brasileiros durante a alta temporada de inverno, dentre eles, foram confirmados dois voos em aeroportos no Maranhão, Hugo da Cunha Machado, em São Luís, e Prefeito Renato Cortez Moreira, em Imperatriz.

A partir de 1º de julho, estarão disponíveis os voos adicionais entre Maranhão e São Paulo com os trechos de Imperatriz a Guarulhos e de São Luís a Campinas. Atenta ao aumento da oferta em rotas consideradas de lazer, a Azul aumentou em 4% o número de decolagens nos mercados turísticos na comparação com a alta de inverno de 2018.

Eleição para prefeitura de Imperatriz promete ser acirrada

Pelo menos sete pré-candidatos já despontam no gosto do eleitorado

Segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, a cidade de Imperatriz promete ter sua eleição para prefeito bem acirrada. Pelo menos sete pré-candidatos já despontam no gosto do eleitorado.

Em baixa popularidade e enfrentando problemas em sua administração, o prefeito Assis Ramos (DEM), deve concorrer à reeleição e enfrentar uma campanha difícil contra bons concorrentes.

Pelo grupo do governador Flávio Dino (PCdoB), poderão concorrer o deputado estadual, Professor Marco Aurélio, ou o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto. Outros dois candidatos da base aliada são o ex-prefeito Ildon Marques e o deputado estadual, Rildo Amaral.

Por fora, disputam o ex-prefeito Sebastião Madeira (PSDB), mas que, por seu alto índice de rejeição, pode apoiar novamente o nome do empresário Ribinha Cunha.

Othelino Neto vistoria obras e acompanha início dos serviços de recuperação de ruas e avenidas de Imperatriz

A visita de Othelino foi acompanhada pelos deputados Professor Marco Aurélio (PC do B), Rildo Amaral (Solidariedade), Antonio Pereira (DEM), Pastor Cavalcante (PRS), Ricardo Rios (PDT) e Fernando Pessoa (Solidariedade)

Em seu segundo dia de trabalho como governador em exercício do Maranhão, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) iniciou a agenda, nesta sexta-feira (17), em Imperatriz, vistoriando importantes obras, como a requalificação asfáltica da Avenida Bernardo Sayão, climatização do Centro de Convenções da cidade e a revitalização do calçadão da avenida Getúlio Vargas.

“São obras que irão valorizar o comércio, o turismo e a geração de emprego e renda local “, enfatizou Othelino Neto, anunciando a inclusão de cerca de 200 ruas na operação “Tapa Buraco”, além de outras intervenções nas principais avenidas de Imperatriz para recuperar, principalmente, as áreas mais castigadas pelas fortes chuvas.

As novas obras foram anunciadas durante visita à Câmara Municipal da cidade. “Informamos aos vereadores, que são os representantes diretos da sociedade local, a chegada da série de obras estruturantes feitas pelo Governo do Estado, ainda que não sejam da sua competência, mas faz porque entende que a população precisa”, disse Othelino.

Os deputados Professor Marco Aurélio (PC do B), Rildo Amaral (Solidariedade), Antonio Pereira (DEM), Pastor Cavalcante (PRS), Ricardo Rios (PDT) e Fernando Pessoa (Solidariedade) estavam na comitiva do governador em exercício, deputado Othelino Neto. Os parlamentares elogiariam sua conduta na interinidade do governo e ressaltaram a importância da visita para Imperatriz.

Othelino Neto assume Governo do Estado e despacha no Palácio dos Leões

Othelino já despacha do Palácio dos Leões, em São Luís, onde vai cumprir uma extensa agenda

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), assumiu, interinamente, o Governo do Maranhão, na manhã desta quinta-feira (16).

Othelino já despacha do Palácio dos Leões, em São Luís, onde vai cumprir uma extensa agenda que inclui reunião com o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Rodrigo Lago. Sanção de Leis com o Ministério Público do Maranhão e Tribunal de Justiça e almoço com deputados. No período da tarde, ele recebe o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior.

Na sexta-feira, o governador interino cumpre agenda nas cidades de Imperatriz, Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras. À tarde, volta para São Luís onde deve vistoriar obras de infraestrutura na capital.

Vaias contra Assis Ramos são os sinais da má administração em Imperatriz

O péssimo momento da cidade, foi refletida em um jogo no Estádio Frei Epifânio, quando o prefeito Assis Ramos discursou sob muitas vaias vindas das arquibancadas

A cidade de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, vive um dos seus piores momentos. A cidade vem sofrendo pela falta de estrutura e com muitas ruas esburacadas.

O péssimo momento da cidade, foi refletida em um jogo no Estádio Frei Epifânio, quando o prefeito Assis Ramos discursou sob muitas vaias vindas das arquibancadas.

Há algumas semanas, o prefeito quis jogar nos braços do Governo do Estado, os problemas das cidade. Mas foi repreendido pelos próprios moradores que reconhecem que as obras da cidade são executadas pelo governo, a exemplo da Beira Rio, Praça da Bíblia, novo campos da UemaSul, Hospital Macrorregional, novo hospital municipal, entre outros. Dessa forma, Assis Ramos chegará em 2020, com a popularidade em baixa.

Flávio Dino responde Assis Ramos

Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, Assis Ramos busca culpar alguém pelos problemas municipais

O governador Flávio Dino (PCdoB) respondeu o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), após vídeo em que o administrador municipal cobra, de forma truculenta, que governo estadual conserte as vias urbanas da cidade. Desgastado e com baixa popularidade em Imperatriz, ele busca culpar alguém pelos problemas municipais, mesmo não sendo do governo a obrigação da solução dos mesmos.

“Não respondo a agressões pessoais de baixo nível. Sempre estou lutando para resolver os problemas. Alguém já me viu “exigindo” que o governo federal tape buraco de estrada MA, de competência estadual? Esse tipo de grosseria e disparate não condiz com a minha formação”, escreveu Flávio Dino.