Pesquisa Ibope divulga novos números na disputa pela Prefeitura de São Luís

Nesta segunda-feira (21), o instituto Ibope divulgou mais uma pesquisa da disputa pela prefeitura de São Luís. O deputado Eduardo Braide lidera com 43% das intenções de voto, seguido dos deputados Duarte Jr, com 14%, e Neto Evangelista, que pontua com 10%.

O deputado Bira do Pindaré aparece com 5%, ocupando a quarta colocação, seguido de Adriano Sarney, que pontua com 4%.

Carlos Madeira, Jeisael Marx e Rubens Jr atingem 2% das intenções; enquanto Franklin Douglas e Dr. Yglésio aparecem com 1% das intenções de voto.

Foram ouvidas 602 pessoas entre 12 e 14 de setembro. 8% declararam votar branco ou nulo. Já 8% não souberam ou não opinaram.

O registro da pesquisa foi feito na Justiça Eleitoral sob o número MA-01425/2020. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

A poucos dias para o fim das convenções, PT segue indefinido na capital maranhense

Faltando poucos dias para o final do prazo de convenções, o Partido dos Trabalhadores (PT) segue indefinido quanto ao seu destino eleitoral em 2020 na capital maranhense.

Desde a última reunião entre os dirigentes da sigla, o silêncio e a omissão tem sido o principal posicionamento dos membros do partido.

Nos últimos dias, o presidente municipal do PT, vereador Honorato Fernandes, intensificou as aparições públicas com o pré-candidato comunista Rubens Júnior.

Ao que tudo indica, Honorato deverá ser emplacado vice na chapa de Rubens, que aguarda o aval da cúpula nacional do PT para oficializar uma aliança já definida em nível local.

Prever aponta Braide com 41%, Duarte com 11% e empate entre Neto e Wellington

O Instituto Prever divulgou, nesta quinta-feira (20), mais uma pesquisa de intenção de votos para avaliar o atual cenário eleitoral de São Luís.

No cenário estimulado, o deputado federal Eduardo Braide (Podemos) aparece com 41%, seguido de Duarte Júnior, do Republicanos, com 11,4%. Em terceiro lugar, aparece o deputado estadual Neto Evangelista (DEM), com 7,9%, seguido do deputado Wellington do Curso (PSDB), com 7,5%.

Já o deputado Bira do Pindaré aparece com 4,6%, Adriano Sarney com 4,3%, seguido de Carlos Madeira, com 3,1%, Detinha com 2,4% e Jeisael Marx pontua com 2,2%. Votos brancos e nulos somam 7%. Não sabem ou não responderam, totalizaram 6,2% das intenções.

A pesquisa, contratada pela FAROL COMUNICACAO E MARKETING EIRELI, entrevistou 1016 pessoas, entre os dias 16 e 19 de agosto. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%. O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o número MA-08464/2020.

Moradores reclamam de rua intrafegável na Cidade Operária

Uma das vias destacadas pelos moradores é a Rua 17D, na Unidade 101, próximo à Unidade de Ensino Básico Jackson Lago.

Moradores da Cidade Operária entraram em contato com o blog para reclamar da falta de estrutura na rua 17D, Unidade 101, no bairro.

Uma das vias destacadas pelos moradores é a Rua 17D, na Unidade 101, próximo à Unidade de Ensino Básico Jackson Lago.

Pelas reclamações enviadas, a rua fica intrafegável, principalmente no período chuvoso, por conta das crateras, e já foram registrados muitos acidentes por causa dos buracos na via.

Pelas reclamações enviadas, a rua fica intrafegável, principalmente no período chuvoso

Moradores pedem providências da Prefeitura de São Luís. O secretário de Obras, Antônio Araújo, parece que vê o bairro como inexistente. Pouco ou nada faz por lá.

Aliás, Araújo vem se destacando como o pior secretário do prefeito de São Luís, Edvaldo Jr.

Maranhão garante R$ 120 milhões em benefícios fiscais e mantém folha de pagamento em dia durante pandemia

Em coletiva virtual de imprensa, Flávio Dino destacou a importância de manter o pagamento em dia do funcionalismo estadual para estimular setores como o comércio e serviços. 

Os principais instrumentos para aliviar os impactos econômicos da pandemia de Covid-19 pertencem à União. É uma condição expressa na Carta Magna brasileira. De acordo com a Constituição Federal de 1988, cabe ao Executivo Federal, por exemplo, o controle das operações de crédito, essenciais para o enfrentamento da crise. Mas, desde o início da pandemia, o Governo do Maranhão adotou uma série de medidas fiscais para estimular a geração de emprego e proteger a renda e a economia locais. 

Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), desde o início da crise sanitária até o momento, o Estado concedeu cerca de R$ 120 milhões em incentivos fiscais. 

Esse cálculo não inclui o impacto das medidas lançadas nesta semana pelo governador Flávio Dino para amenizar os efeitos da crise econômica gerada pela pandemia. Por meio de Medidas Provisórias, instituiu o Programa Especial de Pagamento e Parcelamento do ICMS e do IPVA atrasados, com redução de multa e juros para pagamentos à vista ou parcelado.  

A medida sobre o ICMS vai beneficiar mais de 100 mil contribuintes e é uma grande oportunidade para regularização de empresas devedoras, que terão benefícios de redução de multa e juros para se regularizarem.

Já o IPVA vai ajudar diretamente os motoristas com o imposto atrasado. Histórico de concessões fiscais durante a pandemia:

Entre as primeiras medidas adotadas, o Governo do Maranhão conseguiu autorização judicial para reduzir alíquotas para produtos usados no combate ao coronavírus; prorrogou os prazos para pagamento do IPVA, estimulou o aumento no número de beneficiados pela Tarifa Social de Energia, além de publicar decreto isentando o pagamento de tarifa de água para algumas categorias de consumidores, como foi o caso dos moradores de município do Programa Mais IDH, inscritos no CadÚnico, do Governo Federal. 

Em coletiva virtual de imprensa, Flávio Dino destacou a importância de manter o pagamento em dia do funcionalismo estadual para estimular setores como o comércio e serviços. 

Apesar do suporte econômico, para o governador, a ação dos Estados no controle da crise provocada pela doença é “subsidiária”, se comparada ao papel constitucional delegado à União.

Prefeitura e Governo tomam medidas após estragos causados pelas chuvas em São Luís

O fenômeno atingiu alguns bairros da capital, como na região da Forquilha, Av. Guajajaras e Estrada de Ribamar

Marrapa

Equipes da Defesa Civil, SMTT, Comitê de Limpeza, Semosp, Impur, Blitz Urbana e órgãos do Estado agiram rapidamente para tomar as providências necessárias diante dos estragos causados pela forte ventania ocorrida nesta segunda-feira (13).

O fenômeno atingiu alguns bairros da capital, como na região da Forquilha, Av. Guajajaras e Estrada de Ribamar, onde houve quedas de árvores, postes, telhas, placas de metal e outros resíduos.

“Em face dos danos derivados de chuvas e ventos em São Luís na tarde de hoje, informo que estou, há algumas horas, acompanhando as ações do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, em apoio a empresas privadas e à prefeitura”, disse o governador Flávio Dino.

Ventania causa destruição e impressiona moradores de São Luís

Casas, comércios e igrejas foram destelhadas e até uma torre de telefonia foi derrubada

Uma forte ventania causou destruição em bairros de São Luís no início da tarde de segunda-feira (13). O fenômeno foi registrado na região da Forquilha e em partes da Cidade Operária.

Casas foram destelhadas, galhos de árvores chegaram ser arrancados e objetos também foram levados pelo vento. Nuvens densas de chuva também se formaram durante a ventania, que segundo os moradores da área, durou poucos minutos.

Motoristas e moradores gravaram momentos de tensão. Casas, comércios e igrejas foram destelhadas e até uma torre de telefonia foi derrubada. Muros caíram e um motorista de carro na região da Forquilha se acidentou, atrapalhando o trânsito.

Imóveis ficaram sem energia elétrica nos bairros: Forquilha, João de Deus, Cohab Anil, Cohatrac, Aurora, Planalto, Cruzeiro do Anil, Angelim, Novo Angelim e áreas adjacentes.

Covid-19: Cai número de casos no Maranhão


Os números confirmam a queda no aumento do contágio de novos infectados pelo coronavírus no Maranhão.

O Maranhão registrou nas últimas 24 horas, 386 novos casos e 37 mortes pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgado, neste domingo (21). Com a atualização, o estado chegou a 70.059 infectados, 1.721 mortos e 46.936 recuperados.

Dos novos casos, apenas 26 foram na Grande Ilha de São Luís e 360 nas demais regiões. Nenhum novo caso de infecção pela doença foi registrado em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão.

Os números confirmam a queda no aumento do contágio de novos infectados pelo coronavírus no Maranhão.

De acordo com o Governo do Maranhão, desde o início do monitoramento, o Estado já realizou 134.359 testes para Covid-19. Mais de 1,8 mil pacientes seguem com o diagnóstico sob suspeita e 63.723 foram descartados.

“Arraiá do Povo em Casa” será realizado pela Assembleia Legislativa do Maranhão

Da próxima quarta-feira (24), Dia de São João, até o dia 26 de junho, a partir das 20h, a TV Assembleia transmitirá o “Arraiá do Povo em Casa”, exibindo apresentações de grupos folclóricos que marcaram presença no “Arraiá do Povo 2019”.

A Assembleia Legislativa do Maranhão entrará no ritmo da festa mais nordestina do Brasil. Da próxima quarta-feira (24), Dia de São João, até o dia 26 de junho, a partir das 20h, a TV Assembleia transmitirá o “Arraiá do Povo em Casa”, exibindo apresentações de grupos folclóricos que marcaram presença no “Arraiá do Povo 2019”, realizado na área do estacionamento da Alema, bem como videos atuais dos cantadores apresentando toadas que haviam sido compostas especialmente para a temporada junina deste ano. 

O propósito é manter a tradição da festa, apesar das circunstâncias decorrentes da pandemia da Covid-19. Quem acompanhar a programação, a ser transmitida também pelas redes sociais e pelo site da Assembleia, poderá contribuir com doações destinadas às manifestações folclóricas de sua preferência. Os números das contas bancárias serão informados durante a exibição.  

“O Arraiá do Povo, realizado no estacionamento da Assembleia Legislativa, se consolidou no calendário junino ao ser consagrado pelo público, que aprovou a iniciativa do Parlamento Estadual, sob a coordenação do Gedema, em cortejar essa que é a nossa mais vibrante expressão da cultura popular. Este ano, nossa proposta é levar a mesma energia dos nossos folguedos às pessoas em casa, para que a chama do nosso São João se mantenha acesa, apesar das circunstâncias. Convidamos todos a acompanharem nossa transmissão e também se engajarem pelas redes sociais, a partir da próxima quarta-feira”, conclama o diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings.

Da próxima quarta-feira (24), Dia de São João, até o dia 26 de junho, a partir das 20h, a TV Assembleia transmitirá o “Arraiá do Povo em Casa”, exibindo apresentações de grupos folclóricos que marcaram presença no “Arraiá do Povo 2019”

Um cenário será montado no prédio do Complexo de Comunicação para remeter a um arraial junino e de lá os apresentadores farão as chamadas das reprises das apresentações de 2019 e também de vídeos atuais gravados pelos representantes das brincadeiras, entre brincantes e cantadores de bumba meu boi. 

Foram selecionados os melhores momentos da edição do “Arraiá do Povo 2019”, para contagiar o público com a beleza e encanto da maior manifestação popular do Maranhão. Na primeira noite, serão exibidas na TV ((canal aberto digital 51.2 e 17 da TVN) as apresentações dos grupos de bumba meu boi Barrica, Axixá, Maracanã e de Itapera, além do Cacuriá de Dona Teté. Na segunda noite, serão apresentados o Boi de Santa Fé, Nina Rodrigues, Quadrilharte de Alcântara e Boi de Sonhos. Encerrando a programação, será a vez do Boi Pirilampo, Boi Mocidade de Pinheiro, Boi de Morros e Boi da Maioba. 

Os apresentadores do “Arraiá do Povo em Casa” também ficarão responsáveis pela interação com os internautas, a partir das redes sociais, com a #ArraiádoPovoemCasa, e de um contato de whatsapp, que será disponibilizado para o envio de vídeos e mensagens de texto.